Há alguns dias, fizemos uma singela matéria trazendo filmes para aqueles que queriam curar o coração partido e esquecer relacionamentos problemáticos. Agora, chegou a vez de celebrar o complicado conceito do amor, que se apresenta para nós das mais diversas formas – e de jeitos um tanto engraçados.

E é claro que esse lado da personalidade humana sempre foi matéria para a indústria do entretenimento. Mesmo com produções que transformassem a esfera da paixão em algo utópico e extremamente fabulesco, vários longas-metragens voltaram-se para a perspectiva cômica dos relacionamentos, pincelando arcos hilários e envolventes com pitadas de drama, mistério e um grand finale previsível, certamente, mas de nos arrancar suspiros.

Por isso, separamos uma lista com dez filmes inspiradores para quem está apaixonado. Confira abaixo nossas escolhas e conte para nós qual o seu favorito:



SIMPLESMENTE AMOR (2003)

Nove histórias que se entrelaçam mostrando as complexidades da emoção que nos conecta a todos: o amor. Entre os personagens, o belo recém-eleito primeiro-ministro britânico, David, que se apaixona por uma jovem funcionária. Uma desenhista gráfica, Sarah, cuja devoção a seu irmão, doente mental, complica sua vida amorosa. Harry, um homem casado tentado por sua atraente nova secretária. São vidas e amores que se misturam na romântica Londres, e atingem o seu clímax na noite de Natal.

NASCE UMA ESTRELA (2018)

Jackson Maine é um cantor no auge da fama. Um dia, após deixar uma apresentação, ele para em um bar para beber. É quando conhece Ally, uma insegura cantora que ganha a vida trabalhando em um restaurante. Jackson se encanta pela mulher e seu talento, decidindo acolhê-la e eles acabam se casando. Ao mesmo tempo em que Ally ascende ao estrelato, Jackson vive uma crise pessoal e profissional devido aos problemas com o álcool. Os momentos opostos acabam por minar o relacionamento amoroso dos dois.

IDAS E VINDAS DO AMOR (2010)



A trama é bastante parecida com Simplesmente Amor – e talvez até funcione como um remake norte-americano do clássico britânico que tanto nos encantou quando foi lançado. Aqui, a premissa também parte de várias histórias conectadas que giram em torno dos moradores da cidade de Los Angeles passam por altos e baixos em apenas um Dia dos Namorados. No decorrer desse dia, eles encaram primeiros encontros, longos relacionamentos, paqueras adolescentes e chamas antigas. O longa inclusive rendeu uma “sequência”, intitulada ‘Noite de Ano-Novo’.

Aproveite para assistir:



COM AMOR, SIMON (2018)

A adaptação do romance de Becky Albertalli parecia apenas mais uma comédia romântica qualquer girando nos adolescentes da geração contemporânea, mas o resultado foi bem além do esperado e caiu nas graças do público. A trama gira em torno de Simon Spier, um jovem de 17 anos que aparenta levar uma vida comum, mas sofre por esconder um grande segredo: não revelou ser gay para sua família e amigos. E tudo fica mais complicado quando ele se apaixona por um dos colegas de classe, anônimo, na internet.

UMA LINDA MULHER (1990)



Trinta anos depois de seu lançamento, são poucas as pessoas que não conhecem ou não foram inspiradas pelo atemporal romance entre Julia RobertsRichard Gere em Uma Linda Mulher. Dirigido pelo falecido Garry Marshall, a premissa é bastante simples, mas vem nos arrancando suspiros até hoje: durante uma viagem de negócios a Los Angeles, Edward, um executivo que compra e fragmenta empresas para vendê-las, encontra a prostituta Vivian. Edward a contrata para ficar com ele durante uma semana a fim de acompanhá-lo nos jantares de negócios. Os dois se aproximam e descobrem que há vários obstáculos para serem superados até que possam unir seus mundos tão diferentes.

SIMPLESMENTE ACONTECE (2015)

Alex e Rosie são amigos inseparáveis que cresceram juntos em Londres, compartilhando entre si suas melhores experiências. Tudo muda quando Alex ganha uma bolsa de estudos e passa a morar nos EUA. Separados, seus caminhos agora são outros. Mas nos tempos de hoje é impossível não se conectar. E, em se tratando de amor, o difícil é fazer as escolhas certas.

DEZ COISAS QUE EU ODEIO EM VOCÊ (1999)

O final da década de 1990 foi bastante promissor e trouxe um longa-metragem que fez sucesso sem quaisquer precedentes. A rom-com ‘Dez Coisas que Eu Odeio em Você’ trouxe para as telonas a química irretocável de Heath LedgerJulia Stiles, em uma releitura inteligente da peça A Megera Domada, de William Shakespeare. Stiles dá vida à rebelde Kat Stratford, uma forte e independente jovem que deve sair em um encontro com um amigo misterioso de sua irmã, Bianca, para que ela possa finalmente namorar.

TITANIC (1997)



A cinebiografia romantizada do gigantesco transatlântico Titanic era tema de documentários e frias análises fílmicas, mas transformou-se em uma épica história de amor entre os personagens ficcionais Jack e Rose, dois indivíduos de criação e de classes sociais diferentes que cruzaram caminho a bordo do navio e se apaixonaram perdidamente – até que uma tragédia os separou para sempre. O longa levou para casa 11 estatuetas do Oscar e carrega o título de produção mais premiada ao lado de Ben-HurO Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei.

HARRY & SALLY – FEITOS UM PARA O OUTRO (1989)

Harry e Sally vão morar em Nova York, se veem esporadicamente e constroem uma grande amizade ao longo dos anos. Mas, aos poucos, percebem com certo temor que estão apaixonados um pelo outro.

QUESTÃO DE TEMPO (2013)

Depois de descobrir que ele pode viajar no tempo, o jovem Tim Lake usa sua habilidade para ganhar o coração da mulher dos seus sonhos e salvar seu amigo de um desastre profissional.
Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE