Acreditamos que justamente pela cena fazer menção ao fim da produção, ela tenha sido retirada do corte final de ‘Perdido em Marte‘.

Na sequência,  Mark Watney (Matt Damon) comenta sobre o trabalho de todos na NASA, sem perder o humor. Watney também mexe em um equipamento que o preferido de Martinez (Michael Peña). E em um dos momentos, ele, sem querer, prevê que dará aulas no futuro.

Para quem conferiu a produção, já deu para entender bem a tal referência.

Então, vamos conferir o vídeo completo:

‘Vai Que Cola – O Filme’ supera ‘Perdido em Marte’ nas bilheterias nacionais

Matt Damon passa por intenso treinamento em clipe de ‘Perdido em Marte’

A imprensa americana e europeia relatam que tanto a direção de Scott quanto a atuação de Matt Damon merecem ser levadas ao Oscar 2016 com louvor. Os efeitos visuais, o 3D e o roteiro adaptado também foram extremamente elogiados. O Hollywood Reporter, por exemplo, chega a citar que o uso da tecnologia 3D realmente funciona como parte fundamental da narrativa e passa a integrar o seleto grupo de produções que fizeram história junto a esse elemento.

Aproveite para assistir:

Vale lembrar que o cinema mundial tem como principais exemplos de melhor uso do 3D os longas: ‘Avatar, de James Cameron; ‘Gravidade‘, de Alfonso Cuarón; ‘As Aventuras de Pi‘, de Ang Lee; ‘A Invenção de Hugo Cabret‘, de Martin Scorsese e, agora, ‘Perdido em Marte‘, de Ridley Scott.

 

 

Comentários