Destaque

Morbius | O que esperar do filme de vampiro com Jared Leto da Sony/Marvel?

O trailer de Morbius chegou à internet e surpreendeu muita gente com um visual mais “dark”, que lembra bastante os filmes baseados em quadrinhos antes do início do MCU. Era uma época mais simples, em que os heróis eram tratados como nicho, então os diretores ousavam um pouquinho mais para tentar emplacar uma identidade cinematográfica aos personagens, sem necessariamente serem fieis aos quadrinhos. Houve exemplos bons, como a trilogia “Homem-Aranha” de Sam Raimi, e maus exemplos, como o Demolidor de Ben Affleck, que apostou em um visual mais gótico e acabou se perdendo na história.

Goste ou não, o filme solo do vilão Morbius, interpretado pelo ator-cantor Jared Leto, parece tentar resgatar esse estilo visual do início dos anos 2000 para criar sua própria marca. Um ponto interessante a ser destacado é a influência do MCU. Ano passado, a Sony e a Disney duelaram pelos direitos do Homem-Aranha nos cinemas. Depois de muitos debates virtuais e negociações adoidas dos executivos, os dois estúdios chegaram a um acordo e, ao que parece, os eventos do Universo Cinematográfico Marvel influenciarão nos filmes do “Aranhaverso” da Sony, mas Venom, Morbius e afins não devem influenciar os rumos do MCU. Isso porque, diferentemente dos filmes do MCU, Morbius já é anunciado como “uma parceria com a Marvel”.

Ainda nesse ponto, o longa deve funcionar na cronologia do MCU mais ou menos como o seriado Agentes da SHIELD. A trama é diretamente influenciada pelos acontecimentos dos filmes, mas funciona dentro de seu próprio universo sem ser citada nos cinemas. Morbius e a franquia Venom podem até chegar a integrar o MCU no futuro. Porém, por enquanto, devem ficar nessa relação de não serem parte importante das franquias chefiadas por Kevin Feige.

Além disso, o filme promete milhares de easter eggs do universo do Cabeça de Teia. Fotos de bastidores revelaram menções a personagens – como Silver Sable e Kraven, O Caçador – que devem aparecer nos cinemas mais adiante. Sem contar a passagem por um pôster do Homem-Aranha. Ao que tudo indica, as acusações feitas pelo jornalista J.J. Jameson (J.K. Simmons) ao final de Homem-Aranha: Longe de Casa (2019), culpando o Homem-Aranha (Tom Holland) pelo assassinato do Mysterio (Jake Gyllenhaal), surtiram efeito e a população não parece mais tão amiga assim do Amigão da Vizinhança. É provável que um pouco desse ódio dos novaiorquinos seja mostrado.

A origem do vampiro deve ser fiel às HQs, com o Doutor Michael Morbius (Jared Leto) tentando se curar de uma doença sanguínea e, como de costume, tudo dando errado e ele se transformando em um vampiro por meio da ciência. Jared Leto parece perfeito no papel e pode entregar uma grande atuação. E ver como o personagem vai se encaixar dentro do Aranhaverso é um atrativo a mais.

Por fim, o trailer termina com um gancho enorme para um futuro projeto promissor: o Sexteto Sinistro. Nos quadrinhos, o grupo se une para enfrentar o Homem-Aranha. Nesse universo apresentado, temos o Abutre (Michael Keaton), que aparece ao final do trailer, o Mysterio (Jake Gyllenhaal), o Venom (Tom Hardy) e o Escorpião (Michael Mando). Com a chegada do Morbius, ficaria faltando apenas um vilão para integrar o grupo.

Morbius chega aos cinemas em 19 de Março de 2021.

Ansiosos?