The Gifted - Episódio 1x04 - eXit strategy

The Gifted - Episódio 1x04 - eXit strategy

COMPARTILHE!

O quarto episódio de The Gifted, nomeado “eXit strategy”, e dirigido por Karen Gaviola (Lost) mescla cenas mais brandas com ação. A trama, que se passa durante os 42 minutos,  mostra os protagonistas se unindo para resgatar Reed (Stephen Moyer) e Polaris (Emma Dumont). Mais uma vez o telespectador se depara com uma cena de flashback, focada em Thunderbird (Blair Redford), Eclipse (Sean Teale) e a presença de um novo mutante, Pulse (Zach Roerig). Para aqueles que não lembram: Pulse, através do pulso que libera dos olhos, tem o poder de desativar sistemas e pessoas, incluindo mutantes. A habilidade também é capaz de criar um efeito de mascaragem para disfarçar os padrões de onda cerebral de psíquicos. O que pode ser visto são os mutantes indo ao resgate de outros dentro de uma instalação dos sentinelas, porém, o plano não sai conforme esperavam, Pulse é abatido, e eles são obrigados a deixa-lo para trás.

Com um número reduzido de mutantes dispostos a ajudar no resgate dos prisioneiros e a falta de informação, Marcos se vê obrigado a buscar a ajuda de velhos aliados, ou seria velhos patrões? É interessante a oportunidade dada de se ver cada vez mais um pouco do passado e da história dessas pessoas. Diaz já foi envolvido com traficantes de drogas e, preocupado em salvar Lorna, ao que tudo indica, se envolverá de novo. Carmen (Michelle Veintimilla), com certeza, irá cobrar o favor novamente. Imagine os problemas que serão provocados com o jovem utilizando os poderes em favor dos bandidos de novo, o quanto isso irá conflitar com os princípios religiosos que o mesmo segue.

As lembranças colocadas por Dreamer (Elena Satine) em Blink (Jaime Chung) têm causado confusões na mente da refugiada, o que levanta o mesmo questionamento que a ruiva teve com Thunderbird: será que eles irão contar o que aconteceu? Acredito que em algum momento a bomba irá estourar, o grande problema será a reação de Clarice. Ou, Proudstar poderá desenvolver sentimentos pela mesma e gerar um conflito entre os três. Quero ver o circo pegar fogo logo!




Aproveitando que John foi citado, que soco foi aquele dado em Pulse? Uau! Ao que tudo indica, o personagem de Roerig está sob algum tipo de efeito dos sentinelas ou foi sujeito a uma lavagem cerebral, o que leva à pergunta sobre quantos outros mutantes os vilões possuem junto a eles. E qual significado daquela tatuagem? Será que vai ser explicado no próximo episódio ou o público terá que esperar mais um pouco para descobrir. Contudo, os fãs das teorias da conspiração já surgiram com uma de que o desenho teria relação com os mutantes conhecidos como “Hounds”, que sofrem lavagem cerebral para que passem a caçar outros mutantes e aprisioná-los em campos internos do governo. A diferença é que os “Hounds” tem o rosto marcado ou tatuado.

As cenas do promotor com Polaris marcam a essência dos X-Men dentro da série, que não tem permitido que isto se perca, e mostra, novamente, a evolução de Reed que afirma as mudanças de pensamentos que teve após ver os filhos acusados de crimes quando só estavam tentando se defender. Um ponto a se destacar é o momento em que ele diz para a filha de Magneto usar os ferros que possui na perna a fim que os dois consigam escapar do ônibus. A troca de olhares parece marcar uma nova visão da jovem para com aquele que a acusou no episódio piloto.

Será que já pode declarar a Caitlin (Amy Acker) como a humana salvadora dos mutantes oficial? Sem contar que foi muito bom ver Acker enfiando agulhas em pessoas de novo (aos fãs de Person Of Interest). Ver Andy e Lauren trabalhando juntos e os poderes se completando, marca a importância dos dois dentro da trama e o interesse do cientista neles. E permanece a dúvida sobre qual é, de fato, o poder do mais novo dos Strucker.




Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » https://goo.gl/mPcJ5c