quarta-feira, maio 29, 2024

Os melhores papéis de Melissa Barrera, a nova SCREAM QUEEN dos cinemas!

Melissa Barrera se transformou em um dos grandes ícones do cinema contemporâneo após estrelar a elogiada adaptação ‘Em um Bairro de Nova York’, que a lançou a uma popularidade exponencial ao redor do mundo.

Pouco depois, Barrera foi escalada como a protagonista dos últimos dois capítulos da saga slasher ‘Pânico’, interpretando Sam Carpenter e ganhando ainda mais fãs – e não demorou muito até que ela se tornasse a atriz perfeita para estrelar inúmeros filmes do gênero, consagrando-a como uma das novas scream queens da contemporaneidade.

Com seu recente trabalho em ‘Abigail’, uma releitura contemporânea do clássico ‘A Filha do Drácula’, resolvemos montar uma breve matéria elencando seus cinco melhores papéis.

Confira abaixo as nossas escolhas:

5. CARMEN, Carmen (2022)

Em ‘Carmen’Benjamin Millepied nos apresenta à história de uma mulher jovem e independente que é forçada a fugir de sua casa no deserto mexicano após o brutal assassinato de sua mãe. Carmen (Barrera) sobrevive a uma aterrorizante e perigosa travessia ilegal da fronteira para os EUA, mas acaba confrontada por um guarda.

Apesar de ter dividido a crítica, o filme trouxe o melhor da atriz e de seu colega de cena, Paul Mescal, aos holofotes. Segundo a nossa jornalista Rafaela Gomes, “Barrera [entrega] todo o seu talento na dança com a mesma intensidade dos dilemas de sua personagem, a atriz dá vida à Carmen com sensibilidade e delicadeza, sempre em sinergia com Mescal”.

4. JOEY, Abigail (2024)

Após se consagrar oficialmente como uma das scream queens do cinema contemporâneo – e alguns meses depois de ter sido injustamente demitida de ‘Pânico VII’ -, Barrera retomou sua parceria com os diretores Matt Bettinelli-OlpinTyler Gillett para o terror ‘Abigail’, que chegou nos últimos dias aos cinemas de todo o mundo.

Na produção, Melissa dá vida a Joey, um dos membros do grupo de sequestradores que rapta a jovem personagem-título – apenas para descobrir que ela, na verdade, é uma vampira. Adotando uma persona mais taciturna e recheada de traumas, é notável como a atriz pega alguns elementos emprestados de seu tempo como Sam Carpenter em ‘Pânico’, mas acrescentando outras camadas que explicam cada uma de suas atitudes conforme a narrativa se desenrola.

Não deixe de assistir:

3. VANESSA, Em um Bairro de Nova York (2021)

Antes de viver Sam Carpenter, Melissa Barrera deixou bem claro que era uma atriz extremamente versátil ao encarnar Vanessa na adaptação do musical ‘In the Heights’. Ganhando o título de ‘Em um Bairro de Nova York’ no circuito nacional, o longa-metragem trouxe Barrera como Vanessa, uma jovem vivendo em Washington Heights cujo maior sonho é se tornar uma designer de moda – mas enfrenta um obstáculo enorme ao observar a gentrificação de seu lar tomar tudo pelo que ela mais preza.

Aqui, a performer não apenas entregou uma rendição impecável ao encarnar todas as nuances da personagem, buscando elementos da peça original e apresentando incursões originais que usaram e abusaram de seus irretocáveis vocais – como nas canções “Blackout”“Carnaval del Barrio”.

2. LYN HERNANDEZ, Vida (2018 – 2022)

‘Vida’ é uma série de drama que você provavelmente não conhece, mas deveria. Aclamada pelos críticos e conquistando inúmeros prêmios ao longo de suas três temporadas, a trama gira em torno de duas irmãs mexicano-americanas que voltam para a casa de sua infância em Boyle Heights, Los Angeles, após a morte de sua mãe.

Na produção, Barrera interpreta Lyn Hernandez, uma mulher vegana de espírito livre que namorou principalmente homens brancos ricos em São Francisco e que agora está de volta a seu lar para iniciar um novo capítulo de sua vida. Por sua performance, a atriz foi aplaudida pelos especialistas e pelo público – principalmente por dar espaço a um lado dramático que merecia nossa atenção.

1. SAM CARPENTER, Pânico (2022) e Pânico VI (2023)

Todos nós ficamos em choque quando Barrera foi demitida de forma injustificável e inexplicável da franquia ‘Pânico’ – quando, no final das contas, estava certa em se posicionar contra o genocídio cometido contra os palestinos. Afinal, a atriz não apenas se consagrou como um dos pilares dos novos longas-metragens, como entregou a melhor atuação de sua carreira (ao menos até hoje) ao encarnar Sam Carpenter.

Logo no início do primeiro filme, lançado em 2022, Sam é revelada como a filha de Billy Loomis, o assassino original da franquia. Nutrindo de um arco diferente de todos os que havíamos visto até agora, ela luta contra o passado que continua a assombrá-la, temendo acabar como o pai, e transparecendo uma linha tênue entre sanidade e loucura que não pôde ser encarnada por ninguém melhor que Barrera.

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS