Temer não renova Lei do Audiovisual e cinema nacional pode ser prejudicado

Temer não renova Lei do Audiovisual e cinema nacional pode ser prejudicado

COMPARTILHE!

Segundo Lauro Jardim, colunista do O Globo, o presidente Michel Temer vetou nessa quinta-feira a renovação da Lei do Audiovisual.

Em linhas gerais, significa que o governo não tem obrigação de fomentar o cinema mundial com uma verba específica para aquecer o cinema nacional.

Em declaração à coluna, o ministro da cultura Sérgio Sá Leitão diz que ainda não haverá "prejuízo para o setor", porque a Lei do Audiovisual só vence em 31 de dezembro.

"Temos tempo. Agora, é blitz no Congresso para resolver logo", disse o ministro.




Leitão mencionou ainda que a não renovação da Lei do Audiovisual fere a Lei de Responsabilidade Fiscal.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » https://goo.gl/mPcJ5c