O trailer de Godzilla vs Kong saiu no último domingo e deixou os fãs em polvorosa. Alguns mais atentos, inclusive, repararam em um detalhe que está dando o que falar na internet: a suposta presença do clássico vilão da Toho, Mechagodzilla, que seria a grande ameaça do filme e que provavelmente uniria os dois Titãs para uma luta final contra ele. Como o personagem é mais conhecido no Japão e nos EUA do que no Brasil, confira esse post para saber mais sobre a história do Mechagodzilla.

Lançado em 1974, no filme Godzilla vs Mechagodzilla, o vilão logo alcançou status de ícone da cultura pop japonesa. Ele contabiliza cinco aparições nos filmes da Toho e, de acordo com a própria empresa, o Mechagodzilla é o segundo maior rival do Rei dos Monstros, ficando atrás apenas do Ghidorah. Pois bem, na trama do filme de 1974, três alienígenas com jeitão de primata estudam maneiras de conquistar a Terra. Após uma análise das destruições em Tóquio, eles concluem que a melhor forma de ter a humanidade a seus pés é com um Godzilla para chamar de seu. No entanto, as criaturas do planeta Black Hole percebem que não dá para domar o monstrão, então eles decidem construir uma versão robótica da criatura.

O Godzilla conta com a ajuda do Rei Cesar para descer a porrada no monstro de ferro.

Armado com lasers nos olhos, mísseis nos dedos e um canhão peitoral poderosíssimo, o Mechagodzilla é enviado para a Terra com uma pele sintética para fazer com que os Kaijus e as pessoas acreditassem que ele fosse o próprio Godzilla. Porém, após um embate com Anguirius, a pele falsa é destruída e o monstro de titânio espacial tem sua verdadeira identidade revelada. Ele continua sua jornada de destruição até encontrar com o Godzilla original, que, acompanhado do Kaiju Rei Cesar, consegue destruí-lo utilizando sua rajada radioativa. O esqueleto do robozão cai em um rio de Okinawa, de onde seria resgatado anos mais tarde para ser reconstruído ainda maior e mais poderoso.



Nos anos 1990, o robo meio que sofre um reboot e ganha ares de salvador. Em Godzilla vs Mechagodzilla II, o gigante de ferro surge como uma resposta da humanidade, que, exausta de ver Tóquio sendo destruída semana sim, semana não pelos Kaijus, une seus esforços e cientistas para construir uma arma poderosa o bastante para enfrentar os monstros gigantes e derrotar Godzilla. Nessa versão, o Mechagodzilla ganha várias melhorias, como um propulsor que o permite voar, canhões gigantescos e a habilidade de absorver a rajada radioativa do Godzilla e convertê-la em um raio de plasma que ele dispara contra o adversário. O desafio dessa vez foi tão grande que o Rei dos Monstros só conseguiu vencê-lo com o sacrifício de Rodan.

Aproveite para assistir:

A cena do Mechagodzilla em Jogador Nº1 foi o primeiro contato de muitos jovens com o personagem.

Lançado em 2019, o filme Jogador Nº1 trouxe a primeira adaptação americana do Mechagodzilla. Na batalha final, o vilão da trama, Nolan Sorrento (Ben Mendelsohn) usa os seus créditos no videogame Oasis para adquirir o Mechagodzilla e usá-lo para tentar derrotar os heróis. Com um visual meio steampunk, o robozão parece imitar a aparência do Godzilla atual dos cinemas, além de ter os mísseis nos dedos e a rajada radioativa. Ele trava uma batalha épica contra um Gundam e o Gigante de Ferro, mas acaba sendo derrotado mesmo assim.



O material promocional já comprovou que Mechagodzilla fará parte de Godzilla vs Kong, na forma de um Godzilla metálico. O boato começou em 2020, quando vazaram os brinquedos oficiais do filme, que confirmaram a semelhança de tamanhos do Godzilla e do Kong, o machado portado pelo gorila feito com uma placa óssea do Godzilla e… Um boneco prateado que tinha o formato do Godzilla, mas parecia muito com um esqueleto metálico do Rei dos Monstros. Como mostrado nessa matéria, o Godzilla jamais conseguiu vencer o Mechagodzilla sozinho. Ele sempre contou com a ajuda ou até mesmo com o sacrifício de outro Kaiju para descer a porrada no rival.

Segundo a teoria dos fãs, o filho do Doutor Serizawa (Ken Watanabe) estaria construindo uma versão robótica do Godzilla, que foi alvo de estudo e idolatria do pai ao longo de toda sua vida. Só que as altas doses de radiação estaria irritando o lagartão, que viria para terra firme despejar sua ira contra o sósia de ferro. Presenciando a ira do monstro, a humanidade recorre ao Kong, que responde a uma menininha, para descer a lenha no rival. Porém, ao final, o Mechagodzilla seria revelado como uma ameaça e os dois se uniriam para reduzir o robozão a pó. Seria interessante ver isso, principalmente após inúmeras cenas de trocação franca entre os Titãs, já que todos estarão assistindo esse filme exclusivamente para ver isso, e de muita destruição irresponsável.

E você? Está ansioso para ver o Mechagodzilla em Godzilla vs Kong? Diga nos comentários!

Godzilla vs Kong estreia em 26 de março de 2021 nos EUA, enquanto o Brasil só poderá conferi-lo em 1º de Abril de 2021.

Não deixe de assistir: