domingo, junho 16, 2024

Relembre as 10 MAIORES bilheterias de 2023

2023 finalmente está chegando ao fim e decidimos relembrar quais foram as 10 maiores bilheterias do ano, que contou com sucessos de diversos gêneros.

A lista inclui adaptações de jogos, animações e até mesmo de linhas de brinquedos, como ‘Barbie‘… E não podemos esquecer das cinebiografias, gênero adicionado ao TOP 10 deste ano com ‘Oppenheimer‘, dirigido por Christopher Nolan (‘Batman – O Cavaleiro das Trevas’).

Confira a lista:

Com US$ 1,4 bilhão ao redor do mundo, o 1º lugar fica com ‘Barbie’, dirigido por Greta Gerwig (‘Adoráveis Mulheres’).

Estrelado por Margot Robbie e Ryan Gosling, o longa foi orçado em apenas US$ 145 milhões e foi um tremendo sucesso, superando as expectativas dos próprios executivos da Mattel Films e da Warner Bros.

No fabuloso live-action da boneca mais famosa do mundo, acompanhamos o dia a dia em Barbieland – o mundo mágico das Barbies, onde todas as versões da boneca vivem em completa harmonia e suas únicas preocupações são encontrar as melhores roupas para passear com as amigas e curtir intermináveis festas. Porém, uma das bonecas (interpretada Robbie) começa a perceber que talvez sua vida não seja tão perfeita assim, questionando-se sobre o sentido de sua existência e alarmando suas companheiras. Logo, sua vida no mundo cor-de-rosa começa a mudar e, eventualmente, tem que sair de Barbieland.

O 2º lugar fica com ‘Super Mario Bros – O Filme‘, que arrecadou US$ 1,3 bilhão pelo mundo a partir de um orçamento de apenas US$ 100 milhões.

Dirigida por Aaron Horvath e Michael Jelenic (‘Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas’), a animação acompanha Mario (Chris Pratt) e Luigi (Charlie Day) vão parar no famoso mundo dos cogumelos, governado pela princesa Peach (Anya Taylor-Joy), precisando defendê-lo das ameaças do icônico Bowser (Jack Black).

Durante a aventura, Mario irá reviver diversas cenas que o acompanham ao longo das últimas décadas, como dirigir um kart, passar por ambientes desafiadores, além de ter a companhia de outros personagens marcantes, como Toad (Keegan-Michael Key) e Donkey Kong (Seth Rogen).

Não deixe de assistir:

A 3ª posição fica com ‘Oppenheimer‘, que trasnformou o orçamento de US$ 100 milhões em US$ 952 milhões em terreno internacional.

Tornando-se a cinebiografia mais lucrativa de todos o tempos, a produção conta a história de J. Robert Oppenheimer (Cillian Murphy), chefe do Projeto Manhattan, um plano do governo dos Estados Unidos encarregado de criar o primeiro armamento nuclear para do país, resultando na Bomba Atômica que dizimou as cidades de Hiroshima e Nagasaki.

O longa também se destacou por trazer um elenco repleto de estrelas, como Emily Blunt, Matt Damon, Robert Downey Jr., Florence Pugh, Josh Hartnett, Casey Affleck, Josh Peck e Rami Malek.

A Marvel Studios aparece duas vezes na lista, primeiro com ‘Guardiões da Galáxia Vol 3′, que ocupa a 4ª posição.

Orçado em US$ 250 milhões, o longa que encerra a trilogia dirigida por James Gunn faturou US$ 845,5 milhões pelo mundo.

Na trama, nosso amado grupo de desajustados está se estabelecendo na vida em Lugar Nenhum. Porém, não demora muito para que suas vidas sejam viradas de cabeça para baixo, pelos ecos do passado turbulento de Rocket. Peter Quill, ainda se recuperando da perda de Gamora, deve reunir sua equipe para salvar a vida de Rocket, em uma missão que, se não for concluída com sucesso, pode muito possivelmente levar ao fim dos Guardiões da Galáxia como os conhecemos.

Apesar de ser uma franquia já saturada, ‘Velozes e Furiosos 10’ também encontrou seu espaço na lista, assumindo a 5ª posição com seus US$ 704,8 milhões.

Um dos atrativos da sequência a foi estreia de Jason Momoa (‘Aquaman’), Alan Ritchson (‘Reacher’), Brie Larson (‘Capitã Marvel’), Daniela Melchior (‘O Esquadrão Suicida’) e Rita Moreno (‘Amor, Sublime Amor’) na franquia.

No novo filme, Dom Toretto e sua família devem lidar com o adversário mais letal que já enfrentaram. Alimentada pela vingança, uma ameaça terrível emerge das sombras do passado para destruir o mundo de Dom e todos que ele ama.”

Com US$ 690,5 milhões, ‘Homem-Aranha: Através do Aranhaverso‘ assume a 6º posição, tornando-se um tremendo sucesso a partir de modestos US$100 milhões de orçamento.

Desta vez, a novidade foi a introdução de cerca de 100 variantes do Cabeça de Teia, que ainda precisa lidar com a ameaça do vilão Mancha. Para isso, ele junta forças com a Gwen-Aranha mais uma vez, mas ambos são jogados no multiverso, onde se encontra com uma equipe encarregada de proteger sua própria existência.

Em 7º lugar, o remake live-action de ‘A Pequena Sereia‘ faturou US$569,6 milhões pelo mundo, mas também teve um dos orçamentos mais altos da lista, custando em torno de US$ 250 milhões.

Estrelado por Halle Bailey, o longa dirigido por Rob Marshall reconta a história da animação de 1989, na qual uma jovem sereia faz um acordo com uma bruxa do mar para trocar sua bela voz por pernas humanas para que possa descobrir o mundo acima da água e impressionar um príncipe.

O 8º lugar fica com ‘Missão: Impossível – Acerto de Contas Parte 1′, que traz Tom Cruise de volta como o agente secreto Ethan Hunt, papel que ele desempenha desde 1996.

Apesar de ter acumulado US$ 567,5 milhões pelo mundo, a sequência não se saiu tão bem em termos de lucro, já que foi orçada em cerca de US$ 290 milhões.

Na trama, o mundo corre grande perigo e o implacável agente do MI6 Ethan Hunt está de volta em mais uma aventura de tirar o fôlego. Dessa vez, o ex-diretor da CIA Eugene (Henry Czerny) deixa claro para ele que essa será a mais importante e perigosa missão de sua vida, exterminar uma inteligência artificial chamada A Entidade. Ao longo da jornada, Hunt conta com os parceiros Benji (Simon Pegg), Ilsa Faust (Rebecca Ferguson) e Luther (Ving Rhames). Enquanto o time de vilões (Esai Morales, Vanessa Kirby e Pom Klementieff) fará de tudo para impedi-lo.

A animação ‘Elementos‘ entra na lista no 9º lugar, tornando-se uma baita surpresa após estrear com insignificantes US$ 29,6 milhões em seu fim de semana de estreia, fazendo do título a pior abertura da Pixar Animation desde ‘Toy Story’ (1995).

Orçada em US$ 200 milhões, a produção encerrou sua corrida nas telonas com US$ 496,3 milhões pelo mundo, sendo o primeiro filme original a ultrapassar US$ 400 milhões nas bilheterias desde o início da pandemia, já que todos os outros filmes que registraram essa quantia fizeram parte de uma franquia ou foram baseados em algum tipo de propriedade já existente.

Dirigido por Peter Sohn, o filme embarca na aventura de uma dupla improvável, Ember e Wade, em uma cidade onde os moradores do fogo, água, terra e ar vivem juntos. A faiscante jovem e o garoto tranquilo estão prestes a descobrir algo elementar: o quanto eles realmente têm em comum”.

Encerrando a lista, a Marvel aparece pela segunda vez com ‘Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania‘, que arrecadou US$ 476 milhões, mas acabou dando prejuízo ao estúdio, já que foi orçado em US$ 200 milhões, fora o valor gasto com o marketing.

O péssimo desempenho foi um reflexo dos comentários negativos, tanto dos críticos quanto dos fãs, fazendo da sequência um dos piores filmes da Marvel em termos narrativos.

Depois de inúmeras missões dos Vingadores, batalhas devastadoras e trajes fabulosos, Janet Van Dyne está pronta para começar um novo capítulo em sua lendária carreira de super-heroína! Seu passado surge das sombras para arruinar tudo pelo que ela trabalhou. Janet e Nadia se unem contra uma nova organização perigosa com conexões chocantes com suas histórias. À medida que a ameaça se torna mais urgente, Janet e Nadia enfrentarão um teste tão grande que elas podem se tornar a coisa que eles mais temem.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS