sábado, fevereiro 24, 2024

Dica do fim de semana | Filmes para todos os gostos no Disney+

Nos últimos anos, o Disney+ tem chamado atenção por suas produções originais, geralmente relacionadas aos universos da Marvel e Star Wars. No entanto, a plataforma vai bem além dessas séries, abrigando um acervo vasto da Disney e da Fox, com filmes dos mais diversos gêneros.

Neste fim de semana, o CinePOP escolheu cinco filmes, sendo dois lançamentos, que vão garantir um bom entretenimento para quem for assisti-los. E como indica o título, os gêneros são variados, então certamente algum vai te agradar. Confira!

Elementos

Lançado pela Pixar sob alguns protestos mais exaltados por conta de um trailer bem mais ou menos, Elementos é uma excelente surpresa para os fãs de animações. Ambientado em um mundo em que os quatro elementos compõe a sociedade, o filme acompanha a história de uma jovem de fogo que cresceu em uma cidade de costumes completamente diferentes dos seus. Certo dia, durante uma liquidação na loja de seus pais, um fiscal feito de água acaba cruzando seu caminho e apontando irregularidades. Agora, ela vai atrás dele para tentar convencê-lo a não fechar a principal fonte de renda da sua família, mesmo que isso a leve em uma aventura por uma sociedade que não a vê com bons olhos.

 

Logan

O último filme do Wolverine no extinto universo da Fox é uma das obras mais celebradas desse mundo dos super-heróis. A história é abordada de forma dramática, ambientada em um futuro pós-apocalíptico para os mutantes, que foram dizimados em uma terrível guerra. Os que sobraram se esconderam ou passaram a ser utilizados como armas por humanos. Nesse contexto, o Wolverine e o Professor Xavier passaram a levar uma vida mais simples, com o Carcaju trabalhando como motorista para pagar as contas. Porém, quando uma garotinha surge com poderes iguais aos de Logan, eles vão partir em uma viagem alucinante para tentar protegê-la dos vilões que a querem para usar como instrumento de guerra. É um filme cheio de ação, violência explícita e personagens incríveis.

Perdida

Não deixe de assistir:

Adaptando um livro homônimo, Perdida é uma produção original do Star+ que foi lançada nos cinemas, mas não ficou tanto tempo em cartaz por conta do fenômeno Barbenheimer. Esta comédia romântica nacional conta a história de uma jovem desacreditada no amor que está tentando fazer seu chefe republicar as obras de Jane Austen com uma estética retrô. Porém, após um dia cheio de problemas, em que termina esculachada em diversos aspectos da vida, ela cruza o caminho com uma criatura mágica que a leva em uma viagem no tempo para uma época digna das obras literárias das quais ela é fã. Neste novo velho mundo, ela vai tentar encontrar uma forma de voltar para o presente, enquanto faz novas amizades e vive uma história de amor.

O Rei do Show

Sim, a lista deste fim de semana está trazendo uma dobradinha de Hugh Jackman, porque o ano de 2017 foi uma benção para sua já bem sucedida carreira. Em O Rei do Show, Jackman interpreta o showman P.T. Barnum, famoso por ter criado o formato de circo que se popularizou no mundo inteiro. Conduzido como um musical, o longa conta desde a infância do rapaz, passando por seus principais trambiques até chegar a sua ascensão com o circo e sua relação controversa com pessoas excluídas da sociedade. É uma produção claramente Pop que impressiona pela estética colorida e pela trilha sonora viciante. Sério, é um dos musicais mais divertidos e interessantes da última década.

Rainha de Katwe

Esse drama biográfico passou batido pelo Brasil, mesmo sendo um filmaço. Antes do Gâmbito da Rainha trazer o xadrez para os holofotes, Rainha do Katwe já trazia a modalidade como tema central de uma grande produção. Vendido com apoio na imagem de Lupita Nyong’o, o longa conta a história real de Phiona Mutesi, uma menina que nasceu e cresceu em Katwe, a maior comunidade da capital de Uganda, e em meio a fatores adversos, como a perda do pai pelo vírus da Aids e a pobreza extrema, encontrou no esporte uma chance de mudar de vida. Após largar a escola por falta de dinheiro, ela passou a procurar comida nas ruas, mas acabou encontrando o xadrez. Assim, com um desempenho extraordinário para sua idade nos tabuleiros, ela vai contrariar as estatísticas para mostrar ao mundo o valor de um sonho e sua determinação.

Mais notícias...

Pedro Sobreirohttp://cinepop.com.br/
Jornalista apaixonado por entretenimento, com passagens por sites, revistas e emissoras como repórter, crítico e produtor.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS