O Big Brother Brasil 2021 tem rendido uma série de polêmicas, principalmente por conta das atitudes moralmente questionáveis da cantora Karol Conká, o que já faz dela uma das maiores vilãs da história do programa, senão a maior. Na prova de ontem, ela teve uma sorte absurda e terminou líder, mostrando que nem sempre os heróis vencem. Embalado pelos acontecimentos do programa, o CinePOP selecionou dez filmes em que os vilões vencem no final, deixando o público chocado, com aquele gosto amargo na boca. Ah, bom avisar, daqui pra baixo é só SPOILER. Siga por sua conta e risco.

A vitória de Karol Conká na prova do líder foi um grande distúrbio na Força, como se milhões de vozes gritassem de terror e subitamente se silenciassem. Alguma coisa terrível aconteceu na noite de ontem. Foto: Reprodução/ Rede Globo.


Vingadores: Guerra Infinita



Vamos abrir a lista com o caso mais recente de uma superprodução que termina com a vitória do mal. Em Vingadores: Guerra Infinita, os heróis mais poderosos da Terra se encontram em uma batalha contra o tempo para tentar impedir que o Thanos (Josh Brolin), o Titã Louco, colete todas as seis Joias do Infinito e as use para destruir 50% da vida no universo. Dividido entre o grupo de heróis na Terra e o dos heróis no espaço, o filme te conduz sempre com a esperança de que o Vingadores vão conseguir vencer. Porém, aos 45 do segundo tempo, Thanos quase mata o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), mata o Visão (Paul Bettany), junta as seis Joias, estala os dedos e dizima metade de toda a vida existente no universo, apenas para terminar em sua fazenda, contemplando seu feito diabólico.


Oldboy



Nem se a gente juntasse todos os filmes dos Vingadores teria tanta vingança quanto em Oldboy. Nessa obra-prima do cinema sul-coreano, acompanhamos Oh Dae-su (Choi Min-sik), um pai de família que é levado bêbado para uma delegacia e desaparece, deixando apenas o presente que havia comprado para sua filha de 3 anos. Depois de passar 15 anos preso em um lugar escuro, no qual ele é acusado de ter assassinado a própria esposa e ser “apagado” diariamente com um misterioso gás, ele consegue escapar, dando início a uma jornada insana de vingança, enquanto ele tenta recuperar sua memória. No caminho, ele conhece uma jovem lindíssima com quem se envolve sexualmente. No final, nos é revelado que tudo isso não passou de um plano de vingança de Woo-Jin (Yoo Ji-tae), um antigo conhecido que teve a vida arruinada por Dae-su na juventude. E pense numa trama maligna! A menina por quem o anti-herói se apaixonara era ninguém menos que a própria filha e, para poupá-la, Dae-su aceita a proposta de cortar a própria língua.

Aproveite para assistir:




Se7en: Os Sete Crimes Capitais

Clássico de David FincherSe7en: Os Sete Crimes Capitais é um thriller policial sobre o veterano Detetive Tenente William Somerset (Morgan Freeman), que está perto de se aposentar e cujo companheiro de trabalho é o jovem David Mills (Brad Pitt), um jovem e ranzinza policial que acabou de se mudar para a cidade com sua triste – e secretamente grávida – esposa (Gwyneth Paltrow). Eles começam a investigar um caso bizarríssimo de um serial killer que comete seus crimes baseados nos sete pecados capitais. Isso exige deles um grande esforço mental para tentarem estar sempre um passo a frente do bandido (Kevin Spacey), resultando num desgaste terrível em seus relacionamentos pessoais. Porém, o que já era ruim fica pior, quando o psicopata se entrega aos policiais, prometendo levá-los até sua última vítima. É aí que tudo vai para o buraco, porque ele leva a dupla para o deserto, onde Mills recebe uma caixa com a cabeça decepada de sua esposa. O bandido, Joe Doe, afirma que ela morreu representando a inveja. Como se isso não fosse cruel o suficiente, Doe revela que a esposa implorou pela vida dela e a do bebê, fazendo com que David Mills descobrisse assim que sua amada morta estava grávida. Tomado pela ira, o policial atira no serial killer, concluindo o ciclo dos sete pecados capitais planejado pelo antagonista. Ou seja, ele morre, mas vence ainda assim, até porque a carreira de Mills é exterminada no momento em que ele assassina o vilão.




O Silêncio dos Inocentes

O filme que levou apenas 12 minutos para imortalizar Anthony Hopkins na história do cinema era presença garantida nesta lista. Isso porque esse clássico do suspense conta a história da agente do FBI, Clarice Starling (Jodie Foster) que é enviada para trabalhar com o canibal Hannibal Lecter (Hopkins), numa tentativa dele ajudá-la a traçar o perfil psicológico de um misterioso serial killer que está matando mulheres e deixa apenas uma ligação entre os crimes: casulos de mariposas.  Em meio as investigações e aos jogos mentais de Hannibal, Clarice tenta negociar com o psicopata qualquer tipo de informação que ajude o FBI a entender o mistério desse caso. Ela chega a oferecer uma transferência de prisão ao criminoso, mas ele só aceita falar em troca de informações da vida pessoal da agente Starling. No final, eles conseguem descobrir quem era o criminoso, mas Hannibal escapa da prisão e foge para o Haiti, de onde liga para Clarice, criando um suspense gigantesco.


Karatê Kid: A Hora da Verdade



Com o sucesso recente da série Cobra Kai, muita gente mudou de opinião sobre quem é o verdadeiro vilão de Karatê Kid. Isso porque o filme conta a história de Daniel Larusso (Ralph Macchio), um jovem de origem humilde que se muda para a Califórnia com a mãe e logo tenta ficar com Ali (Elisabeth Shue), ex-namorada do valentão da escola, Johnny Lawrence (William Zabka), principal aluno da academia Cobra Kai. Johnny não gosta de ver Daniel flertando com sua ex e desce a porrada no garoto, que passa a treinar caratê com o zelador de seu condomínio, o Senhor Miyagi (Pat Morita). Nesse meio tempo, os dois rivais se encontram várias vezes e ficam se humilhando e batendo o tempo todo, até que eles precisaram se enfrentar de forma oficial na final do torneio de caratê da cidade, onde Daniel Larusso venceu Johnny Lawrence com uma bela bicuda na cara, também apelidada de golpe da garça. Mesmo se a série não tivesse vindo depois para dar mais profundidade ao personagem de Johnny, já seria muito difícil de dizer que o herói venceu no final de Karatê Kid. Isso porque Johnny é considerado abusivo por ser grosseiro com Ali, quebrar o rádio dela e ficar implicando com Daniel. No entanto, Daniel Larusso é outro grande babaca, porque ele dá uns cinco foras em Ali, é grosseiro pra caramba com ela várias vezes ao longo do filme, também humilha e implica com Johnny e seus amigos, além de também querer usar o caratê em benefício próprio. E quando o assunto são os sensei, a parada só piora. Que John Kreese (Martin Kove) é um crápula, todos percebem. Agora, o Senhor Miyagi também toma atitudes questionáveis, como utilizar Daniel para seus afazeres domésticos, e ainda por cima bater pesado num grupo de crianças. Sério, a única forma do bem vencer nesse filme é se a coitada da Ali, que teve de aturar esse bando de otário junto, aparecesse sozinha no torneio e quebrasse todo mundo na porrada.


Garota Exemplar

Saindo de um filme em que a menina deveria ter descido a porrada nos caras, chegamos agora a um longa em que a menina definitivamente desce a porrada física e psicológica nos caras. Dirigido por David Fincher, Garota Exemplar é uma aula de suspense. O filme conta a história de Amy (Rosamund Pike) e Nick (Ben Affleck), um casal teoricamente perfeito, cujo casamento em crise ganha um novo capítulo quando Amy desaparece misteriosamente. As pistas, no entanto, mostram que Nick já não olhava para ela com os mesmo olhos e poderia ser o responsável pelo desaparecimento da esposa. Enquanto ele tenta provar sua inocência, acompanhamos o plano ardiloso de Amy, que era justamente incriminar o marido como vingança por uma traição. Porém, a trama sofre uma nova virada e ela leva uma contra-investida de Nick. Vendo que seu plano poderia ruir, ela liga para um ex-namorado (Neil Patrick Harris), que a recebe em sua casa. Lá, ela forja provas para incriminá-lo por seu desaparecimento e o assassina a sangue frio. Com o caso “resolvido”, ela ainda arruma um jeito de segurar Nick junto a ela com uma gravidez concebida por inseminação artificial do sêmen do marido. É um daqueles filmes em que o famoso “gosto amargo” perdura o tempo todo.

Laranja Mecânica


Esse clássico de Stanley Kubrick era outra presença certa na lista porque não possui heróis. Todos os personagens são moralmente corruptos e monstruosos. O protagonista é o Alex DeLarge (Malcolm McDowell), um playboy sociopata que é líder uma gangue de vagabundos, responsáveis por agressões, estupros, assaltos e assassinatos realizados sob efeitos de drogas pesadíssimas. Quando ele é preso, acaba sendo condenado a 14 anos de prisão. Porém, recebe uma proposta para ser voluntário da técnica Ludovico, um experimento torturante e antiético baseado no Cão de Pavlov, cujo objetivo era praticamente lobotomizar os criminosos para que eles pudessem ser reinseridos na sociedade. A técnica o tortura e tira seu livre-arbítrio. Domado, ele é posto para viver como um cidadão comum, mas acaba sofrendo agressões, vinganças e tentativas de assassinato por suas antigas vítimas. Depois de ser torturado por uma dessas vítimas, ele se joga da janela de uma casa na tentativa de se suicidar e terminar com o sofrimento de ser praticamente um planta ambulante. No entanto, ele sofre múltiplas faturas, mas sobrevive. No hospital, a imprensa toma conhecimento de tudo que aconteceu com ele e o toma como mártir. Usado como forma de pressionar o governo, Alex parece ter “se curado” do tratamento, voltando a ser um psicopata. Só que agora, além de ganhar um cargo público junto ao Ministro de Defesa, ele é um maluco ovacionado pelos veículos de imprensa e pelo povo. Uma vitória incômoda e que não tinha como ter um herói.

O Abutre

Outro suspense policial, O Abutre é um daqueles filmaços que, sabe-se lá o motivo, não é tão popular quanto deveria. Ele gosta de jogar com a ética e com a moral da imprensa americana e do jornalismo sensacionalista, que é sedento por tragédias cruéis e sanguinárias. Na trama, Louis Bloom (Jake Gyllenhaal) é um jovem picareta que está passando por muitas dificuldades e se vê incapaz de conseguir um emprego. Certo dia, tudo muda quando ele tem seu primeiro contato com o “jornalismo independente americano”, que paga por vídeos e fotos exclusivas de crimes sanguinolentos e mirabolantes. Quanto mais explícita a filmagem, melhor. Então, ele consegue uma câmera filmadora e entra de cabeça no submundo do crime de Los Angeles. Conforme ele vai capturando mais crimes e acidentes, ele consegue mais dinheiro e vai fazendo seu nome no mercado. Isso mexe diretamente com seu ego e com a sede por poder, prestígio e dinheiro. Não demora muito para ele começar a armar e criar estratégias para que os crimes e acidentes aconteçam sempre em regiões nas quais ele esteja por perto, garantindo assim imagens exclusivas para ele. A história é tão chocante que você se questiona qual o limite do escrúpulo dele, já que ele sacrifica vidas de adultos, crianças e amigos por seu bem próprio. E quando você acha que ele vai se dar mal, ele escapa e ainda termina o filme montando sua própria agência de notícias independentes. É um soco no estômago.

Batman: O Cavaleiro das Trevas

Tido por muita gente como o melhor filme da DC, Batman: O Cavaleiro das Trevas ficou extremamente popular por conta da atuação brilhante do falecido Heath Ledger no papel do Coringa. Na trama, ele surge em Gotham tocando o terror na cidade. O palhaço do crime é um mafioso psicopata que tem o objetivo de desestruturar as máscaras sociais e políticas do povo, desestabilizar o esquema do tráfico da cidade e destruir a imagem heroica do Batman (Christian Bale) ante os habitantes de Gotham City, provando que ele não era o único louco em meio a todo aquele caos. Seus planos envolvem uma tentativa de assassinato de Jim Gordon (Gary Oldman), destruição do dinheiro dos mafiosos, a corrupção do promotor que trazia esperança para os cidadãos, Harvey Dent (Aaron Eckhart) e o sequestro/ tentativa de assassinato dos cidadãos em barcas. Apesar dele não conseguir fazer com que o povo se matasse nas barcas e de tomar uma porrada homérica do Morcegão no final do filme, o Coringa consegue mesmo desestabilizar a máfia, que passa a suspeitar de seus próprios membros, corrompe Harvey Dent, transformando-o no vilão Duas Caras e ainda obriga o Batman a assumir a autoria dos assassinatos e tentativas de homicídio de Harvey para que o povo não perdesse a esperança e sucumbisse a loucura pretendida pelo vilão. Nesse processo, o Homem-Morcego tem sua imagem pública destruída, obrigando-o a se esconder por anos. Vitória do palhaço.

Star Wars: Episódio V – O Império Contra-Ataca

O melhor Star Wars de todos é também o exemplo mais famoso de filme que termina com a vitória do vilão. Na verdade, esse filme é “eita atrás de eita”, isso porque ele já começa com uma invasão imperial ao planeta gelado de Hoth, onde a Aliança Rebelde estava agindo com sua base secreta. Luke Skywalker (Mark Hamill) sofre o ataque de um Wampa, mas se recupera e ajuda na Batalha de Hoth. Então, ele vai para Dagobah encontrar o Mestre Yoda e terminar seu treinamento Jedi. Longe de Luke, Han Solo (Harrison Ford), Leia Organa (Carrie Fisher), Chewbacca (Peter Mayhew) e C-3PO (Anthony Daniels) vão para Bespin, onde são traídos por Lando Calrissian (Billy Dee Williams). Com eles presos e com Darth Vader (James Earl Jones) usando os reféns para atrair o jovem Skywalker em uma tentativa de convertê-lo ao lado sombrio, Han é congelado na carbonita e entregue para que o caçador de recompensas Boba Fett o leve para Jabba, o Hutt. Com os heróis presos e Han congelado, Luke abandona seu treinamento antes de concluí-lo e vai de encontro a Vader. Então, o vilão arranca a mão mocinho e faz a maior revelação da história do cinema: Darth Vader é pai do Luke. Inconsolável e com uma perspectiva sombria de futuro, Luke Skywalker pula da estação rumo a morte certa. Porém, ele sobrevive e acaba sendo resgatado pelo traidor Lando. O filme termina com uma vitória maiúscula do Império, o que só aumentou a expectativa do público para o Ep. VI.

Qual o seu filme favorito? Diga nos comentários!

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva