Diretor tem projeto com a Netflix encaminhado mas sua relação com televisão é bem antiga

Consagrado no cinema, principalmente no gênero de fantasia, Guillermo del Toro vai retornar à produções para televisão, ou nesse caso streaming, em algum momento no futuro próximo. Batizada de Cabinet of Curiosities, a série foi encomendada pela Netflix em mais uma indicação de que o serviço planeja avançar sobre o gênero.

Ainda sem uma data formal de estreia, sabe-se que o seriado (que compartilha o nome com o livro Guillermo del Toro Cabinet of Curiosities: My Notebook, Collections, and Other Obsessions) adotará o famoso modelo narrativo de antologia, no qual cada episódio apresentará uma história fechada e não obrigatoriamente conectada a algo maior. 

Há pelo menos dez anos o estilo antológico tem sido a escolha preferida de produções desse gênero, encabeçados por American Horror Story, ainda que executados normalmente no isolamento entre temporadas e não episódios.



American Horror Story” teve papel fundamental no renascimento do terror na televisão

Dessa forma, muito pela escassez até o momento de maiores informações, não é claro qual será a ideia geral da produção. Por exemplo, a já mencionada série de Ryan Murphy seguia uma determinada temática a cada temporada; Black Mirror possui o terror social nascido do avanço tecnológico como seu condutor principal.

Até mesmo animes de terror já seguiram por esse caminho em certo momento. Nos anos 90 foi lançado Pet Shop of Horrors, um projeto sobre uma pet shop que oferece aos clientes a oportunidade de ter o animal de estimação dos sonhos, desde que eles seguissem determinadas regras. A cada nova história os personagens envolvidos se viam às voltas com a ameaça do animal vindo da loja.

Aproveite para assistir:

O projeto de del Toro pode seguir por um caminho similar ao estabelecer um cenário ou conceito fixo para a série e, a partir daí, disparar os episódios de maneira isolada. Além disso, a experiência com uma antologia será algo inédito para a filmografia do artista.

Pet Shop of Horrors” apresentou um conceito de antologia potencialmente parecido anos antes

Se por um lado há a falta de maiores detalhes sobre a trama, por outro não dá para dizer que alguns nomes dos envolvidos não foram divulgados. Mais recentemente soube-se que Andrew Lincoln (protagonista de The Walking Dead) está escalado para um dos episódios, bem como o veterano F. Murray Abraham.



Dentre os diretores de cada episódio constam nomes como David Prior (que terá roteiro de David S. Goyer) e que terá o mencionado Murray escalado; Keith Thomas também está escalado para comandar um dos episódios e, fechando o grupo, o próprio produtor deve assinar algum momento da série também. 

Anteriormente o cineasta mexicano já havia se aventurado no terror serializado com The Strain; esta que foi uma adaptação da série de livros de mesmo nome escrita por Chuck Hogan e pelo próprio Guillermo del Toro sobre como o mundo foi assolado por um vírus que transforma pessoas em vampiros. A produção durou por quatro temporadas, com aceitação geralmente positiva do público, até mesmo uma premiação no Critics Choice Television Awards.

del Toro já havia se aventurado no terror com o apocalipse dos vampiros

Junto à Netflix ele já tem uma parceria prévia com Caçadores de Trolls; animação que brinca com muitos dos conceitos fantásticos que são marca na filmografia do cineasta. A produção teve três temporadas e colecionou aceitação do público em geral também, além de abrir caminho para mais duas séries animadas ambientadas no mesmo universo: Os 3 Lá Embaixo e Magos: Contos da Arcádia.

No entanto a relação del Toro e televisão remonta até os anos 80, quando ele participou do programa mexicano Hora Marcada entre 1988 e 1990. Uma observação válida é que o formato do programa também era o de uma antologia e além de del Toro, outro diretor mexicano que também fazia parte do quadro do show era Afonso Cuaron; marcando assim a primeira colaboração entre ambos. Tendo toda uma trajetória com terror e televisão, é de se esperar que a futura incursão do cineasta

Comentários

Não deixe de assistir: