quarta-feira, abril 24, 2024

Kylie Minogue apresenta um medley com seus grandes HITS no Brit Awards 2024

A lendária Kylie Minogue foi uma das grandes atrações do BRIT Awards 2024, em cuja cerimônia foi premiada com a estatueta de Ícone Global por seu constante impacto no cenário fonográfico.

A artista australiana apresentou um medley com alguns dos maiores hits de sua carreira, incluindo “Padam Padam” (premiado com o Grammy de Melhor Gravação Pop Dance), “Can’t Get You Out of My Head”“Love at First Sight”“All the Lovers”.

Assista:

Lembrando que seu último compilado de originais foi o aclamado ‘Tension’, disponível em todas as plataformas de streaming.

Relembre a tracklist oficial do álbum:

1. Padam Padam
2. Hold on to Now
3. Things We Do for Love
4. Tension
5. One More Time
6. You Still Get Me High
7. Hands
8. Green Light
9. Vegas High
10. 10 Out of 10 (com Oliver Heldens)
11. Story

A artista, que ganhou fama ainda nos anos 1980 e tornou-se uma das mais famosas e aclamadas performers dos últimos tempos, é mais conhecida por seu vibrante dance-pop chiclete.

Não deixe de assistir:

Vendendo mais de 80 milhões de discos ao redor do mundo, Minogue é a voz por traz de sucessos como “Get Outta My Way”“In Your Arms”“Can’t Get You Out Of My Head”. Em 2004, levou uma estatueta do Grammy de Melhor Gravação Dance por “Come Into My World”, um dos singles oficiais do aclamado ‘Fever’ (2001). Seus outros prêmios incluem quatro BRIT Awards e 17 ARIA Music Awards.

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS