quarta-feira, maio 29, 2024

POLÊMICA! Elenco de ‘A Bruxa de Blair’ exige residuais retroativos da Lionsgate após anúncio do reboot

Em 1999, o mundo do cinema passava por mais uma profunda transformação com o lançamento do aclamado e revolucionário ‘A Bruxa de Blair’, que popularizou o gênero found-footage no cenário mainstream e causou um grande impacto à época de sua estreia – continuando a inspirar diversos cineastas até os dias de hoje.

A trama girou em torno de um grupo de estudantes que acampam em uma das florestas de Milwaukee e acaba descobrindo que o lugar esconde seres malignos.

Recentemente, a Lionsgate e a Blumhouse anunciaram que estão desenvolvendo um reboot completo do longa-metragem como forma de “reintroduzir esse clássico do terror a uma nova geração”.

Não levou muito tempo até que o trio de protagonistas do filme original, Heather DonahueJoshua LeonardMichael Williams, divulgasse um declaração pública à própria Lionsgate. Neste último sábado (20), os atores publicaram uma carta aberta à companhia pedindo por uma compensação robusta por seu trabalho no blockbuster, afirmando que é necessário que eles sejamprovidos com “o equivalente à soma que seria atribuída através do SAG-AFTRA, caso tivéssemos uma união ou uma representação legal quando o filme foi feito” (via Variety).

Além disso, o trio pediu uma “consultoria definitiva” em quaisquer projetos futuros da franquia ‘A Bruxa de Blair’ que utilizem seus nomes ou façam menções a seus personagens em “reboots, sequências, pré-sequências, brinquedos, games, atrações, escape rooms, entre outros, em que assumir-se-ia razoavelmente que os nomes de Heather, Michael e Josh seriam associados a fins promocionais na esfera pública”.

Vale lembrar que a equipe técnica por trás do filme dos anos 1990 não tinha conhecimento de que a Lionsgate estava preparando um reboot.

“É um sentimento agridoce, honestamente”, disse Ben Rock, designer de produção do título original, ao The Hollywood Reporter. Ele observa que ninguém de seu filme, incluindo os codiretores Daniel Myrick e Eduardo Sánchez, esteve envolvido de forma significativa na sequência de 2000, ‘Livro das Sombras: Bruxa de Blair 2‘, ou na sequência de 2016.

Rock espera que isso mude para o projeto atual que está em andamento na Lionsgate e Blumhouse, mas até agora, ninguém do filme de 1999 foi contatado ou teve a chance de apresentar a proposta, diz ele.

“Eu realmente acho que o que aconteceu duas vezes foi que os criadores originais foram esquecidos e outras pessoas foram trazidas, todas boas”, diz Rock, referindo-se à sequência de Joe Berlinger em 2000 e à continuação de Adam Wingard em 2016.

“Mas nenhuma das sequências conectou-se com o público da maneira que eles queriam. E então talvez valha a pena conversar com alguns dos criadores originais.”

Não deixe de assistir:

Rock estava entre os membros da equipe do filme original para compartilhar as reações nas redes sociais às notícias sobre o último projeto. Entre os participantes estava Mike Monello, co-produtor do primeiro filme que ajudou a conceber o site, alegando que os horrores do filme eram reais e que as pessoas que nele apareciam haviam desaparecido.

“Ideia radical: você poderia tentar colocar este projeto nas mãos da equipe original que fez o primeiro”, postou Monello , marcando Jason Blum junto com Lionsgate e Blumhouse. “Você sabe, a equipe que realmente tem uma franquia inteira planeja reinventar o que um filme da Bruxa de Blair poderia ser?”

Vale lembrar que o novo filme faz parte de um acordo exclusivo entre as produtoras, que dará a oportunidade da Blumhouse reimaginar franquias clássicas do catálogo da Lionsgate.

Jason Blum irá trabalhar ao lado do produtor Roy Lee, que também havia assumido o cargo no capítulo mais recente da saga, ‘Bruxa de Blair‘ (2016).

“Tive a oportunidade incrível de colaborar com o Jason Blum diversas vezes no decorrer dos anos. Nós forjamos um relacionamento sólido com ‘Uma Noite de Crime’ enquanto eu trabalha na Universal Pictures. Não há produtora melhor para colaborar neste gênero do que a Blumhouse,” declarou Adam Fogelson, presidente da Lionsgate Motion Picture Group. “Estamos animados em anunciar essa parceria em um novo filme da franquia ‘A Bruxa de Blair’, que será reintroduzida a uma nova geração.” 

Mais notícias...

Thiago Nollahttps://www.editoraviseu.com.br/a-pedra-negra-prod.html
Em contato com as artes em geral desde muito cedo, Thiago Nolla é jornalista, escritor e drag queen nas horas vagas. Trabalha com cultura pop desde 2015 e é uma enciclopédia ambulante sobre divas pop (principalmente sobre suas musas, Lady Gaga e Beyoncé). Ele também é apaixonado por vinho, literatura e jogar conversa fora.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS