Série derivada de ‘American Horror Story’ escala Connie Britton

Série derivada de ‘American Horror Story’ escala Connie Britton

COMPARTILHE!

Connie Britton (‘Nashville’) vai reforçar o elenco de ‘American Crime Story: The People vs. O.J. Simpson‘, série derivada de ‘American Horror Story‘ que também será produzida pelo criador Ryan Muprhy.

Muprhy, que já trabalhou com Britton na primeira temporada de ‘American Horror Story’, anunciou a contratação da atriz em seu Twitter. Ela viverá Faye Resnick, amiga de Simpson e que foi estrela do reality show ‘The Real Housewives of Beverly Hills’.

Britton se juntará a Cuba Gooding Jr. (Simpson), John Travolta (o advogado Robert Shapiro), David Schwimmer (o advogado Robert Kardashian) e Sarah Paulson (a promotora Marcia Clark).

A temporada inaugural terá como base o livro de Jeffrey Toobin sobre a história do ex-jogador de futebol americano O.J. Simpson, acusado de assassinar a ex-esposa Nicole Brown e o amigo dela em 1994.

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

Assim como o seriado de horror, o spin-off será antológico, apresentando uma história diferente por temporada. A diferença é que ‘American Crime Story‘ mostrará casos de crimes reais, começando com o julgamento de O.J. Simpson.

Os dez episódios, roteirizados por Scott Alexander e Larry Karaszewski, vão acompanhar todo o processo judicial envolvendo o famoso caso, tanto dentro quanto fora dos tribuinais, a partir da perspectiva dos advogados.

O piloto será dirigido por Muprhy, que também assinará a produção executiva da série ao lado de Alexander, Karaszewski, Brad Falchuck, Nina Jacobson, Brad Simpson e Dante Di Loreto.

American Crime Story: The People vs. O.J. Simpson‘ segue sem previsão de estreia.


Crítica Liga da Justiça


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.