terça-feira, maio 28, 2024

Fallout | Aguardada série da Prime Video não será uma adaptação, mas sim uma continuação dos games

Fallout promete ser uma das grandes estreias da Prime Video para o primeiro semestre de 2024, expandindo o amado universo da franquia de games para um novo formato, sob uma nova ótica. Co-criada por Geneva Robertson-Dworet e Graham Wagner e desenvolvida pela dupla Lisa Joy e Jonathan Nolan (Westworld), a vindoura original do streaming transporta a audiência para um futuro pós-apocalíptico assombroso, onde devastação, desigualdade e instinto de sobrevivência se digladiam em um cenário caótico.

E segundo Wagner, a nova série não será tanto uma adaptação em si, mas sim uma continuação dos games. Durante uma coletiva de imprensa fechada, da qual o CinePOP participou, o criador revelou detalhes da proposta de Fallout, salientando a importância de tornar o projeto uma nova obra em cima de todo o universo já pré-estabelecido pelos jogos anteriores.

“A trama é ambientada no mundo de Fallout, mas é uma nova história que surge, mais ou menos, depois dos eventos que já vimos. Então a série é realmente construída com base em 25 anos de criatividade, ideias e construção. E pensamos que a melhor coisa a fazer seria continuar com isso, ao vez de recauchutar tudo. Porque foi isso que funcionou com Fallout ao longo dos anos. Ele trocou de mãos, mudou, foi alterado e é uma coisa viva. E sim, nós meio que sentimos que deveríamos tentar construir uma nova peça em cima de tudo isso”.

Geneva foi ainda mais além e refletiu sobre a abordagem narrativa de Fallout, que se alicerça em temas geopolíticos reais e vigentes. Na ocasião, ela ponderou sobre como o background de ambos os criadores impactou indiretamente na visão artística do roteiro:

“Os temas de Fallout também foram o que realmente nos levou a querer adaptar isso com o Jonathan [Nolan], e ficamos especialmente atraídos pelo comentário social inerente à ideia desses cofres. Graham é canadense e eu tenho dupla cidadania dos EUA e da Nova Zelândia, e muitas vezes falamos sobre como esses países são celebrados como essas utopias maravilhosas e pacíficas. E pensamos: ‘e se todos fossem pra lá?’ E a verdade é que nem todo lugar é como esses países. Mas o que significaria se esses países abrissem as suas fronteiras e deixassem todos entrar, para que pudessem ter uma vida melhor? Bem, eles mudariam, certo? Eles não seriam iguais. Então, víamos os cofres basicamente como um espelho disso, essa ideia de ‘e se criarmos um cofre que seja muito pacífico e maravilhoso?’ Mas o que significa se nem todos conseguirem viver lá e as pessoas do lado de fora sofrerem?”

E essa abordagem mais densa, complexa e autêntica – que se vincula à temáticas realistas, é um dos principais aspectos que atraiu Todd Howard, chefe da Bethesda Softworks, empresa dona da franquia Fallout desde 2008. Ao longo da coletiva de imprensa, o executivo compartilhou seu entusiasmo com o projeto, ponderando sobre o cuidado que a equipe de criação da série teve com os principais detalhes desse vasto universo.

“A autenticidade que eles trouxeram… foi obsessiva. Gostamos de dizer que fazemos jogos obcecados por cada pixel. E Jonathan e sua equipe ficaram obcecados por cada pixel de cada quadro, apenas para tornar a série autêntica. E ao assistir ao trailer você percebe que o truque de Fallout é que ela tem muitos tons diferentes. Vai para o sério, para o dramático, para a ação e um pouco para o humor, com umamúsica nostálgica e outras vezes mais dramática. E eu acho que o trailer mostra o que a série faz muito bem, que é tecer esses elementos diferentes em uma mistura única que só Fallout pode trazer. E eles fizeram um trabalho incrível”.

Não deixe de assistir:

E com o compromisso de respeitar a visão criativa original da franquia, Nolan e Joy se dedicaram em acertar os principais detalhes dos games. Para o diretor, acertar o visual da armadura e o ritmo narrativo foram duas das etapas mais cruciais do processo de desenvolvimento de Fallout:

“Conversamos muito sobre a Armadura Potente e o tom da série também foi uma grande coisa. Creio que esse último tenha sido o mais desafiador e mais intimidante para mim. Mas trabalhando com Geneva e Graham, nós sabíamos que estaríamos em um lugar muito bom com essa história incrivelmente ambiciosa. Em um nível técnico, o escopo do mundo e a armadura foram, em particular, uma daquelas coisas que você pensa: ‘ah, como vamos executar isso?’ Mas conseguimos chegar lá”, concluiu.

Lembrando que a série estreia no dia 12 de abril na Prime Video, com todos os seus episódios.

Confira o trailer, junto aos cartazes promocionais:

O elenco conta com Ella Purnell (‘Yellowjackets’), Walton Goggins (‘Os Oito Odiados’), Xelia Mendes-JonesAaron MotenKyla MacLachlan (‘Twin Peaks’).

Jonathan Nolan, co-criador de ‘Westworld‘, será responsável pela série. Ele também irá dirigir o primeiro episódio da produção, cujas filmagens devem começar ainda em 2022.

Geneva Robertson-Dworet (‘Tomb Raider’) e Graham Wagner (‘Silicon Valley’) servirão como showrunners da adaptação.

Além disso, Nolan também será produtor executivo do projeto ao lado de Lisa JoyAthena Wickham, Todd HowardJames Altman.

A trama dos jogos se passa em uma realidade alternativa durante o século XXII, nos EUA, após uma guerra nuclear. Os sobreviventes da guerra vivem em abrigos subterrâneos conhecidos como Cofres. A franquia é conhecida pelo seu estilo futurista, humor negro e violência extrema.

Lançado em 1997, a primeira iteração teve aclame universal por parte da crítica especializada. O sucesso de público rendeu outras três sequências, bem como cinco games derivados.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS