sexta-feira, maio 24, 2024

A série ATERRORIZANTE da Netflix que tirou meu sono

A Netflix adicionou em seu catálogo uma das minisséries mais perturbadoras e impactantes dos últimos anos, e eu trago a crítica para você.

Mas prepare o psicológico: cheia de gatilhos, ela vai tirar seu sono!

Assista a crítica e siga o CinePOP no Youtube:

Atualmente na 1ª posição entre as séries mais assistidas da semana na Netflix, ‘Bebê Rena‘ retrata uma história real vivida pelo ator e comediante escocês Richard Gadd quando foi vítima de uma perseguidora e predadora sexual por volta de seus 20 anos.

Na trama, ele interpreta Donny Dunn, que acaba virando a obsessão de Martha, uma mulher ele conhece em um bar onde trabalha, despertando nela um interesse sufocante que pode destruir as vidas dos dois.

No caso real, Gadd relatou ao longo de alguns shows que foi perseguido por pelo menos quatro anos por uma mulher que o apelidou como Bebê Rena.

Apesar do apelido que costuma causar risos na plateia, ele disse que foi assediado com 41.071 e-mails, 350 horas de mensagens de voz, 744 tweets, 46 mensagens no Facebook e 106 páginas de cartas.

Além disso, ela tentou chamar sua atenção com presentes, incluindo uma rena de pelúcia, pílulas para dormir, um chapéu de lã e roupas íntimas, como pijamas e cuecas boxer.

Para ele, o objetivo da série é repudiar comportamentos abusivos e a importunação e não glamourizar pessoas que fazem isso.

Não deixe de assistir:

Os relatos reproduzidos na trama são impactantes e doentios que está tirando o sono dos assinantes da plataforma, que estão cada vez mais alertas sobre os perigos causados por perseguidores.

Confira as reações:

“No início, todos no pub achavam engraçado o fato de eu ter uma admiradora”, disse Gadd ao The Times. “Depois, ela começou a invadir meu espaço, me seguindo, aparecendo em meus shows, esperando do lado de fora da minha casa, enviando milhares de mensagens de e-mails e mensagens de voz.”

“A perseguição na televisão tende a ser muito romantizada. Tem uma mística, uma aura em torno de dos fãs obsessivos. A mídia costuma fazer deles muito sexies, devotados, mas são pessoas que se tornam maníacos pouco a pouco”, disse Gadd à Netflix.

Ele continuou, argumentando que:

“A perseguição é uma doença mental. Eu realmente queria mostrar as camadas da perseguição com uma qualidade humana que eu não tinha visto na televisão antes. É uma história de perseguição virada de cabeça para baixo.”

Além de Gadd, ‘Bebê Rena‘ conta com Nava Mau e Jessica Gunning.

Com direção de Weronika Tofilska, a atração retrata o caso em sete episódios.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS