Sim, meus amigos. A COVID parou o mundo, e com os cinemas não seria diferente. Enquanto alguns países ensaiam um retorno às salas e às telonas – com Tenet, de Christopher Nolan, sendo o carro-chefe desta empreitada -, os grandes estúdios ainda planejam algumas (poucas) estreias para o fim de 2020. Levando em conta que nos encontramos no fim de agosto. A maioria, porém, já foi devidamente adiada para o próximo ano.

Pensando nisso, no “ano que não aconteceu”, visando 2021, 2022 e nosso amor por cinema, em especial os filmes de terror, o CinePOP resolve aqui em sua nova matéria colocar você a par dos próximos lançamentos de nosso gênero preferido. Vem com a gente saber o que estreia em quesito de terror nos próximos meses, e não esqueça de anotar no seu caderninho e comentar abaixo. Vem conhecer.

A Lenda de Candyman


O icônico vilão Candyman está programado para a estreia nos EUA em 2021, após ser adiado por conta do COVID-19. Este é um dos filmes de terror que mais nos deixa ansiosos e esperamos poder assisti-lo em breve – de preferência numa sala de cinema. Lançamento da Universal Pictures, trata-se de uma “sequência espiritual” da franquia iniciada em 1992 sobre uma assombração vingativa. Com forte carga racial, o novo longa tem produção de Jordan Peele e direção da jovem Nia DaCosta – confirmada como diretora do blockbuster Capitã Marvel 2.

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio

Aproveite para assistir:

A franquia Invocação do Mal se tornou um baita sucesso e gerou alguns derivados – como os filmes da boneca Annabelle e A Freira. Mas o que todos querem ver mesmo são os assustadores casos do casal Warren, vivido por Vera Farmiga e Patrick Wilson. Seu último filme foi há quatro anos (não estamos contando com Annabelle 3) e seu tão aguardado retorno era programado para este ano. Mais assustador que as assombrações do casal, a COVID empurrou o longa para o ano que vem, onde tem estreia programada para o dia 4 de junho de 2021 nos EUA.

Um Lugar Silencioso 2

Tão popular quanto a citada franquia da Warner acima, Um Lugar Silencioso marcou um golaço para a Paramount, se tornando um dos sucessos surpresa de 2018. Naturalmente um sinal verde foi dado para uma nova investida neste universo pós-apocalíptico onde o silêncio é o melhor aliado dos humanos contra seres verdadeiramente monstruosos. Um filme feito em família, a continuação traz novamente Emily Blunt protagonizando, e seu marido John Krasinski na direção. No entanto, esta sequência estava prestes a estrear quando explodiu a pandemia – tendo inclusive realizado exibições de imprensa, pré-estreia nos EUA, divulgação e entrevistas. Tudo, é claro, precisou ser engavetado, e a nova data agora é no dia 23 de abril de 2021 nos EUA.

Last Night in Soho


Outro que pulou fora de 2020 rumo a 2021 (23 de abril nos EUA), esta produção é uma das que mais chama nossa atenção dentre os próximos lançamentos do gênero. A causa disso são duas palavras: Edgar Wright – diretor da chamada trilogia do Cornetto. O jovem cineasta é um de nossos favoritos e aqui resolve investir em seu primeiro filme de terror declarado, sem qualquer menção à comédia, o que nos deixa animadíssimos. Para termos uma ideia, o sujeito pulou fora de Homem-Formiga (2015) porque a Marvel queria podá-lo, ou seja, vem filme autoral aí – esse é o melhor tipo! A trama, mostra uma apaixonada por moda viajando no tempo de volta para os anos 1960, tendo a chance de conhecer seu ídolo. No entanto, toda ação gera uma reação…

A Escolhida

Com um pegada totalmente Corra! (2017), Janelle Monaè é a protagonista deste longa que aborda o terror na forma do racismo. Esta igualmente era uma das produções em vias de estrear quando se abateu a pandemia. Nos EUA, sua estreia foi relocada para os streamings e a data agora é para o dia 18 de setembro deste ano. No Brasil, porém, a Paris Filmes pretende garantir uma estreia nos cinemas. Na trama, Monaè vive uma autora de muito sucesso, uma verdadeira mulher empoderada. Aparentemente, de forma inexplicável, ela se vê de volta ao passado, numa era de escravidão, onde se encontra numa plantação sem muito poder dizer ou fazer. Puro enigma.

Pânico 5


Ao contrário de muitos nesta lista, o quinto filme da franquia Pânico foi oficializado recentemente, com a data prevista para 14 de Janeiro de 2022. O que sabemos é que a distribuição agora é da Paramount, e que já foram confirmados no elenco o trio principal: Neve Campbell, Courteney Cox e David Arquette – reprisando seus papeis de Sidney, Gale e Dewey respectivamente. A direção é da dupla responsável pelo sucesso recente Casamento Sangrento, já que o veterano saudoso Wes Craven nos deixou em 2015 – fazendo de Pânico 5 o primeiro na franquia sem sua direção. Kevin Williamson também não volta no roteiro, trabalhando apenas como produtor aqui. Há rumores da participação de Selena Gomez. Veremos. [OBS] Antes do lançamento desta matéria, Pânico 5 teve sua estreia adiada para janeiro de 2022 nos EUA.

Filme de M. Night Shyamalan

Ainda sem título ou sinopse divulgados, tudo que sabemos do novo filme de terror do mestre do plot twist M. Night Shymalan é que será bancado novamente pela Universal. Ah sim, a data foi confirmada para 23 de julho de 2021, em pleno verão norte-americano – época dos maiores lançamentos do ano, o que demonstra confiança do estúdio. O elenco é de peso e conta com nomes como Gael García Bernal (Wasp Network), Alex Wolff (Hereditário), Eliza Scanlen (Adoráveis Mulheres), Thomasin McKenzie (Jojo Rabbit), Vicky Krieps (Trama Fantasma) e Abbey Lee (Mad Max: Estrada da Fúria).

Halloween Kills – O Terror Continua


Sequência de Halloween (2018), este é o segundo capítulo de uma planejada trilogia, toda dirigida por David Gordon Green. O filme anterior serviu de homenagem e reboot para a série, eliminando todos os filmes da franquia após o primeiro. Mesmo que nem tudo tenha funcionado e o longa tenha desapontado alguns fãs, como este que vos fala, seu sucesso para a Blumhouse foi inegável. Assim uma continuação seria lançada logo este ano, espantada pelo COVID. Uma coisa é certa, a data do dia das bruxas não poderia ser evitada. Assim, Halloween Kills tem estreia planejada para o dia 15 de outubro de 2021 nos EUA – é claro, com o retorno de Jamie Lee Curtis como Laurie, sua filha e sua neta, a fim de destruir a masculinidade tóxica de Michael Myers.

Espíritos Obscuros

Apesar de não muito conhecido, este “Antlers” (no título original) é uma das produções mais interessantes da lista. Mais um terror que pulou fora do “falido” ano de 2020, sua nova vaga ficou para o dia 19 de fevereiro nos EUA – o que pode favorecê-lo já que trata-se de uma produção mais intimista. No entanto, dois fatores chamam atenção acima de quaisquer outros aqui. O primeiro é a produção do veterano Guillermo del Toro, especialista no gênero. O segundo é a direção de Scott Cooper, acostumado a filmes maiores voltados ao drama e ao grande público, vide Coração Louco (que deu o Oscar para Jeff Bridges) e Aliança do Crime (que traz Johnny Depp como um mafioso, irreconhecível). Esta é a primeira investida do cineasta no terror, e conta a história de uma professora (Keri Russell) às voltas com um estranho aluno e uma lenda local em sua pequena cidade.


Invasão Zumbi 2

Sim, sabemos que estava faltando um bom filme de zumbis na lista. E que tal um com sabor bem internacional. Vindo da Coreia do Sul, o primeiro Invasão Zumbi se tornou um enorme sucesso mundial, inclusive em nosso país, sendo enaltecido como um dos melhores exemplares dentro do subgênero em anos. E se no filme original tivemos o início da contaminação num filme mais contido (basicamente ocorrendo dentro de um trem), quatro anos depois a sequência encontra um mundo devastado, numa realidade mais comum aos filmes do tipo. Dirigido pelo mesmo Yeon Sang-ho do original, Península (como também é conhecido) estreou este mês nos EUA, e é prometido para o dia 12 de novembro ainda este ano no Brasil.

Espiral – O Legado de Jogos Mortais

Por mais que achemos que uma franquia ou uma ideia já foi usada à exaustão, sempre pode existir um sopro de ar fresco com a criatividade e os envolvidos certos. É claro que isso nem sempre pode ser garantia de sucesso também, mas ao menos desperta a curiosidade para um produto já muito batido. É o caso com o novo Jogos Mortais – sim, nada menos que o nono filme da franquia desde 2004 (este, o primeiro derivado). O que causaria repulsa imediata para os não aficionados, se transforma em atrativo ao sabermos os nomes de alguns envolvidos. A começar pelo produtor e protagonista Chris Rock, mais associado a comédias, cujo envolvimento pode trazer um sabor especial – assim esperamos. O ator trouxe consigo para o elenco o colega Samuel L. Jackson. Fora isso, os nomes de Leigh Whannell (O Homem Invisível) e James Wan na produção são chamarizes extras. Espiral foi outro que deixou o barco afundado de 2020 e partiu para o dia 21 de maio de 2021, enfrentando a concorrência do verão norte-americano.

Estou Pensando em Acabar com Tudo


Esse chega em breve, como um lançamento Netflix. A estreia já é agora, dia 4 de setembro. O que chama atenção dos cinéfilos nesse terror pra lá de esquisito – é só dar uma olhada no trailer – é a direção de Charlie Kaufman, especialista em obras bizarras, abstratas, mas completamente profundas, vide Quero Ser John Malkovich, Brilho Eterno de uma Mente sem lembranças e Anomalisa. Aqui, ele se embrenha pelo terror, numa obra igualmente complexa. A premissa básica mostra uma jovem viajando para conhecer os pais de seu namorado. Bem, como nada nos filmes de Kaufman é simples, essa visita trará reflexões assombrosas na cabeça da moça.

Fuja

Existem os filmes que bateram o pé e vão encarar uma estreia nos cinemas ainda para 2020, e existem aqueles que foram adiados para 2021. No meio desta confusão, existem os que tiveram lançamento alterado para vídeo (streaming) e o pior dos casos: os que ficaram perdidos no limbo das estreias – simplesmente sumindo de qualquer cronograma. O caso mais notório é este Fuja (Run), protagonizado pela talentosa Sarah Paulson – que vinha gerando expectativa em sua estreia ainda para 2020. A trama, aparentemente traz a atriz no papel de uma mãe excessivamente zelosa. Sua filha, criada em reclusão em casa, começa a suspeitar das intenções da mulher. Seja lá por qual motivo, o filme foi “eliminado” da grade de lançamento e deverá encontrar uma estreia em vídeo nos EUA. No Brasil, no entanto, a Paris Filmes bancou seu lançamento nos cinemas ainda para esse ano, no dia 26 de novembro. Justamente devido à sua trama, o longa era anteriormente conhecido por aqui como ‘Mamãe’.

Dark Harvest

Baseado num livro, este é o novo filme do diretor David Slade, do terror de vampiros 30 Dias de Noite. Pouco se sabe sobre o longa até este momento, apenas que a trama é centrada num bizarro e aterrorizante ritual de iniciação para jovens rapazes numa cidadezinha americana. A estreia é prometida para o dia 24 de setembro de 2021. Ou seja, até lá muito ainda irá rolar em relação à esta produção.

Uma Noite de Crime 5

Sabe aquela história das ideias exaustivas? Pois é, esta franquia facilmente poderia se encaixar. No entanto, continua fazendo sucesso e atraindo o público. Nascido de uma trama criativa, sobre uma noite na qual todo e qualquer tipo de crime é permitido, a franquia foi se expandindo a cada nova sequência, gerou uma prequel e até uma série de TV – além de alguns curtas sobre o tema. E no dia 21 de julho de 2021 lançará um quinto filme, encarando o competitivo verão norte-americano. Desta vez as vítimas da “noite do expurgo” serão Josh Lucas, Will Patton, Ana de la Reguera e Leven Rambin. O roteiro segue com James DeMonaco.

A Babá: Rainha da Morte

Divertido prazer culposo da Netflix, A Babá é um slasher “terrir”, que pega muito emprestado da cartilha de Pânico – ou seja, um terror adolescente espertinho, repleto de tiradas de humor. A surpresa aqui foi a direção de McG, cineasta acostumado com superproduções, vide As Panteras e O Exterminador do Futuro: Salvação. Na trama, um menino tem a babá dos sonhos, na pele da bela Samara Weaving. O que ele não contava é que ela e seus amigos adolescentes iriam usar sua casa numa noite para um ritual satânico, onde ele seria a principal oferenda. Na sequência, prometida para o dia 10 de setembro na plataforma de streaming, todo o elenco retorna, assim como o diretor McG, e a temática segue num clima demoníaco, desta vez com doses sobrenaturais.

Escape Room 2

Como dito, acima da qualidade, o cinema como um negócio sempre analisa seus números. Se deu resultado na bilheteria pode ficar seguro de que irá gerar uma sequência. Afinal, hoje todos os grandes estúdios procuram uma franquia para chamar de sua – embora muitos pensem ou queiram acreditar, a indústria do cinema não funciona unicamente de sonhos, é preciso dinheiro também. A esperança é sempre que a nova investida desperte interesse de criatividade da parte dos realizadores. Assim chegamos até este Escape Room, terror da Sony que investe nas infames “salas de fuga” interativas como temática de sua obra. O primeiro foi um sucesso e no dia 1º de janeiro de 2021, o segundo é esperado. A novidade no elenco é a atriz Isabelle Fuhrman, a Órfã (2009) em pessoa.

A Ilha da Fantasia

Esse foi lançado um pouco antes da pandemia nos EUA, no dia 14 de fevereiro, e tinha data próxima para o lançamento no Brasil também. O adiamento fez o longa da Sony quase ser lançado direto em vídeo por aqui, caminho que pode muito bem ainda percorrer. Enquanto nada é definido sobre sua estreia – ainda sem data definida -, só resta aos fãs aguardarem para poder conferir esta que é a adaptação da Blumhouse para a série clássica dos anos 1970, sobre uma ilha misteriosa e seus enigmáticos anfitriões capazes de realizar os desejos de seus visitantes. Aqui, a nova roupagem a transforma num filme de terror. O elenco é encabeçado pela jovem Lucy Hale e por Michael Peña, na pele do icônico Sr. Roarke – imortalizado por Ricardo Montalban.

Morbius

Tudo bem, muitos podem achar que Morbius não é exatamente um filme de terror, já que é baseado no personagem saído dos quadrinhos do universo do Homem-Aranha. Mas o fato é que o subgênero dos super-heróis tem investido nesta mistura, como Os Novos Mutantes, e a Sony já prometeu mais intensidade também para Venom: Tempo de Carnificina, sequência do filme de 2018. Aqui temos um médico testando um novo experimento em si mesmo, e se transformando num vampiro genético. Jared Leto é quem compra o barulho na pele do anti-herói, e Daniel Espinosa (Vida) é quem comanda na direção. Ah sim, Michael Keaton retornará a seu personagem de Homem-Aranha: De volta ao lar (2017), fazendo assim a primeira ponte entre os filmes da Sony e o Universo da Marvel na Disney. A estreia é prometida para março de 2021 no Brasil.

Novo Atividade Paranormal

Esse ainda é uma grande incógnita. Inclusive sobre sua contagem de sequências, já que enquanto a maioria dos veículos o consideram o sétimo da franquia, o IMDB o cataloga como o oitavo filme! O que acontece é que o famoso banco de dados deve estar contando com o derivado Atividade Paranormal Tóquio, lançado em 2010. Depois disso, no entanto, tivemos outros dois filmes, os quais mais ou menos também se comportam como derivados: Atividade Paranormal – Marcados pelo Mal (2014) e Dimensão Fantasma (2015). Agora chega o novo filme, confirmado e prontamente adiado de 2021 para 2022. Tudo o que sabemos é que o roteiro será de Christopher Landon, diretor de Marcados pelo Mal e da franquia divertida A Morte te dá Parabéns (2017 e 2019).

Medo Profundo 2

Existem os filmes gêmeos e os filmes de títulos gêmeos. Esse item se encaixa no segundo exemplar. Pode causar muita confusão aos fãs do gênero, mas este longa nada tem a ver com a franquia de tubarões (2017 e 2019) cujo título original é 47 Meters Down. Essa trata-se de uma franquia mais obscura, sobre crocodilos, cujo primeiro filme foi lançado, vejam só, em 2007! Treze anos depois e a Paris Filmes se prontificou a lançar o filme nos cinemas, que promete surgir para agradar os fãs de thrillers sobre ataques de crocodilos gigantes. A estreia é programada para fevereiro de 2021 no Brasil.

The Owners

A jovem Maise Williams (Game of Thrones) parece ser uma querida, mas não costuma dar muita sorte no cinema, com a maioria dos filmes estrelados por ela amargando estreia direto em vídeo. Sua grande chance no cinema, Os Novos Mutantes, foi lançado debaixo de críticas duríssimas e a própria até mesmo tirou sarro com a situação. Mas aqui a carismática atriz tenta de novo com este thriller/terror, que usa como clara inspiração o sucesso O Homem nas Trevas (2016). No filme, Williams faz parte de um grupo de delinquentes que invadem uma casa a fim de roubar o cofre nela contido. No entanto, quando os idosos donos retornam, a mesa vira e as vítimas se tornam predadores dos criminosos. O filme tem estreia prometida para 4 de setembro de 2020 nos EUA.

Wrong TurnPânico na Floresta

Franquia Slasher bagaceira, recomendada apenas para os aficionados ou fanáticos pelo subgênero. Apenas o filme original, Pânico na Floresta (2003), foi lançado nos cinemas brasileiros, e este amigo que vos fala o conferiu na telona. Bem, acho que posso me encaixar na definição acima. Seja como for, suas continuações, 5 ao total, foram todas lançadas em vídeo no Brasil. Esse, no entanto, se trata de um reboot da franquia, que irá zerar todas as sequências e promete começar de novo. E para a empreitada, as presenças de Matthew Modine (Nascido para Matar) e Emma Dumont (The Gifted) no elenco. O filme ainda não possui data de estreia definida.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE