sexta-feira, maio 24, 2024

Homem-Aranha (2002) Completa 22 Anos | Conheça as Atrizes que QUASE Viveram Mary Jane no Filme, incluindo Kate Hudson

O primeiro Homem-Aranha, dirigido por Sam Raimi, bateu inúmeros recordes de bilheteria em seu lançamento. Foi, por exemplo, na época o filme que mais arrecadou em seu primeiro fim de semana de estreia – com quase US$50 milhões em cofre.

Foi também o primeiro filme a atingir a marca de US$100 milhões de forma mais rápida.

Como forma de comemorar esse aniversário mais que especial de uma das mais queridas superproduções do cinema, seguimos para uma nova matéria nesta série (as demais você pode conferir abaixo). Dessa vez, iremos focar na mocinha da história, afinal o que seria de um herói sem uma grande paixão e uma grande mulher para motivá-lo.

Interpretada pela talentosa jovem atriz indicada ao Oscar, Kirsten Dunst, Mary Jane Watson foi o grande amor da vida do protagonista na trilogia original do personagem – e ainda segundo muitos, os melhores filmes com o herói. Justamente por isso, faltou a cereja do bolo em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa com a presença da atriz. Bem, ela já expressou publicamente seu desejo de reprisar Mary Jane agora no MCU.

Enquanto isso não acontece, ficamos com uma lista das atrizes que quase viveram a personagem no filme original lá de 2002. Confira.

Leia também: Homem-Aranha (2002) faz 22 Anos | Conheça as Diferentes Versões do Filme que QUASE Aconteceram, incluindo a de James Cameron

Elisha Cuthbert

A loirinha Elisha Cuthbert marcou o início dos anos 2000, e começou bem novinha a trabalhar na TV – no seriado Clube do Terror (1996-2000). Depois disso, viveria seu trabalho mais marcante, também na TV, ao dar vida para a filha do onipresente Jack Bauer (Kieffer Sutherland), Kim Bauer, por 9 anos no seriado 24 Horas (2001-2010). Sem dúvida foi sua projeção no programa que fez os produtores considerarem Cuthbert para o papel de Mary Jane em Homem-Aranha. A atriz, no entanto, foi outra dentre tantas que ficaram pelo caminho, abrindo espaço para Kirsten Dunst. Cuthbert, por outro lado, seguiria para participar de filmes famosos no período, vide Dias Incríveis (2003), Simplesmente Amor (2003), Show de Vizinha (2004) e A Casa de Cera (2005).

 

Eliza Dushku

Não deixe de assistir:

Eliza Dushku começou a carreira ainda adolescente, ganhando destaque ao viver a filha de Arnold Schwarzenegger no blockbuster de ação True Lies (1994), dirigido por James Cameron. Depois disso, ganharia fama ao viver a caçadora de vampiros Faith em ambos os sucessos cult Buffy – A Caça-Vampiros (1998-2003) e seu derivado Angel (2000-2003). Foi justamente nesta época de grande visibilidade que a atriz também disputou o papel de Mary Jane em Homem-Aranha, realizando um teste que pode ser assistido como extra no DVD do filme. Curiosamente, dois anos antes do blockbuster citado, Dushku protagonizou a comédia adolescente Teenagers – As Apimentadas (Bring It On), lado a lado com a atriz que viria de fato a ficar com a vaga na superprodução: Kirsten Dunst. Ao não conseguir o papel, Dushku seguiu para filmes como o suspense O Último Suspeito (com Robert De Niro, Frances McDormand e James Franco) e o terror Pânico na Floresta.

Tara Reid

É triste perceber como a carreira de uma atriz promissora feito Tara Reid conseguiu sair completamente dos trilhos devido ao abuso de álcool e drogas. Justamente por isso, quem conhece tudo o que envolve a atriz hoje, nem acredita que ela foi considerada para viver Mary Jane em Homem-Aranha. E não apenas isso, mas assim como Kate Hudson, estava entre as finalistas para conseguir o papel. No fim dos anos 1990 e início de 2000, no entanto, Tara Reid era um dos nomes mais quentes e badalados de Hollywood, sendo considerada uma jovem estrela. No período, ela inclusive trabalhou com grandes nomes da indústria, vide os irmãos Coen (O Grande Lebowski, 1998) e Robert Altman (Dr. T e as Mulheres, 2000); além de participações em filmes de sucesso, vide Lenda Urbana (1998), Segundas Intenções (1999) e, é claro, os dois primeiros American Pie (1999 e 2001). Na mesma época, Reid também protagonizou uma adaptação de quadrinhos, com Josie e as Gatinhas (2001) – o que pode ter levado os produtores de Homem-Aranha a quase optarem por ela. No fim das contas, Reid não foi escolhida e partiu para estrelar comédias ao lado de Ryan Reynolds (O Dono da Festa, 2002) e Ashton Kutcher (A Filha do Chefe, 2003). Hoje, ela é mais conhecida pela infame franquia Sharknado, da qual participou de seis filmes até 2018.

Elizabeth Banks

Hoje, uma diretora de cinema estabelecida na indústria, tendo comandado produções como A Escolha Perfeita 2 (2015) e As Panteras (2019), Elizabeth Banks deve muito seu início de carreira como atriz à franquia Homem-Aranha. Sim, Banks faz parte do elenco do blockbuster da Marvel – e não apenas do primeiro, como de toda a trilogia original. Mas não no papel que originalmente visava. Ela foi mais uma que fez teste para viver Mary Jane no longa que completa 20 anos em 2022, mas terminou não conseguindo o papel. Porém, os produtores gostaram tanto dela, que resolveram escala-la em outra personagem, a qual parece ter caído como uma luva para a atriz. Trata-se de Betty Brant, a secretária gente boa do editor do jornal Clarim Diário, J. Jonah Jameson. Seu timing cômico é perfeito na personagem, roubando algumas das cenas em que aparece e desempenhando alguns dos momentos mais engraçados da trilogia.

Mena Suvari

Outra veterana da franquia American Pie, Mena Suvari foi mais uma jovem estrela da época que chegou a fazer teste para o papel de Mary Jane, ficando entre as finalistas para a personagem. A atriz teve o ano de 1999 como o divisor de águas em sua carreira, já que além do primeiro American Pie, estrelaria também o terror A Maldição de Carrie e, em especial, o vencedor do Oscar Beleza Americana, no qual tinha um papel importante para a trama. E sem dúvida foi devido a este último que os produtores do blockbuster da Marvel consideraram Suvari como uma das possíveis atrizes para a protagonista feminina. Depois disso, a carreira da jovem seguiu para filmes como O Otário (2000), Atraídas pelo Perigo (2001) e A Vingança do Mosqueteiro (2001). Atualmente, a Suvari anda meio sumida dos holofotes.

Alicia Witt

Outra jovem estrela do final dos anos 1990, Alicia Witt é a única ruiva verdadeira da lista e que não precisaria pintar os cabelos caso tivesse conseguido o papel de Mary Jane. O primeiro papel de Witt no cinema foi ainda bem menininha no clássico cult Duna (1984), de David Lynch. Depois disso, ficaria conhecida como a filha de Cybill Shepherd no seriado Cybill, criado por Chuck Lorre (Two and a Half Men e Big Bang Theory) – que ficou no ar de 1995 a 1998. No mesmo ano do fim do programa, Alicia Witt estrelaria como a protagonista Natalie no terror Lenda Urbana. No início de 2000 faria participações em séries de sucesso, vide Família Soprano e Ally MacBeal; além de uma participação em Vanilla Sky, com Tom Cruise. Recentemente, fez participação na série da CW Stargirl.

Kate Hudson

Começamos a lista com a que era a favorita para o papel da ruivinha Mary Jane no primeiro filme do maior super-herói da Marvel. Hoje um pouco sumida dos holofotes, Kate Hudson estava no auge de sua carreira quando quase foi escalada para viver a protagonista feminina em Homem-Aranha. Acontece que a filha de Goldie Hawn havia acabado de receber sua indicação ao Oscar pelo que ainda é considerado por muitos o seu melhor filme e melhor desempenho como atriz: Quase Famosos (2000). Sendo assim, obviamente, os produtores do blockbuster estavam atrás dela feito loucos para conseguir coloca-la em seu filme. No entanto, o gênero dos super-heróis no cinema não era o que é hoje, e talvez a jovem atriz não tenha sentido confiança no projeto. Assim, ela recusou o papel de Mary Jane e optou por seguir para outra produção. Essa em questão sendo o drama épico de guerra As Quatro Plumas, produção da Paramount em parceria com a Miramax. Hudson tinha esperança de sair do filme com uma nova indicação ao Oscar – já que a obra tem toda a cara de prêmios -, mas terminou se tornando um fracasso de crítica e bilheteria. Aliás, As Quatro Plumas e Homem-Aranha tem suas ligações, já que os três protagonistas do primeiro (Hudson, Heath Ledger e Wes Bentley) quase estiveram no blockbuster da Marvel/Sony.

Bônus: Drew Barrymore e Mais Metade de Hollywood

Como dito, o filme do Homem-Aranha foi um dos projetos que passou mais tempo em desenvolvimento em Hollywood. A ideia trocou diversas vezes de estúdios, de produtores, de diretores e de atores. Para se ter uma ideia, ainda na década de 1980, produtores lutavam com unhas e dentes para tirar o projeto do papel e dar vida ao herói nas telonas. Foi justamente nesta época, no fim dos anos 80, que um número realmente expressivo de atrizes era considerado para dar vida à Mary Jane no longa-metragem – que nunca veria a luz do dia por pelo menos duas décadas. Nesse longo período, nomes como Julia Roberts, Nicole Kidman, Neve Campbell, Jodie Foster, Phoebe Cates, Jennifer Connelly, Bridget Fonda, Jennifer Aniston, Uma Thurman, Winona Ryder, Christina Applegate, Cameron Diaz, Sarah Jessica Parker, entre outros, foram considerados. Além, é claro, de nossa eterna menininha de E.T., Drew Barrymore.

 

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS