Segundo o site Deadline, o ator Ryan Reynolds já está trabalhando com a Disney no desenvolvimento do tão aguardado Deadpool 3. O ator, inclusive, teria participado de todas as reuniões com os possíveis roteiristas da terceira aventura da franquia e tudo aponta que as irmãs Wendy e Lizzie Molyneux, de Bob’s Burgers, são as favoritas para o cargo. A produção será a primeira do Mercenário Tagarela com a Disney e isso mexe bastante com os fãs, porque existe um medo de que a essência politicamente incorreta do personagem seja amenizada a partir de agora. Por isso, separamos alguns pontos que queremos muito ver em Deadpool 3. Confira!

 

Não rebootar a franquia



Iniciada na FOX, a franquia Deadpool se consolidou como uma das sagas para maiores de 18 anos de mais sucesso da história do cinema. Repletos de referências e piadinhas ao universo dos X-Men, os dois primeiros filmes foram muito marcantes. Agora sendo propriedade da Disney, espero que tudo o que aconteceu até aqui não seja apagado ou ignorado, mas continuado e expandido sob tutela da casa do Mickey.

Aproveite para assistir:



 

Fazer parte do MCU

Ok, ser um personagem Marvel e estar num filme produzido pela Disney parece indicar que as aventuras do Deadpool estão inseridas no Universo Cinematográfico Marvel. No entanto, como vocês devem lembrar, a Sony trava uma batalha de anos para dizer que Venom faz parte do MCU. E convenhamos, nada no filme indica isso. Pois bem, que a Disney insira Deadpool 3 na cronologia do MCU da forma mais divertida possível em vez de lançar o longa no selo Searchlight ou algo do tipo.

Bob



Nos quadrinhos, o melhor amigo – por assim dizer – do Deadpool é um agente da H.I.D.R.A. abobalhado, frustrado e com baixa autoestima chamado Bob. Ele faz uma ponta muito rápida no primeiro filme como um dos capangas genéricos do Francis (Ed Skrein), mas seria fantástico se ele aparecesse agora com o uniforme da H.I.D.R.A. e interagindo mais com o DP.

 

X-Force

Um dos principais motivos para não querer o reboot da franquia é justamente porque Deadpool 2 deixou um gancho maravilhoso para a adaptação da X-Force. O grupo divertido, diverso e de gênero neutro, como disse o próprio Deadpool, tem um potencial absurdo de desenvolvimento em tela e seria incrível ver isso no Universo Cinematográfico Marvel.



 

Não ser um filme SÓ de humor

Apesar de ser conhecida pelo humor sem noção e pelas piadas politicamente incorretas a cada segundo, a franquia Deadpool conseguiu fazer um desenvolvimento dramático muito interessante ao longo dos últimos quatro anos. Uma das preocupações com essa ida pra Disney é que ela transforme o filme em uma aventura de humor sem o mínimo de carga dramática, como fizeram com o Homem-Aranha, por exemplo.

 



Tirar sarro da chegada à Disney

Marcado por suas referências a diversos universos e quebras da quarte parede, o Deadpool simplesmente PRECISA tirar sarro da compra da FOX pela Disney e pelo monopólio do entretenimento que eles formaram. E o ideal seria que ele fizesse referências ou piadas pesadas, a nível de ter participação de algum personagem da casa, como o Pato Donald, ao melhor estilo Uma Cilada Para Roger Rabbit, ou algo do tipo. É a oportunidade perfeita para ele perder completamente a linha.

 



Interação com personagens e cenários do MCU

A graça de ter o Deadpool na Disney é poder explorar as interações com personagens e cenários dos outros filmes baseados em quadrinhos. Já pensou o Deadpool perdendo essa limitação de ter que atuar apenas em ambiente urbano e indo para o espaço? Confrontando um Celestial da espécie do Ego (Kurt Russell), assim como já aconteceu nas HQs? Comendo chimichangas na Torre Stark? Montando um Pégasus na Nova Asgard? O céu não é mais o limite.

 

Enfrentar o Treinador

O Treinador vai enfrentar a Viúva-Negra no filme solo dela que vai estrear em algum momento entre 2020 e 2021, assim esperamos. No entanto, ele é um dos vilões clássicos do Deadpool. Como o Treinador consegue replicar o estilo de luta do adversário e costuma se envolver em uns serviços bem podres – vilão também paga conta, né? -, seria incrível se eles pudessem se encontrar nas telonas em algum momento.


 

Mostrar o Deadpool em Vingadores: Ultimato

A cena dos portais em Vingadores: Ultimato foi o maior orgasmo nerd dos cinemas em 2019. Até Howard, o Pato apareceu para descer a porrada em ET do mal. Seria legal se o filme mostrasse um flashback do Deadpool inserido nesse contexto ou dele assistindo isso em algum jornal e se perguntando o motivo de não ter sido convidado? Pode ser até mesmo o pontapé inicial para uma adaptação do Deadpool tentando entrar para os Vingadores. Quem sabe?

 

Homem-Aranha

Podemos ser sinceros aqui? Acho que todo mundo vai ignorar as sugestões desse texto caso a Marvel decida juntar o Deadpool ao Homem-Aranha. Convenhamos, é o que todos querem. A relação dos dois nas HQs é maravilhosamente divertida, já que o Deadpool é praticamente apaixonado pelo Cabeça de Teia, que se esquiva sempre que possível de fazer parcerias com o DP porque, bem… Porque ele é um mala fedorento e que não cala a boca, além de ter tendências homicidas, claro. Ver a junção dessa malícia idiota com a quase pureza do Homem-Aranha de Tom Holland já seria o suficiente para abrir o sorriso de muita gente.

 

E você? O que gostaria de ver em Deadpool 3? Diga nos comentários!

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE