domingo, maio 26, 2024

Bob Iger, CEO da Disney, diz que está COMPROMETIDO em acabar com as greves

O proeminente alvo das greves em andamento da WGA (Sindicato dos Roteiristas de Hollywood) e do SAG-AFTRA (Sindicato dos Atores de Hollywood), Bob Iger, direcionou suas palavras aos investidores da Disney, expressando seu compromisso em resolver as paralisações.

Durante uma conferência empresarial, o executivo discutiu a importância do relacionamento da Disney com a comunidade criativa e enfatizou seu desejo de encontrar uma solução rápida para as greves.

“Não há nada mais significativo para esta empresa do que nossas relações com a comunidade criativa, que inclui atores, roteiristas, animadores, diretores e produtores. Tenho um profundo respeito e apreço por todos aqueles que são fundamentais para o notável motor criativo que impulsiona nossa empresa e nossa indústria. É minha fervorosa esperança que possamos rapidamente encontrar soluções para os problemas que nos afastaram nos últimos meses, e estou pessoalmente comprometido em trabalhar para alcançar esse resultado,” afirmou Iger.

Anteriormente, o CEO havia expressado sua preocupação com as greves em Hollywood, considerando os desafios que a indústria do entretenimento ainda enfrenta devido à recuperação da pandemia de COVID-19.

“É muito perturbador para mim. Falamos sobre forças disruptivas neste negócio e todos os desafios que estamos enfrentando, a recuperação do COVID que está em andamento, não está completamente de volta. Esse é o pior momento do mundo para aumentar essa disrupção”, afirmou Iger.

“Nós entendemos o desejo de qualquer organização trabalhista de trabalhar em nome de seus membros para obter o máximo de remuneração e ser compensada de forma justa com base no valor que entregam. Conseguimos, como indústria, negociar um acordo muito bom com o sindicato de diretores, que reflete o valor de sua contribuição para esse grande negócio. Queríamos fazer a mesma coisa com os roteiristas, e gostaríamos de fazer a mesma coisa com os atores”, acrescentou.

“Há um nível de expectativa que eles têm, que não é realista. E estão somando ao conjunto de desafios que esse negócio já enfrenta. Francamente, é muito disruptivo”, concluiu o CEO.

Bob Iger recentemente estendeu seu contrato na Walt Disney Studios até 2026. Como parte de seu acordo, ele recebe um salário mensal de US$ 1 milhão, além de um “prêmio anual” de US$ 25 milhões e outras bonificações.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS