quinta-feira, junho 13, 2024

DELICIOSA! Primeira novela de comédia romântica da Netflix surpreende e se torna a MAIS VISTA do streaming

Nós, brasileiros, a-do-ra-mos uma novela. São gerações e gerações que cresceram vendo e ouvindo novelas, fosse nas rádios, fosse na TV aberta. Gostamos daquelas mais dramatizadas, com personagens sofrendo ao ponto de fazer a cidade (ou o país) inteiro parar pra ver o que está acontecendo, mas também gostamos – e muito! – daquelas mais pastelão, com atuações teatrais e histórias tão clichês, mas tão clichês, que parecem ser as mesmas sempre. Nesse último quesito, os maiores destaques foram as clássicas novelas mexicanas, que, entre os anos 1980 e 2000, encantaram os espectadores brasileiros com protagonistas mulheres fortes e vingativas. E como ainda somos bastante fãs desse tipo de entretenimento, não é à toa que produções similares façam sucesso hoje em dia, como tem ocorrido com ‘Até Que o Dinheiro nos Separe’, novela colombiana que desde sua estreia figura no Top 10 de séries da Netflix.

Alejandra Maldonado (Carmen Villalobos) é uma mulher de negócios extremamente bem-sucedida. Gerente de vendas de uma empresa de automóveis, sua vida é trabalhar, trabalhar e trabalhar, pois quanto mais vende, mais comissão ganha, e, consequentemente, consegue manter seu padrão de vida luxuoso. Razão pela qual ela encoraja sua equipe a vender cada vez mais. Como está prestes a se casar com Luciano Velenzuela (Gregorio Pernía), Alejandra, que nunca teve um negócio mal feito, aposta todas as suas fichas na venda de 20 caminhões para uma companhia, fechando um grande negócio para sua firma. Porém, a caminho da assinatura do termo de compromisso, ela sofre um acidente ao bater seu carro com o de Rafael (Sebastian Martínez), um endividado vendedor de artigos falsos e de procedência duvidosa, que, mesmo precisando fazer uma entrega de bebidas a um amigo para receber uma grana para pagar a mensalidade da faculdade da irmã, Mileninha (Stephania Duque), deixa tudo de lado para salvar a vida de Alejandra e levá-la ao hospital. Porém, para não admitir a culpa do acidente, Rafael finge ser marido da vítima, e a confusão está armada quando Luciano, o verdadeiro noivo da moça, aparece no hospital.

Dividido em 85 episódios com cerca de uma hora de duração (o que daria, na prática, uma novela de quatro meses e meio de duração mais ou menos), ‘Até Que o Dinheiro nos Separe’ mistura personagens e núcleos bem caricatos para construir o embate entre universo rico versus universo pobre, e mostrar o que há de bom em cada um deles de modo a levar os protagonistas para fora de suas bolhas. Se por um lado Rafael tem um quê de Lin-Manuel Miranda em ‘Em Um Bairro em Nova York’ (o simpático vendedor amigo de todos), bastante comum nos núcleos populares das novelas globais, por outro temos a Alejandra meio Elon Musk, com olhos focados no dinheiro mas, no fundo, uma boba inocente crente no amor. Da química entre os dois é que sai as melhores sacadas do roteiro de Andrés Burgo.

Ainda que demore a engrenar, a novelinha de comédia romântica tem seus pontos altos e garante boas gargalhadas para quem apenas quer ver algo leve e se entreter depois de um dia pesado de trabalho ou de estudos. Tipo de programa pra ir vendo aos poucos, sem necessidade de maratonar, que propõe diversão com chuva de clichês, às quais crescemos acostumados a consumir nos horários nobre da TV.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS