Quero Matar Meu Chefe‘ (Horrible Bosses) foi um filme bastante divertido, mas a sequência foi um tédio só.

Em uma recente entrevista ao podcast de Marc Maron, o ator Jason Bateman (‘Hancock’) foi sincero e afirmou que o segundo filme foi… um lixo!

“Um monte de pessoas viram o primeiro, mas existem vários filmes que fizeram um monte de dinheiro e que ninguém está interessado em ver uma sequência. O primeiro foi engraçado, e fez uma boa bilheteria. O segundo foi um lixo, nas bilheterias também…”, afirmou.

Segundo o ator, o elenco aceitou a voltar pelo cachê.

“Foi um bom salário para todos. Todos bem pagos. Foi um brinde. A culpa da sequência é do público. Não vá assistir a um filme, a menos que você queria ver um segundo. Nós não temos disciplina em Hollywood”, brincou.

 



Bateman confirmou que o fracasso do segundo filme finalmente encerrou a franquia.

Quero Matar Meu Chefe‘ custou US$ 35 milhões e arrecadou US$ 209 milhões mundialmente, em 2011. A sequência foi lançada no último ano e fez apenas US$ 109 milhões mundialmente.

Cansados de terem que obedecer seus chefes, Nick, Dale e Kurt (Jason Bateman, Jason Sudeikis e Charlie Day) decidem criar o próprio negócio. Mas um investidor (Christoph Waltz) logo puxa o tapete debaixo deles. Desesperados e sem recursos legais, os três aspirantes a empreendedores criam um plano para sequestrar o filho do investidor (Chris Pine) para recuperar o controle de sua empresa.

queromatarmeuchefe2_6



Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva