A Entrevista‘ fez quase US$ 1 milhão em sua estreia nos EUA, na quinta-feira (25), mesmo com seu lançamento limitado a 300 salas – menos de 10% do circuito inicialmente previsto. As informações são da Variety.

Em comunicado oficial, o presidente de distribuição da Sony Pictures, Rory Bruer, comemorou o sucesso de bilheteria. “A reação do público foi fantástica”, disse o executivo.

A comédia estrelada por James Franco e Seth Rogen também lidera o ranking de vendas das plataformas digitais em que foi disponibilizada, como YouTube, Google Play e Xbox Video, isso sem contar os números em sites piratas – ‘A Entrevista‘ já foi baixado mais de 750 mil vezes desde o dia 25.


No Brasil, a estreia segue marcada para o dia 29 de Janeiro de 2015, somente nos cinemas. O CinePOP entrou em contato com a distribuidora, que confirmou a informação.

“Até o momento, tudo confirmado”, afirmou a Sony em e-mail ao CinePOP.

O estúdio havia cancelado a estreia após as grandes redes de cinemas dos EUA se recusarem a exibir o filme, já que o grupo de hacker Guardians of Peace (Guardiões da Paz) ameaçou atos terroristas aos cinemas que aceitassem exibir a comédia.

Aproveite para assistir:

Durante um pronunciamento na Casa Branca, o presidente dos EUA Barack Obama afirmou que a Sony Pictures “cometeu um erro” ao desistir de lançar ‘A Entrevista nos cinemas.

“Entendo as preocupações do estúdio, que sofreu significantes perdas, mas acho que cometeram um erro. Não podemos ter uma sociedade em que algum ditador, em algum lugar, comece a impor censura aqui nos Estados Unidos. Eu gostaria que eles tivessem falado comigo antes, porque teria dito para não se intimidarem com esses ataques criminosos”, declarou o político.

Bafão! Compilamos os segredos da Sony vazados na internet

Na comédia, Dave Skylark (James Franco) e seu produtor Aaron Rapoport (Seth Rogen) conduzem o popular programa de TV sobre celebridades “Skylark Tonight”. Quando descobrem que o ditador norte-coreano Kim Jong-Un é fã do show, eles marcam uma entrevista com ele na tentativa de conseguirem sua aprovação como jornalistas sérios.

Em uma das cenas do longa, Jong-Un é assassinado ao ser atingido por um projétil de um tanque e ter sua cabeça explodida.


 

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE