quinta-feira, abril 18, 2024

10 Músicas Internacionais que Completam 10 Anos em 2020

Enquanto 2020 vem sendo um ótimo ano para a música, 2010 também foi um dos anos mais icônicos para os fãs do pop e do R&B, visto que trouxe de volta o gostinho do início do século para um momento em que diversos talentos insurgiam ou eram redescobertos.

Dessa forma, separamos 10 canções internacionais que completam uma década de existência, colocando algumas das mais famosas e que dominaram as paradas do mundo inteiro com produções impecáveis e batidas viciantes.

Confira abaixo nossas escolhas e conte para nós qual a sua favorita:

“LOVE THE WAY YOU LIE”, Eminem feat. Rihanna

Eminem e Rihanna colaboraram juntos em 2010 – algo que, hoje, definitivamente não aconteceria. De qualquer forma, o dueto “Love The Way You Lie” tomou forma como uma expressão artística de traumas passados, acompanhados dos acordes do violão, do piano e do violino – tudo isso impregnado com as incursões do hip-hop. Além de ser aclamada pela crítica, a canção alcançou o #1 das paradas da Billboard e lá permaneceu por nada menos que sete semanas.

“SUPER BASS”, Nicki Minaj

Uma das forças descomunais do rap contemporâneo, Nicki Minaj estreava na indústria há exatos dez anos e ganhava o mundo com a frenética “Super Bass”, quinto single de seu álbum de estreia, ‘Pink Friday’. Estrando em terceiro lugar nos charts estadunidenses, a música ganhou críticas bastante positivas por parte da crítica especializada e vendeu mais de cinco milhões de cópias entre seu lançamento e 2014.

“IMPOSSIBLE”, Shontelle

Shontelle fez um grande barulho em 2010 quando lançou “Impossible”, música promocional de seu segundo álbum de estúdio, ‘No Gravity’. Falando sobre vulnerabilidade e trazendo vocais irretocáveis, a faixa tornou-se uma das queridinhas do ano ao se transformar em uma balada midtempo que preza pela superação e pelo amadurecimento amorosos.

Não deixe de assistir:

“BLACK AND YELLOW”, Wiz Khalifa

Em setembro de 2010, o rapper Wiz Khalifa lançada a memorável “Black and Yellow”, um hip hop que funciona como tributo para sua cidade natal, Pittsburgh, na Pensilvânia. A música debutou em primeiro lugar da Billboard e tornou-se a primeira do artista a realizar tão feito. Khalifa viria a dominar as paradas mais uma vez apenas em 2015, com a colaboração “See You Again” ao lado de Charlie Puth.

“FIND YOUR LOVE”, Drake

“Find Your Love” foi arquitetada pelo rapper Drake ao lado de Kanye West e rendeu-se às tendências amalgamadas do dancehall e do R&B, pincelado com incríveis batidas jamaicanas. Com críticas relativamente positivas, a canção fala sobre relacionamentos e sobre a dor de ser apenas uma segunda opção – quando todos nós merecemos estar no topo.

“ONLY GIRL IN THE WORLD”, Rihanna

Já sabemos que Rihanna é uma das artistas mais prolíficas da indústria musical desde o momento de sua estreia. 2010, especialmente, foi seu ano: além da música supracitada, a cantora e compositora lançou “Only Girl in the World”, que transformou-se num hino indispensável das playlists de pop, rendeu a ela mais um #1 na Billboard e levou para casa o Grammy Award de Melhor Gravação Dance no ano seguinte.

“BILLIONAIRE”, Travie McCoy feat. Bruno Mars

Bruno Mars e Travie McCoy uniram forças para a icônica rendição “Billionaire”, lançada em março de 2010. Enquanto seu conteúdo lírico recebeu certas críticas negativas, é inegável dizer que a melódica e envolvente batida compensa pelas pontas soltas – além de ter ganhado diversas versões com o passar dos anos, inclusive uma da cantora brasileira Claudia Leitte.

“LIKE A G6”, Far East Movement feat. The Cataracs, DEV

DEV certamente desapareceu após fazer um modesto barulho na esfera fonográfica, mas houve um tempo em que suas músicas não saíam das rádios. Depois de “In the Dark”, a cantora uniu-se aos grupos Far East Movement e The Cataracs para “Like a G6”, um electro-house vibrante que alcançou o topo das paradas por três semanas não-consecutivas.

“WAKA WAKA (THIS TIME FOR AFRICA)”, Shakira

Obviamente Shakira não ficaria de fora da nossa lista. Afinal, em 2010, a cantora e compositora latina parava o mundo com o lançamento de “Waka Waka (This Time For Africa”, música-tema da Copa do Mundo de Futebol da África do Sul que, sem dúvida, foi a melhor incursão musical do evento. Shakira se uniu com a banda Freshlyground para a faixa, ganhando aclame pela crítica (e certas controvérsias raciais por organizações sul-africanas).

“JUST THE WAY YOU ARE”, Bruno Mars

Bruno Mars fez sua estreia solo na música com a semi-balada soft-rock R&B “Just the Way You Are” e, ainda que tenha caído no gosto popular, teve recepção mista por parte da crítica – que elogiou a produção, mas não pegou apreço pela superficialidade do conteúdo lírico. De qualquer forma, a faixa levou para casa um Grammy Award de Melhor Performance Solo Pop Masculina em 2011 e vendeu mais de 12,5 milhões de cópias ao redor do mundo.

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS