Tudo o que você precisa saber sobre ‘Procurando Dory’

Tudo o que você precisa saber sobre ‘Procurando Dory’

COMPARTILHE!

“O que há de tão fantástico em ter planos? Eu nunca tive um plano.

Planejei perder meus pais? Não.

Planejei encontrar o Marlin? Não.




Você e eu planejamos nos conhecer? 

Peraí… planejamos?”

~ Dory para Hank em “Procurando Dory

 





O diretor Andrew Stanton está sempre em busca de uma nova história. Sua imaginação o levou para o fundo do mar e além das estrelas, mas desta vez, uma personagem do seu passado inesperadamente nadou direto para o seu subconsciente.

“Percebi que estava preocupado com a Dory”, diz ele em relação ao peixinho azul desmemoriado preferido de todos. “A ideia de sua perda de memória de curto prazo e como isso a afetava não ficou resolvida. E se ela se perdesse de novo? Ela ficaria bem”?

A produtora Lindsey Collins acrescenta,

“Dory parece tão feliz, mas ela nunca esteve realmente equilibrada até conhecer o Marlin. Seu encontro por acaso e subsequente amizade marcaram a primeira vez desde que era criança em que ela teve uma família”.


procurandodory_16

Família é um tema-chave em ‘Procurando Dory‘.

“Descobrimos logo que conhecemos a Dory que ela não consegue se lembrar de onde veio”, diz Stanton. “Mas ela deve ter uma família. Sua confusão gerou risadas quando ela disse no primeiro filme, ‘Onde eles estão’? — mas há uma triste verdade nisso. Sabia que havia uma história que valia a pena ser contada”.

Procurando Dory‘ encontra Dory vivendo feliz nos corais com Marlin e Nemo cerca de um ano após a aventura que mudou suas vidas. Quando Dory repentinamente se lembra de que tem uma família em algum lugar que pode estar procurando por ela, ela recruta Marlin e Nemo para uma aventura que vai mudar suas vidas cruzando o oceano em direção ao prestigioso Instituto da Vida Marinha (IVM) na Califórnia, um centro de reabilitação e aquário.

Os Melhores e “os Piores” Filmes da Pixar 

Em uma tentativa de encontrar sua mãe e seu pai, Dory conta com a ajuda de três dos residentes mais intrigantes do IVM: Hank, um polvo briguento que frequentemente dá um perdido nos funcionários; Bailey, uma baleia branca que está convencida de que suas habilidades biológicas de ecolocalização não funcionam mais; e Destiny, um tubarão-baleia míope.

“É impressionante para mim que Dory tenha tido tamanho impacto nas pessoas”, diz Ellen DeGeneres, que dá voz ao peixinho engraçado cujo lema “Continue a Nadar” tem inspirado e motivado plateias no mundo todo.

“Dory foi tão importante em ‘Procurando Nemo’ que faz sentido que as pessoas fiquem imaginando o que aconteceu em sua jornada. Queremos ver como ficaram as coisas pra ela. Marlin e Nemo são a sua família agora? Será que ela tem uma família e algum dia vai se lembrar deles”?

procurando dory

Os cineastas estavam ansiosos para responder perguntas sobre o passado da Dory.

“Ela tem esse desejo natural de saber quem é e de onde veio”, diz Stanton. “Sempre tive ideias sobre a história da Dory, e decidimos que havia chegado o momento de explorar isso com ela”.

“A perda da memória de curto prazo da Dory, apesar de ter sido uma fonte de comédia, tem consequências bastante reais para ela”, acrescenta Collins.

“Ela passou bastante tempo sozinha antes de conhecer Marlin. É sempre bem-humorada e otimista, mas no fundo ela tem medo do que poderia acontecer se ela se perdesse novamente. Enquanto luta para lidar com suas limitações, ela não tem problema nenhum em aceitar todos que cruzam seu caminho. Ela nem mesmo percebe que está cercada de personagens que têm seus próprios entraves para superar”.

“A história é de fato sobre a Dory se encontrando – em todos os sentidos”, diz Stanton. “Ela é convincente e vulnerável e ainda não reconheceu seus próprios pontos fortes”.

 

 

 

AINDA NADANDO

Os Cineastas Mergulham Novamente 13 Anos Após a Estreia de Dory no Fundo do Mar

procurandodory_15

Mesmo que a conclusão do vencedor do Oscar® de 2003 ‘Procurando Nemo‘ tenha deixado os cineastas e fãs perfeitamente satisfeitos, o diretor Andrew Stanton percebeu que poderia haver coisas não resolvidas que valessem a pena ser exploradas.

“Dory vagou pelo oceano a maior parte de sua vida”, diz Stanton. “Devido a sua perda de memória de curto prazo, ela não conseguia se lembrar de ninguém que havia conhecido, mas tinha memórias emocionais – sempre se lembrava de como havia se sentido. E repetidamente acabava ficando com um forte sentimento de separação e perda”.

“Sua natureza otimista e prestativa são uma defesa”, continua Stanton.

“É uma proteção inconsciente que ela apresenta na esperança de que os outros não se cansem de suas dificuldades e se livrem dela. Logo que a conhecemos em ‘Procurando Nemo’, uma das primeiras coisas que ela diz é ‘sinto muito’. Ela simplesmente presume que de alguma forma sua perda de memória de curto prazo tenha causado um problema e rapidamente tenta consertar isso. Isso, pra mim, é realmente interessante. É alguém que merece se sentir melhor em relação a ela mesma; é um personagem principal com uma história a ser contada”.

“É uma história sobre família”, diz Ellen DeGeneres.

“Trata-se de encontrar a coragem para fazer algo que ela sempre quis fazer – mesmo que ela não conseguisse se lembrar de que queria fazer isso”.

Crítica 2 | Procurando Dory 

Segundo Stanton, os personagens da história inicialmente apresentavam Dory como despreocupada, feliz e engraçada – atributos que com certeza se aplicam ao personagem, mas que a deixam sem profundidade.

“Ela parecia um pouco bidimensional”, diz o diretor. “Percebi que mesmo eu tendo a história toda de seu passado em minha cabeça, ninguém mais tinha – incluindo o público. Todos depois que assistiram ‘Nemo’ partiram com boas memórias de como ela é engraçada. Mas eu sempre vi isso como uma máscara. Percebi que teríamos que contar ao público o que aconteceu com ela quando era jovem”.

Procurando Dory‘ revela que Dory tem pai e mãe amorosos que amam a sua filha, pacientemente a ajudando a lidar com a perda de memória de curto prazo.

“Eles não tentam modificá-la”, diz Stanton. “Eles só querem ajuda-la a ser quem ela é. Sendo pai e vendo meus filhos crescerem e entrando no mundo, percebo que as crianças todas nascem com certos temperamentos, imperfeições, peculiaridades – e elas sempre serão assim. Você provavelmente passa a maior parte do tempo como pai se preocupando com essas coisas também – você não perde o seu sono com as coisas que eles fazem bem. A melhor qualidade que posso dar aos pais da Dory é que eles jamais duvidam dela”.

Apesar dos seus melhores esforços, a jovem Dory se perde.

“Ela vaga pelo oceano a maior parte de sua vida”, diz Stanton. “E lentamente esquece o porquê”.

Uma migração massiva de arraias passa por sua vizinhança, ativando a memória da Dory.

“A experiência é visceralmente semelhante a um evento que a separou de seus pais muito tempo atrás”, diz Stanton. “Ela se vê inundada de memórias e de repente muito motivada para localizar a sua família”.

 

 

 

 FIQUE DE OLHO

procurandodory_17

Personagens-Chave Vão Fundo em “Procurando Dory

Dory, Marlin e Nemo embarcam em uma nova aventura – desta vez para a costa da Califórnia – em uma busca incerta pela família que Dory acredita ter deixado para trás. Sua jornada os leva ao Instituto da Vida Marinha, onde eles conhecem uma gama de criaturas marítimas.

“É realmente um capítulo completamente novo desta vez”, diz o diretor Andrew Stanton.

 

 

O PEIXINHO AZUL ASSUME POSIÇÃO CENTRAL NO MAR

DORY é um peixinho azul brilhante com uma personalidade divertida. Ela sofre de perda de memória de curto prazo, o que normalmente não atrapalha a sua atitude otimista – até que ela percebe que se esqueceu de algo grande: sua família. É claro que ela encontrou uma nova família no Marlin e no Nemo, mas é assombrada pela crença de que alguém lá fora está procurando por ela.

Ellen DeGeneres foi chamada para prover sua voz emblemática à elogiada personagem para o retorno de Dory às telonas – algo que DeGeneres imaginava com frequência no “The Ellen DeGeneres Show”.

“Fiz campanha para a sequência de ‘Procurando Nemo’ durante 13 anos”, diz a comediante e apresentadora, “mas nunca imaginei que seria ‘Procurando Dory’. Então essa foi a grande surpresa quando finalmente recebi o telefonema”.

O programa de entrevistas de DeGeneres vencedor de múltiplos prêmios Emmy® foi lançado apenas alguns meses após a estreia de ‘Procurando Nemo‘ nos cinemas, alavancando a comediante a novos patamares. Então quando chegou a hora de revisitar o personagem, os cineastas perceberam que muito havia mudado desde a primeira vez que ela deu voz a Dory.

A nova história apresenta um lado mais profundo do peixinho sempre otimista, desafiando DeGeneres a mostrar um amplo espectro de emoções.

“Fazer um filme de animação é muito divertido”, diz ela. “Mas pode ser difícil, pois todas as emoções têm de vir da sua voz. Você não pode fingir chorar, por que isso soa como se você estivesse fingindo chorar. Então é tudo real – conversas reais, emoção real”.

procurandodory_1

“Para mim, Dory sempre foi uma personagem trágica”, diz Stanton.

“Perda de memória de curto prazo não pode ser divertido. Não importa o quanto ela vista sua máscara de coragem e faça o melhor de uma condição extremamente difícil, deve ser frustrante e assustador. Ela não tem nem ideia de onde – de quem – ela vem”.

A roteirista Victoria Strouse acrescenta,

“Acho que sua personalidade animada é sua forma de compensar suas limitações. Sua prestatividade funciona para induzir os outros a ficarem com ela, para assegurar que ela nunca fique sozinha. Ela tem um medo profundo de ser abandonada, e um medo mais profundo ainda em relação a sua perda de memória de curto prazo e como isso pode alienar os outros e fazer com que eles a deixem”.

Dory pode ter dificuldades para lembrar exatamente o que – ou quem – está procurando, mas não vai desistir até que desvende o seu passado e descubra algo mais ao longo do caminho: autoaceitação.

“No início, ela tem plena consciência de que precisa da ajuda do Marlin e do Nemo”, diz o codiretor Angus MacLane. “Ao longo do filme, ela aprende a escutar os seus instintos novamente, aceitar quem ela é e sua forma única de pensar e viver – e isso se torna a chave para o seu sucesso”.

“Acredito que as pessoas amam a Dory por que não existe nenhum julgamento da parte dela”, acrescenta DeGeneres. “Ela nunca é má. Não importa o que enfrente, ela simplesmente segue em frente. Ela faz o que tem de ser feito”.

procurandodory_6

Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema!


Não esqueça de CURTIR nossa MATÉRIA ESPECIAL: