Sim, meus amigos e queridos leitores. A temporada de premiações já chegou. De agora até o início de 2019, seremos presenteados com alguns dos melhores filmes do ano. Esta é a época na qual os estúdios começam a lançar suas produções que visam prêmios. E não por menos, este mês já teremos dois títulos que chegam quente, pretendendo emplacar no gosto dos votantes: O Primeiro Homem e Nasce uma Estrela. Mas não pense você que Outubro não reserva sequer um filmezinho de terror – já que se trata do mês do famoso dia das bruxas. Aqui teremos nada menos do que um dos filmes de terror mais esperados de 2018, a sequência de Halloween! Portanto, sem mais delongas, se aconchegue e anote na agenda. Vamos conhecer os filmes mais esperados de Outubro.

04/10

Venom

O primeiro vilão da Marvel ganhou filme e abre o mês de outubro em uma superprodução. Venom, transformado em anti-herói nas formas de Tom Hardy, não é exatamente um filme da Marvel Studios, mas sim parte da propriedade ainda retida com a Sony. Em breve poderemos conferir se o longa terá alguma ligação com o Homem-Aranha de Tom Holland, como muito cochichado.

Papillon



Refilmagem de um clássico de 1973, protagonizado por Steve McQueen e Dustin Hoffman. Na nova versão, Charlie Hunnam vive o protagonista desta história real, na pele de um homem aprisionado injustamente por anos, que luta para ganhar a liberdade novamente, mesmo que para isso precise fugir do pior lugar na Terra. Rami Malek, da série Mr. Robot, fica com o papel que foi de Hoffman.

Ponto Cego

Um sucesso inesperado nos EUA, Ponto Cego não conta com nomes conhecidos na frente ou atrás das câmeras. Nesta comédia criminal, um dos tópicos levantados é a representatividade racial. Na trama, um jovem ainda em liberdade condicional luta para restabelecer sua vida, ao mesmo tempo em que os amigos e más companhias continuam a arrastá-lo para a vida de crime. Se fosse apenas pelos elogios da imprensa, Ponto Cego bem que poderia encontrar lugar na época de premiação.

11/10

Nasce uma Estrela

Agora sim, estamos falando de um provável indicado ao Oscar. Nasce uma Estrela é a quarta adaptação para o cinema desta famosa história musical. Na trama, uma cantora em início de carreira consegue ajuda de um músico veterano, que está em decadência. Os dois se equilibram e mudam a vida um do outro através do amor e unidos pela música. O longa marca a estreia do ator Bradley Cooper na direção – que também protagoniza – e conta com Lady Gaga no papel feminino principal. Gaga já desperta falatório de indicações.

Goosebumps – Halloween Assombrado

Ainda em cartaz nos cinemas com O Mistério do Relógio na Parede (filme com os mesmos moldes), o ator Jack Black volta para um novo round com criaturas e efeitos especiais – além de um terror de mentirinha. Desta vez, no entanto, Black tem uma participação menor do que no Goosebumps original, de 2015. O primeiro filme, baseado numa querida série juvenil, não foi exatamente um sucesso estrondoso. Mesmo assim, rendeu o suficiente para que esta sequência saísse do papel.

Tudo por um Pop Star

Internet e boy bands. Tudo que uma menina entrando na adolescência mais ama é o foco desta produção nacional. Aqui, três amigas fazem de tudo para chegar ao Rio de Janeiro e comparecer ao show de sua banda preferida. No meio do caminho, irão se envolver em inúmeras desventuras. O filme é baseado num livro da autora Thalita Rebouças, sumidade no segmento.

18/10

O Primeiro Homem

Falaram em Oscar? Depois de Nasce uma Estrela, a coisa volta a ficar séria com este filme. Trata-se de nada menos que o novo trabalho do menino de ouro de Hollywood, Damien Chazelle – que com seus dois primeiros filmes (Whiplash e La La Land) emplacou forte no Oscar. Agora, em sua produção mais ambiciosa, o cineasta relata a biografia de Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na lua. Ryan Gosling vive o protagonista e Claire Foy é sua esposa. A dupla pode igualmente estar nos radares de prêmios.

A Casa do Medo – Incidente em Ghostland

Sim, teremos mais terror no mês do halloween. Mas este filme pode não ser exatamente o que você está pensando. Produção franco canadense, o longa conta sobre uma mãe lutando para proteger as filhas pequenas de invasores no primeiro dia após se mudarem para uma casa herdada. Quase trinta anos depois, as filhas já adultas se reencontram no mesmo local, somente para presenciarem estranhas ocorrências.

A Justiceira

Essa é para quem sentiu falta da persona truculenta e porradeira de Jennifer Garner, mais voltada para comédias e dramas ultimamente. Mas essa é a Garner raiz que amamos. A Garner de Alias e Elektra. Aqui, ela vive uma mãe que perde a filha pequena num tiroteio entre criminosos. A justiça é incapaz de punir os culpados devido à corrupção. Assim, cabe a ela destilar um pouco de sua própria lei. A premissa lembra bastante as histórias do herói O Justiceiro da Marvel, ou obras como Desejo de Matar.

Legalize Já – Amizade Nunca Morre

Um gênero que constantemente faz sucesso em nosso país são as biografias. Melhor ainda se forem musicais – de cantores ou ídolos da música brasileira. Aqui temos uma que pode ser considerada polêmica e subversiva, mas com grandes chances de se tornar um dos maiores sucessos do ano. Se pelo título você ainda não matou a charada, esta é a história de Marcelo D2 e a formação do Planet Hemp.

25/10

Halloween

Sim, esse mês ele estará entre nós. Michael Myers está de volta! Um dos filmes mais esperados não apenas do mês, mas do ano, o novo Halloween reúne a musa Jamie Lee Curtis (considerada a primeira e eterna Rainha do Grito) com o psicopata da máscara branca APENAS 40 anos depois da obra-prima Halloween (1978), de John Carpenter. O trailer é hipnotizante e o novo filme tem tudo para ser um dos pontos altos do gênero em 2018. Capitaneado pela Blumhouse, o novo Halloween ainda é um poço de mistério. E isso é maravilhoso.

Podres de Rico

Finalmente! Os brasileiros tiveram que esperar alguns meses para poder conferir o sucesso representativo do segundo semestre. Assim como Pantera Negra, este longa é inovador por apresentar uma grande produção – esta da Warner – repleta de atores asiáticos. O filme é baseado num sucesso literário e fala sobre o casamento de um sujeito pra lá de rico com uma moça de origens mais humildes. Para os que não curtem filmes de super-heróis, esta é uma nova maneira original para a representatividade atingir o cinema mainstream.

Calmaria

Filmes de super-heróis são muito legais. Mas um filme com dois ganhadores do Oscar também – e para alguns, até mais. Matthew McConaughey e Anne Hathaway se reencontram após Interestelar (2014) para este suspense dramático. Com ecos de Amor Bandido (Mud), McConaughey vive um pescador, cujo passado sombrio volta à tona com a chegada de sua ex-mulher (papel de Hathaway). A mulher, por outro lado, lhe pede ajuda, mas pode estar escondendo algo por trás de tal pedido.

Meu Anjo

Por falar em astros e estrelas vencedores do Oscar, aqui temos a musa francesa Marion Cotillard em mais uma produção de sua terra natal. No longa, ela vive a irresponsável mãe de uma pequena menina, que abandona a filha por um sujeito que acabou de conhecer, em mais uma noite de excessos. Assim, a pequena precisa confrontar sua mãe para que ela exorcize seus demônios internos. Tudo para ser uma obra tocante.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c

This post was last modified on 6 de outubro de 2018 1:45 PM