quarta-feira, abril 24, 2024

Primeiras impressões | Iwájú tem visual incrível e pautas importantes para a molecada

Programada para estrear em 3 de abril no Disney+, Iwájú é uma nova série feita em parceria com a Kugali Media, uma produtora panafricana que vem se destacando nos últimos anos, principalmente no ramo das histórias em quadrinhos. Com foco em produções que destaquem e valorizem as diferentes culturas do continente africado, a Kugali fechou essa parceria com a The Walt Disney Animation Studios para divulgar sua missão por meio desta animação de seis episódios.

A trama acompanha uma garotinha que é filha de um cientista revolucionário. Após passar muito tempo fora, ele volta para casa com seu novo projeto: um lagartinho tecnológico que é capaz de crescer e virar uma criatura extremamente forte. Porém, sua filha esperava passar mais tempo com ele. Para compensar, ele dá o bichinho robótico para ela tomar conta, mas sem dizer que é um animal tecnologicamente modificado.

O CinePOP teve acesso aos episódios da série e vai contar um pouco mais sobre ela. Confira!

O mais importante a ser dito é que essa animação é voltada para o público infantil. Na internet, ela está classificada como drama, mas há vários momentos de comédia simples e bobinha, perfeita para a molecada se divertir. O que chama mais atenção é o visual. A série é ambientada na cidade de Lagos, na Nigéria. Só que a equipe criativa pensa em como seria a cidade influenciada por uma tecnologia avançada. Tem uma clara influência de Wakanda, mas é curioso como optaram por um visual mais urbano.

Há vários momentos realmente inesperados, como na sequência em que o carro levanta voo em meio ao engarrafamento e acaba sendo interceptado por vendedores ambulantes usando drones para tentar empurrar suas quinquilharias no sinal de trânsito aéreo. Ao mesmo tempo, há uma representação bem legal de Lagos na série, que deve causar na criançada nigeriana uma sensação similar a que os cariocas sentiram com o lançamento da animação Rio (2011), feita pela Blue Sky, que foi adquirida pela Disney nos últimos anos.

Por ser feito por uma produtora de origem africana, Iwájú traz toda uma valorização à cultura da Nigéria, inserindo danças típicas, muitas cores e figurinos que remetem ao cotidiano do país. Mais do que isso, o grande mérito da animação é debater de forma bem didática sobre a desigualdade. Por mais que a premissa seja a aventura da garotinha e seu calanguinho superpoderoso de estimação, o verdadeiro ponto da série é mostrar como a desigualdade social é prejudicial para o mundo.

Não deixe de assistir:

Há diversos momentos que escancaram essas situações de preconceito que infelizmente ainda acontecem. E não há forma melhor de educar as crianças que é errado julgar as pessoas por suas condições econômicas do que por meio de uma animação colorida, simpática e futurista.

No fim das contas, parece uma série promissora e divertida para seu público-alvo. E o lagartinho da série dispensa comentários. É muito fofo e engraçadinho, cumpre bem seu papel de vender bonequinhos.

Iwájú estreia em 3 de abril no Disney+.

Mais notícias...

Pedro Sobreirohttp://cinepop.com.br/
Jornalista apaixonado por entretenimento, com passagens por sites, revistas e emissoras como repórter, crítico e produtor.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS