O filme ’A Entrevista‘ continua provocando troca de farpas entre EUA e Coreia do Norte.

Após o presidente Barack Obama ter criticado a Sony pela suspensão do longa, que depois voltou atrás e liberou a estreia nos cinemas, um porta-voz não identificado da Coreia agora acusa o líder norte-americano de ser “imprudente nas palavras e gestos” e agir como “um macaco numa floresta tropical”.

O porta-voz da Comissão de Defesa Nacional norte-coreana chamou ainda o filme de “desonesto e reacionário, que fere a dignidade da liderança suprema da Coreia do Norte e provoca terrorismo”.


Além disso, a Coreia do Norte também atribuiu aos EUA a culpa pela recente interrupção da internet no país.

Apontada pelo FBI como responsável pelos ataques hackers à Sony, a Coreia do Norte aproveitou para se defender no comunicado, dizendo que as acusações são “sem fundamentos”.

Aproveite para assistir:

Lançada no último dia 25 em 300 salas dos EUA, a comédia estrelada por James Franco e Seth Rogen fez quase US$ 1 milhão em sua estreia nos EUA.

Em comunicado oficial, o presidente de distribuição da Sony Pictures, Rory Bruer, comemorou o sucesso de bilheteria. “A reação do público foi fantástica”, disse o executivo.

A Entrevista‘ também lidera o ranking de vendas das plataformas digitais em que foi disponibilizada, como YouTube, Google Play e Xbox Video, isso sem contar os números em sites piratas – ‘A Entrevista‘ já foi baixado mais de 750 mil vezes desde o dia 25.

No Brasil, a estreia segue marcada para o dia 29 de Janeiro de 2015, somente nos cinemas. O CinePOP entrou em contato com a distribuidora, que confirmou a informação.


“Até o momento, tudo confirmado”, afirmou a Sony em e-mail ao CinePOP.

Bafão! Compilamos os segredos da Sony vazados na internet

Na comédia, Dave Skylark (James Franco) e seu produtor Aaron Rapoport (Seth Rogen) conduzem o popular programa de TV sobre celebridades “Skylark Tonight”. Quando descobrem que o ditador norte-coreano Kim Jong-Un é fã do show, eles marcam uma entrevista com ele na tentativa de conseguirem sua aprovação como jornalistas sérios.

Em uma das cenas do longa, Jong-Un é assassinado ao ser atingido por um projétil de um tanque e ter sua cabeça explodida.

 


Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE