sábado, abril 20, 2024

Freddie Prinze Jr. foi MALTRATADO no set de ‘Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado’

Lançado em 1997, ‘Eu sei o que vocês fizeram no verão passado‘ foi um tremendo sucesso ao trazer Jennifer Love Hewitt, Sarah Michelle Gellar, Ryan Phillippe e Freddie Prinze Jr. como um grupo de jovens envolvidos em um assassinato.

Escrito por Kevin Williamson (‘Pânico’) e dirigido por Jim Gillespie (‘Sequestro na Ilha’), o filme acompanha a vida do grupo depois que atropelam um desconhecido por acidente e decidem jogar seu corpo no mar para se livrarem das consequências.

Um ano depois, eles se reencontram na mesma cidade e uma das jovens recebe um bilhete dizendo: “eu sei o que vocês fizeram no verão passado”. A partir daí, um por um começa a pagar caro pelo que fez.

O longa foi uma catapulta para a carreira do grupo, que até então eram adolescentes desconhecidos.

No entanto, Prinze Jr. disse que quase desistiu não só do filme, mas também da dramaturgia, depois de enfrentar desentendimentos com o diretor.

Em um episódio de seu podcast, That Was Pretty Scary (via THR), o ator alegou que as pessoas que trabalhavam no filme haviam “quebrado uma tonelada de direitos sindicais” e estava pronto para abandonar o set porque ele já “não era desejado” por lá.

Ao longo da conversa, ele disse que, embora sua escalação tenha sido apoiada por Williamson e pelo estúdio, Gillespie supostamente não se dava bem com ele – em parte porque queria um grande ator dos anos 90 para interpretar Ray Bronson, o interesse amoroso da personagem de Hewitt.

“Não é que não estivéssemos na mesma página, eu sabia quais eram as escolhas corretas para o personagem Ray. Ele queria um ator diferente, um ator realmente bom chamado Jeremy Sisto, que eu conheço, gosto e respeito muito, muito mesmo”, disse Prinze Jr., acrescentando que Gillespie “não escondeu” seus sentimentos. “Não houve agressividade passiva – o que eu odeio – ele foi muito direto, tipo: ‘não quero você neste filme’.”

Em 2017, Gillespie disse ao Digital Spy que ‘ninguém’ queria Prinze Jr. no papel porque “achavam que ele era muito magro, ele não era musculoso o suficiente para brigar com um assassino, lembro que fizeram testes com ele umas quatro ou cinco vezes. Ele chegou ao ponto em que estava dizendo: ‘Acabei’, e eu realmente tive que implorar para ele continuar gravando porque eu de fato queria ele no papel, mas ele era preguiçoso. Eu pensei que ele ficaria ótimo. Então ele foi para a academia, se exercitou, mudou sua dieta e cortou o cabelo. Eu mantive minhas escolhas e, eventualmente, todos o aceitaram.” 

Não deixe de assistir:

Embora Gillespie tenha afirmado que queria trabalhar com Prinze Jr., o ator disse que não se sentia querido nos bastidores, descrevendo a experiência como algo que o destruiu por dentro.

“Tenho certeza que ele é um herói na história de outra pessoa. Tenho certeza que ele ajudou alguém e eles o amam. Mas, no meu caso, acho que ele descontou muita frustração em mim. Ele foi um diretor estreante; ele não tinha muito tempo; ele não tinha o orçamento que queria; ele não tinha o ator que queria e não sabia como lidar com aquela frustração.”

Embora a experiência tenha sido difícil, Prinze Jr. disse que tudo isso o preparou para lidar com outras personalidades de Hollywood e abriu um mundo de oportunidades.

“Esse filme lançou toda a minha carreira. Eu não teria nada do que tenho sem esse filme. Eu não teria minha esposa, eu não teria todos os outros filmes que fiz. Eu não teria este podcast…”

No mês passado, foi revelado que um reboot/sequência do filme está em desenvolvimento pela Sony Pictures, e que Prinze Jr. e Hewitt estavam em negociações para retornar.

Porém, Prinze desmentiu que ele já recebeu um convite para o revival.

“Vou ser honesto com você, acho que a notícia vazou e eles estavam apenas tentando deixar as pessoas empolgadas com o filme. Não me ofereceram nada. Eles apenas disseram isso para deixar as pessoas animadas. Não falei com ninguém na Sony, meus agentes não receberam nenhuma oferta deles. Conversei com o diretor alguns dias depois que eles anunciaram isso, só para dizer: ‘Ei, que diabos ‘Por que eles estão dizendo que eu vou estar em um filme que eu provavelmente não vou estar?’ E ela disse, ‘Deixe-me apresentar-lhe a ideia.’ Então ela falou comigo sobre a ideia, mas eu não disse sim, não recebi uma oferta.”, revelou ao Too Fab .

Ele continuou: “Não tenho motivos para mentir para ninguém, não estou ligado ao filme. Só vou fazer coisas que gosto e trabalhar com pessoas de quem gosto e não haverá espaço para manipulação desta vez. Eu errei na primeira vez; desta vez eu só quero fazer coisas pelas quais sou apaixonado.”

Apesar de abater os rumores sobre ele estar definitivamente envolvido no projeto, ele expressou o que gostaria de ver a franquia explorar.

“Eu não li um roteiro, mas gostaria de ver … definitivamente baseado na realidade, não acho que precisamos de nada sobrenatural. Não gostaria de ver alguém voltar à vida, não assim”, expressou o ator. “Espero que eles encontrem uma história orgânica e baseie tudo na realidade. O legal de Eu sei o que você fez no verão passado é que você tem quatro pessoas se sentindo muito diferentes sobre um evento horrível. Você sentia raiva de Ryan [Phillippe], você tinha culpa de [Jennifer] Love [Hewitt], você tinha medo de Sarah [Michelle Gellar] e arrependimento de mim, e isso era tudo louros do [escritor] Kevin Williamson.”, ele afirmou. 

Eu Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado‘ faturou US$ 125 milhões pelo mundo e teve uma continuação em 1998, ‘Eu Ainda Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado‘. Um terceiro filme, ‘Eu Sempre Vou Saber o Que Vocês Fizeram no Verão Passado‘, foi lançado diretamente em home vídeo em 2006.

Relembre o trailer do original:

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS