domingo, maio 26, 2024

Diretor afirma que ‘Twister’ é um filme que “não pode ser REFEITO”

Jan de Bont, diretor do filme ‘Twister’, expressou sua crença de que uma sequência do filme não poderia ser realizada da mesma forma que nos anos 90, devido às complexidades dos efeitos práticos e à evolução tecnológica.

Em uma entrevista à Inverse, Bont destacou que os efeitos práticos utilizados na produção original seriam praticamente impossíveis de replicar nos dias de hoje, não apenas devido ao avanço tecnológico, mas também por questões de custo e segurança.

“Quando as coisas caíam do céu, eram objetos reais caindo de um helicóptero. Se filmássemos um carro fugindo de um tornado em meio a uma tempestade de granizo, era gelo real caindo em nossa direção. É um filme que não poderia ser refeito… Isso nunca mais aconteceria”, afirmou Bont.

Vale ressaltar que uma sequência do filme clássico, intitulada ‘Twisters‘, está em produção, mas atualmente em pausa pela greve dos atores de Hollywood.

O elenco terá Daisy Edgar-Jones (‘Normal People’), Glenn Powell (‘Top Gun: Maverick’), Brandon Perea (‘Não! Não Olhe!’) e Anthony Ramos no elenco.

Há alguns dias, foi revelado que Jones será uma ex-caçadora de tempestades que, depois de sobreviver a um encontro desastroso com um tornado, agora trabalha como escriturária. No entanto, ela será forçada a retomar suas atividades no ofício anterior.

A nova história não é uma continuação nem planeja trazer de volta personagens antigos. O estúdio está descrevendo o longa como um ‘novo capítulo’.

A estreia está agendada para 19 de julho de 2024.

Lee Isaac Chung, cineasta conhecido pelo filme ganhador do Oscar, ‘Minari‘, vai dirigir.

O roteiro será escrito por Mark L. Smith e Frank Marshall (‘Jurassic World: Domínio’) servirá como produtor da sequência.

Não deixe de assistir:

O filme original girou em torno de Bill e Jo Harding (Bill PaxtonHelen Hunt), caçadores de tempestades que precisam se unir para criar um sistema de alerta avançado ao se colocarem no caminho de tornados extremamente violentos.

Sucesso nos cinemas, o longa se tornou a segunda maior bilheteria de 1996, arrecadando quase US$500 milhões a partir de um orçamento de US$92 milhões. Apesar do sucesso financeiro, teve recepção mista por parte da crítica.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS