domingo, abril 21, 2024

Oscar – Os 10 ÚLTIMOS Vencedores de Melhor Filme para Você Assistir nos Principais Streamings

O anúncio dos indicados ao Oscar 2024 aconteceu na última semana e deixou o mundo em polvorosa, comentando as surpresas, os esnobados e correndo para assistir tudo nos cinemas e nos streamings. Todos ainda terão tempo de assistir a muita coisa até o dia 10 de março, quando ocorre a premiação.

Para entrar no clima, resolvemos falar de Oscar mais um pouquinho, afinal nunca cansa. O maior prêmio do cinema mundial tem enorme prestígio. E se você é fã de cinema, precisa conhecer os filmes vencedores. Sendo assim, essa matéria é para os que deixaram passar, por qualquer motivo, algum dos vencedores das últimas 10 edições do Oscar. Aqui iremos relembrar quais foram os melhores filmes dos últimos dez anos, segundo a Academia e onde você pode conferi-los.

PS. A surpresa aqui é notar que a Netflix não possui nenhum dos últimos vencedores do Oscar, e que a Amazon Prime Video sai na frente neste quesito, como você pode conferir abaixo.

Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Amazon Prime Video

O grande vencedor a última edição do Oscar, ‘Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo’ é enaltecido por seus fãs como um filme bem fora da caixinha, algo muito original, único e diferente do que em geral é feito em Hollywood. Isso pode ser verdade, mas o longa mistura elementos de fantasia e ficção em sua narrativa, no estilo ‘Matrix’, por exemplo, não sendo recomendado para todos os gostos ou públicos. É preciso ter paladar para tais gêneros. Além de melhor filme, ganhou também os Oscars de melhor atriz, melhores coadjuvantes, melhor roteiro original, melhor direção e edição.

CODA – No Ritmo do Coração
Amazon Prime Video

Coda’ é um filme mais politicamente correto e bonitinho, por isso muitos o consideraram um filme estilo ‘Sessão da Tarde’. É verdade que conseguimos imaginar facilmente o longa sendo exibido no programa diurno da TV aberta, sem a necessidade de cortes. É esse teor leve, porém, muito emocionante, que capturou o amor de muitos fãs do filme. É uma obra à moda antiga, sem violência, sem crime, mas que aposta em um grande dilema no centro de sua trama. Além do Oscar de melhor filme, levou os outros dois ao qual estava indicado: melhor ator coadjuvante e melhor roteiro adaptado, por ser baseado no francês ‘A Família Bélier’, de 2014.

Nomadland
Star+

Nomadland’ bateu alguns recordes. Como por exemplo, fez de Frances McDormand, a protagonista, a única atriz ainda em atividade a ter três estatuetas de intérprete principal em casa. Também fez da diretora chinesa Chloé Zhao a segunda mulher a ganhar o Oscar de direção e a primeira asiática a ser indicada na categoria e a vencer. O filme mostra uma América que muitos desconhecem: pessoas que perderam tudo e decidiram viver como nômades em suas casas à motor, vivendo em comunidades de trailer e ajudando umas às outras.

Não deixe de assistir:

Parasita
HBO Max/ Telecine

O sul-coreano ‘Parasita’ talvez seja o maior fenômeno do Oscar nestes últimos 10 anos. Nem mesmo ‘Tudo em Todo Lugar’ conseguiu romper a barreira de nicho como ‘Parasita’ fez. O filme de ficção científica estrelado por Michelle Yeoh continuou sendo indicado para os apreciadores do cinema de gênero (fantasia, ficção e artes marciais), com grande parte do público encontrando grande barreira no fato.

Já ‘Parasita’ não, foi visto por todos e se tornou popular por todos os tipos de fãs de cinema, os apreciadores de um cinema “mais de arte” e também os que curtem filmes mais populares. A história da família de golpistas que se mete em uma enrascada com seus patrões nem precisou ser refilmada em inglês para fazer sucesso nos EUA, já que os americanos o consumiram assim mesmo. Além de melhor filme, levou os prêmios de direção, roteiro original e também filme internacional.

Green Book – O Guia
Amazon Prime Video

Talvez o filme mais polêmico dos últimos 10 anos no Oscar, e um que muitos tiveram problema com sua vitória. E se ‘Coda’ foi considerado um longa muito “domado” e leve para vencer o prêmio principal, ‘Green Book’ foi ainda mais rejeitado por ativistas e pessoas engajadas em causas raciais. Acontece que ‘Green Book’ sofre fortemente do chamado complexo do “salvador branco”. Ou seja, acredita que está sendo bom para a causa e combatendo o racismo, mas de fato está enaltecendo o homem branco que ajudou o negro e não dando protagonismo ao personagem que realmente o merece. Ainda mais quando familiares do verdadeiro Dr. Donald Shriley afirmam que a história não foi bem assim. Seja como for, serviu para premiar novamente o sempre excelente Mahershala Ali e ainda levou o Oscar de melhor roteiro original, além de melhor filme, é claro.

A Forma da Água
Star+

Outro filme bem fora da caixinha, e que aposta fortemente em cinema de gênero. O que demonstra que o Oscar não premia sempre o mesmo filme e está disposto a dar a estatueta mais importante da noite para todo tipo de filme. Mesmo que nem sempre acerte. ‘A Forma da Água’, por exemplo, é cinema de monstro, em sua melhor forma. Comparando, seria como se ‘Pobres Criaturas’ vencesse o Oscar 2024 de melhor filme, já que é uma releitura bem particular do clássico ‘A Noiva de Frankenstein’. Aqui, temos uma releitura de outro clássico de monstro, ‘O Monstro da Lagoa Negra’, de 1954. Mas feito com muito mais afeto e emoção. Foram nada menos que 13 indicações, e as vitórias de melhor filme, diretor, trilha sonora e direção de arte.

Moonlight – Sob a Luz do Luar
HBO Max/ Amazon Prime Video

Não, ‘La La Land’ não foi o vencedor de melhor filme em 2017. Bem, talvez tenha sido por uma fração de minuto. Todos lembram bem da confusão desta edição do Oscar, quando uma troca de cartões se mostrou extremamente letal. Embora muitos preferissem o musical com Emma Stone e Ryan Gosling, e o tenham até hoje como um filme muito mais querido, a edição do Oscar que premiou ‘Moonlight’ vinha no rastro do movimento #Oscarsowhite, que reclamava da indicação e vitória de filmes e atores brancos, sem nenhum representante negro. Assim, ‘Moonlight’, que é um excelente filme, muito sensível, estava muito mais aberto a causas de minorias. E levou, além de melhor filme, melhor roteiro adaptado e melhor ator coadjuvante.

Spotlight – Segredos Revelados
Amazon Prime Video/ Paramount+

Drama investigativo jornalístico, o longa aborda um tema muito importante e que na época fervia. As acusações de abuso sexual e estupro vindo de dentro da igreja católica, que por décadas foram acobertadas. Esse foi um dos maiores escândalos mundiais recentes, um relato assustador do abuso da fé. Baseado numa história real, de como um grupo de jornalistas de um renomado veículo, deu o pontapé inicial e descobriu o caso assustador e surpreendente. Além de melhor filme levou também o de roteiro original.

Birdman
Star+

Dois anos seguidos, filmes estrelados por Michael Keaton (que gozava de um dos melhores retornos aos holofotes de todos os tempos) foram honrados com a estatueta do prêmio máximo do cinema. ‘Birdman’ é bem diferente de ‘Spotlight’ e bem mais subversivo de certa forma. Apesar de ‘Spotlight’ apresentar uma realidade aterradora, ‘Birdman’ fica no terreno quase da fantasia, apesar de ser basicamente uma biografia do próprio Keaton. O longa brinca ao mostrar um ator que já esteve no topo do mundo como um super-herói do cinema entretenimento, e que pensa em se reinventar como ator sério, para isso apostando todas as suas fichas em uma peça na Broadway. Além de melhor filme, ganhou melhor direção, roteiro original e fotografia.

12 Anos de Escravidão
Star+

Terminando a matéria, temos o vencedor de melhor filme no Oscar de exatos 10 anos. Ainda muito necessário, urgente e importante, é triste perceber o retrocesso social que ocorreu nos últimos anos, com valores arcaicos voltando à pauta graças a líderes políticos quase ditatoriais. Ou seja, ’12 Anos de Escravidão’, sobre um homem negro livre, sendo aprisionado e vendido como escravo, tendo seus direitos como cidadão totalmente atropelados pelo bel prazer de poderosos, segue necessário. Baseado numa aterradora história real, o filme é cru e não tem papas na língua – como deve ser. Mostra o horror na nossa cara, para que não se repita. Além de melhor filme no Oscar, levou melhor atriz coadjuvante e roteiro adaptado.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS