domingo, junho 23, 2024

‘A Bruxa de Blair’, ‘Host’ e outros 7 filmes FOUND FOOTAGE que você precisa conferir!

O gênero do found footage é um dos mais conhecidos no cenário contemporâneo do cinema e encontrou terreno fértil a partir dos anos 1990, com sua popularização através do clássico ‘A Bruxa de Blair’.

Para aqueles não familiarizados com o termo técnico, o estilo em questão parte de uma premissa bastante simples: a câmera na mão. Os longas, médias e curtas-metragens realizados dessa forma normalmente partem de um orçamento baixo e apresentam um grupo de personagens que é filmado da maneira mais amadora possível – e um cinegrafista que serve como uma espécie de diretor e montador.

O filme citado no primeiro parágrafo, apesar de não ter sido o primeiro do gênero, abriu portas para obras como ‘Atividade Paranormal’‘Assim na Terra como no Inferno’‘Cloverfield – Monstro’ – além de ter vindo acompanhado de uma assustadora campanha de marketing que chocou o público ao redor do mundo por se assimilar tanto à realidade.

Apesar da qualidade do estilo ter decaído, em virtude de um uso excessivo de escapes formulaicos que não acrescentavam nada de novo ao gênero, é inegável dizer que houve um certo ressurgimento modernizado para o found footage, como os terrores ‘Amizade Desfeita’‘Host’, ou o suspense ‘Buscando…’, que trouxeram esse estilo para os dias atuais e o mesclaram com as inovações tecnológicas.

Pensando nisso, separamos uma breve lista com dez grandes obras que você precisa assistir caso queira aprender mais sobre essa técnica.

Confira abaixo as nossas escolhas e conte para nós qual a sua favorita:

HOLOCAUSTO CANIBAL (1980)

Lembram-se de quando comentei que ‘A Bruxa de Blair’ não foi o primeiro found footage da história? Bom, é aí que entra o polêmico e controverso ‘Holocausto Canibal’. O longa italiano, dirigido por Ruggero Deodato, chocou o público à época de seu lançamento pela visceralidade e pela crueza das imagens – ainda mais por simular a realidade. Na trama, quatro documentaristas de tribos se embrenham na selva para filmar indígenas. Dois meses mais tarde, depois que o grupo não retorna, o famoso antropólogo Harold Monroe (Robert Kerman) viaja em uma missão de resgate para encontrá-los. Ele consegue recuperar as latas de filme perdidas, que revelam o destino dos cineastas desaparecidos.

A BRUXA DE BLAIR (1999)

Há quem diga que ‘A Bruxa de Blair’ não envelheceu muito bem – o que até é verdade, considerando que os fãs assíduos do terror desejam se assustar com as obras do gênero e este filme perdeu um pouco da magia depois de ter sido recriado várias vezes. Entretanto, quando chegou aos cinemas em 1999, causou uma comoção generalizada e foi alvo inclusive de processos jurídicos. A história acompanha um grupo de cineastas amadores que resolvem explorar a lenda da Bruxa de Blair, uma entidade maligna que se esconde na floresta. Porém, quando entram na escuridão das árvores, percebem que o que era apenas uma história está se tornando um pesadelo.

Não deixe de assistir:

ATIVIDADE PARANORMAL (2007)

Desde criança Katie (Katie Featherston) ouve ruídos estranhos, sussurros e sente sensações inesperadas. Já adulta, ela mora com seu namorado Micah (Micah Sloat), que, meio cético quanto aos depoimentos, resolve usar uma câmera para gravar tudo o que acontece enquanto eles dormem e vivem dentro da casa. O que era para ser apenas uma forma de esclarecer o mistério torna-se uma experiência intrigante e assustadora.

REC (2007)

Um dos filmes mais elogiados e conhecidos dos anos 2000, ‘REC’ não poderia ficar de fora da nossa lista. Na trama, Manuela Velasco interpreta Ángela Vidal, uma jornalista que, juntamente com seu operador de câmera Pablo (Pablo Rosso), faz uma reportagem em um quartel do Corpo de Bombeiros, na intenção de mostrar seu cotidiano. Porém o que aparentemente seria uma saída noturna rotineira de resgate logo se transforma em um grande pesadelo. Presos em um edifício, a equipe de filmagens e os bombeiros enfrentam uma situação desconhecida e letal.

CLOVERFIELD – MONSTRO (2008)

O subestimado ‘Cloverfield – Monstro’ merece mais atenção que tem, ainda mais por se configurar como uma das melhores entradas da carreira de Matt Reeves. Na trama, Michael Stahl-David dá vida a Rob Hawkins, um jovem que mora em Nova York e que está está prestes a se mudar para o Japão. Ele reúne os amigos em uma festa de despedida, na qual pretende revelar sentimentos mal resolvidos. Entretanto um forte solavanco assusta os convidados. Todos buscam notícias sobre o ocorrido na TV, que diz que a cidade sofreu um terremoto. Ao chegar ao terraço para ver os estragos o grupo nota uma bola de fogo gigante, seguida pela queda de luz na cidade. O pânico toma conta de todos, o que aumenta ainda mais quando eles enfim conseguem chegar à rua.

A VISITA (2015)

Neste suspense dirigido por M. Night Shyamalan, que começava a voltar à forma com suas histórias envolventes e recheadas de reviravoltas, um garoto (Ed Oxenbould) e sua irmã (Olivia DeJonge) são mandados pela mãe (Kathryn Hahn) para visitar os avós, que moram em uma remota fazenda. Não demora muito até que os irmãos descubram que os idosos estão envolvidos com coisas profundamente perturbadoras que colocam a vida dos netos em perigo.

AMIZADE DESFEITA (2016)

Com direção de Levan Gabriadze, o suspense Amizade Desfeita inaugurou uma nova era de horror no cinema e traz a tela do computador como ponto de partida para o roteiro. Perseguidos por uma figura invisível que procura vingança, os personagens são virtualmente assombrados por uma adolescente que, por conta de um vídeo embaraçoso divulgado na internet, cometeu suicídio no ano anterior. Entre altos e baixos, a produção comedida e a atmosfera íntima criada por Gabriadze e por um ótimo elenco são os fatores que nos envolvem nessa produção.

BUSCANDO… (2018)

Se você ainda não assistiu ao suspense ‘Buscando…’, não tem ideia do que está perdendo. Estrelado por John Cho, o elogiado longa-metragem acompanha David Kim, um pai superprotetor que se vê no centro de um mistério inexplicável quando a filha de dezesseis anos desaparece sem mais nem menos. Depois de 37 horas sem receber qualquer atualização das autoridades locais, ele decide invadir o computador de sua filha para procurar pistas que possam levar ao seu paradeiro – e descobre segredos assombrosos.

HOST (2020)

‘Host’ não poderia ter vindo em hora melhor e, certamente, se configurou como uma das melhores produções lançadas durante a pandemia de COVID-19. Modernizando por completo o found footage, a narrativa, que foi aclamada pela crítica especializada, acompanha seis amigas que contratam uma médium para fazer uma sessão através de uma chamada de vídeo – mas elas ganham muito mais do que pediram conforme às coisas começam a dar errado. Quando um espírito maligno invade suas casas, elas percebem que podem não sobreviver.

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS