Grandes colaborações musicais femininas que DEFINIRAM o século!

Está na hora de celebrar o girl power!

As mulheres não apenas dominam o mundo da música (assim como todos os outros), como também frequentemente se unem para se renderem a canções memoráveis, dançantes, envolventes e emocionantes. Desde a chocante entrega de Madonna e Britney Spears até a revolucionária performance de Lady Gaga e Beyoncé, são várias as produções colaborativas que nos tiraram o fôlego e que, até hoje, permanecem no imaginário popular.

Em celebração a essas sinérgicas músicas, separamos uma lista com grandes colaborações femininas que definiram o século (até agora, obviamente).

Confira nossas escolhas abaixo e conte para nós qual a sua favorita:

“LADY MARMALADE”, 2001

Artistas: Christina Aguilera, Mýa, Pink, Lil’ Kim

Sensual, impecável e sexualmente sugestivo, a regravação de “Lady Marmalade” para o filme ‘Moulin Rouge’ trouxe as poderosas vozes de Christina Aguilera, Mýa, Lil’ Kim e Pink em uma performance de tirar o fôlego. Como se não bastasse, o grupo foi guiado pela produção sempre irretocável da lendária Missy Elliott e alcançou o topo da Billboard por cinco semanas seguidas – além de ter ganhado um prêmio do Grammy e dois do VMA.

“ME AGAINST THE MUSIC”, 2003

Artistas: Britney Spears, Madonna

Não deixe de assistir:

O que acontece quando a rainha e a princesa do pop se unem? Mágica. Em 2003, Britney Spears e Madonna uniram forças para dar vida ao dance-club “Me Against the Music”, single principal do álbum ‘In the Zone’. Apesar de não ter feito um estrondo comercial e crítico, é inegável dizer que as duas artistas demonstravam o auge de seu poder com a música – e com um videoclipe recheado de coreografias aplaudíveis.

“RICH GIRL”, 2004

Artistas: Gwen Stefani, Eve

Gwen Stefani e Eve também investiram em uma regravação com “Rich Girl”, faixa do álbum ‘Love. Angel. Music. Baby.’ que misturou estilos como reggae, R&B e pop. Falando sobre sonhos e ambições, o sucesso comercial da canção a colocou no Top 10 de diversas paradas mundiais, além de ter lhe conferido uma indicação de Melhor Colaboração Rap no Grammy.

“BEAUTIFUL LIAR”, 2007

Artistas: Beyoncé, Shakira

Beyoncé e Shakira imprimiram cada qual seus estilos próprios em uma exuberante e sensual canção que ficou conhecida como “Beautiful Liar”. Indicada ao Grammy na categoria de Melhor Colaboração e ao Grammy Latino de Música do Ano, a track fez parte do álbum ‘B’Day’ e foi um sucesso tanto de vendas quanto de crítica.

“TELEPHONE”, 2010

Artistas: Lady Gaga, Beyoncé

Os titãs da música Lady Gaga e Beyoncé pararam o mundo em 2010 quando lançaram a colaboração “Telephone”, uma das canções mais conhecidas e premiadas de todos os tempos que integrou o EP ‘The Fame Monster’. Com uma dançante construção sonora e um videoclipe recheado de referências, a canção foi nomeada ao Grammy e a três categorias do VMA (ganhando a estatueta de Melhor Colaboração).

“FANCY”, 2014

Artistas: Iggy Azalea, Charli XCX

Em 2014, a rapper australiana Iggy Azalea e o proeminente rosto da PC music Charli XCX não eram tão conhecidas mundialmente – mas, assim que se juntaram para a borbulhante e minimalista “Fancy”, logo ascenderam à fama de modo espetacular, faturando até mesmo uma indicação ao Grammy. Misturando as incursões mais viciantes do pop e do rap, a dupla protagonizou um videoclipe incrível que fez homenagem ao clássico ‘As Patricinhas de Beverly Hills’.

“BANG BANG”, 2014

Artistas: Jessie J, Ariana Grande, Nicki Minaj

Integrada a nada menos que dois álbuns (‘Sweet Talker’ e ‘My Everything’), é muito difícil encontrar alguém que nunca tenha ouvido ou dançado “Bang Bang” em alguma balada. A parceria entre Jessie J, Ariana Grande e Nicki Minaj foi um dos destaques de 2014, alcançado o terceiro lugar da Billboard e sendo indicada ao Grammy de Melhor Colaboração.

“CAN’T REMEMBER TO FORGET YOU”, 2014

Artistas: Shakira, Rihanna

Shakira e Rihanna mergulharam de cabeça no new wave e no pop­-rock com o massivo sucesso “Can’t Remember to Forget You”. A música, acompanhada de um videoclipe marcado por visuais estonteantes e coreografias incríveis, fala sobre a necessidade de esquecer alguém que lhe fez mal, apesar de amá-lo. Apesar das críticas mistas, o dueto fez um barulho comercial considerável.

“GIRLS”, 2018

Artistas: Rita Ora, Cardi B, Bebe Rexha, Charli XCX

Este grupo, de fato, uniu-se em uma colaboração completamente fora da ortodoxia musical – ainda bem. Trazendo as tendências contemporâneas de quatro grandes artistas, “Girls” foi uma rendição pop com influências do hip hop que explorou temas da atração pelo mesmo sexo e causou certas controvérsias por membros da comunidade LGBTQ+. Rita Ora, eventualmente, falou que a canção fazia parte de sua própria experiência de vida e que representava sua vivência.

“RAIN ON ME”, 2020

Artistas: Lady Gaga, Ariana Grande

Uma das colaborações femininas mais icônicas do século veio em 2020: Lady Gaga e Ariana Grande fizeram história e quebraram vários recordes ao firmarem parceria para o house-pop de “Rain On Me”. Abrindo-se sobre traumas passados em uma lírica dançante e envolvente, a canção entrou para a lista das melhores do ano e levou para casa o Grammy de Melhor Performance Pop Duo/Grupo, tornando-se a primeira parceria feminina a conquistar o feito. Como se não bastasse, ela também foi a primeira colaboração entre mulheres a debutar em primeiro lugar na Billboard.

“WAP”

Artistas: Cardi B, Megan Thee Stallion

Cardi B e Megan Thee Stallion trouxeram toda a química e a sensualidade possíveis para a amálgama perfeita entre o dirty rap e o hip hop de “WAP”, uma das maiores colaborações do ano. Através de versos pungentes e bastante explícitos, a canção ganha os nossos corações (e as nossas playlists) principalmente por suas mensagens em acordo com o movimento sexo-positivo e a exaltação do corpo feminino.

“KISS ME MORE”

Artistas: Doja Cat, SZA

Doja Cat provou ser uma powerhouse completa com sua estreia no mundo da música, bem como sua participação na trilha sonora de ‘Aves de Rapina’ – e, com o lançamento do disco ‘Planet Her’, mostrou que não tem medo de se arriscar. O lead single “Kiss Me More” resume toda a estética promovida pela artista e, performando ao lado de SZA, gerou uma canção nostálgica, original e guiada pelos melhores elementos do R&B, do pop e do dance-pop (além de prestar homenagem à lendária Olivia Newton-John).

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS