A Netflix desde seus primórdios investiu de forma séria em suas produções originais, vendo como resultado fidelização do público em sua marca e elogios múltiplos da crítica. Porém, quase dez anos após o início dessa trajetória de sucesso, os dias de programas como Orange is the New Black (2013-2019) e House of Cards (2013-2018), suas primeiras séries originais, parecem ter ficado para trás. A verdade é que renovar é preciso e o colosso do audiovisual continuou mantendo (quase sempre) seu compromisso com a qualidade seriada, tirando da manga a cada nova temporada, programas prontos para caírem no gosto de sua audiência monstruosa espalhada pelo mundo.

É claro também que nem todas as séries planejadas para serem o novo fenômeno da praça atingem seu público de forma certeira, e muitas morrem na praia terminando por serem canceladas – foi o caso com o recente O Legado de Júpiter, criada para ser a resposta da Netflix para The Boys, da Amazon, cancelada este ano após uma única temporada. Obviamente, a Netflix desejava ter um novo marco para chamar de seu (dentro do gênero dos super-heróis), mas no fim das contas, quem dita o que vai ser sucesso ou não é o público. E assim como a bilheteria de um filme no cinema, se os números de visualizações na plataforma para determinada série não forem satisfatórios, que justifique seus gastos, ela eventualmente será cancelada.

Nesta matéria, no entanto, iremos abordar o outro lado desta moeda: um mais positivo. Aqui, o tópico será justamente as séries mais assistidas da plataforma de streaming número 1 do mundo. Recentemente, a Netflix divulgou seu top 10 como forma de celebrar o sucesso estrondoso de Round 6, produção sul coreana que viveu para se tornar o programa mais visto do streaming. Já sabemos quem ficou em primeira posição, mas confira abaixo para conhecer as demais séries de sucesso do ranking.

10 | Sweet Tooth



Em décimo lugar temos um caso curioso. Sweet Tooth não gerou uma comoção assim tão grande ao ponto de ser considerado uma febre. Apesar disso, na surdina o seriado logo em sua primeira temporada, estreando no dia 4 de junho de 2021, conquistou visualizações suficientes na plataforma para lhe garantir a décima posição na lista, sendo assistido por 60 milhões de contas. Trata-se da adaptação para as telas dos quadrinhos homônimos da DC Comics, parte de sua linha adulta da Vertigo, criado por Jeff Lemire. Curiosamente, por trás da produção da Netflix temos Robert Downey Jr., o Homem de Ferro da rival Marvel. O criador do programa é Jim Mickle, nome conhecido por filmes barra-pesada, vide Stake Land (2010), Somos o que Somos (2013) e Julho Sangrento (2014). A trama apresenta um menino híbrido entre humano e veado, vivendo uma realidade futurista pós-apocalíptica. Uma segunda temporada, obviamente, já está confirmada.

09 | O Gambito da Rainha

Aproveite para assistir:

Ganhando por 2 milhões de contas, chega uma produção que, ao contrário de Sweet Tooth, não saiu da boca do povo, permeando a internet como uma enxurrada, seja através de memes ou recomendações sérias. O que chama atenção em O Gambito da Rainha, lançado no dia 23 de outubro de 2020, foi a “surra” de elogios que a produção recebeu da crítica e especialistas em geral. Apesar de usar como pano de fundo o “enfadonho” jogo de xadrez, a mensagem da série é muito mais ampla e fala sobre obsessão, talento, comprometimento, felicidade e perseguirmos nossos sonhos. Além, é claro, de um forte teor feminista – com mulheres à frente de seu tempo. Ao contrário dos demais itens na lista, O Gambito da Rainha é uma minissérie, com começo, meio e fim, e apesar do sucesso não terá uma segunda temporada. A obra serviu para elevar o status da protagonista Anya Taylor-Joy e foi assistida por 62 milhões de contas.

08 | A Máfia dos Tigres



Outra série diferente chega na lista, esta, no entanto, um programa documental. A história de Joe Exotic, um caipira gay dono de um zoológico de tigres, autoproclamado o Rei dos Tigres, é tão surreal que em pouco tempo se transformou no assunto mais falado do mundo. Essa fama, digna de um desastre, o qual não conseguimos parar de olhar, chegou até o Brasil, onde a série fez sucesso igualmente. Até mesmo o astro Sylvester Stallone embarcou na onda ao lado de sua família (esposa e três filhas) aparecendo vestidos como os “personagens” do programa. De fato, produções de ficção sobre o tema começaram a sair do papel, uma delas a ser estrelada por Nicolas Cage como Joe. A Máfia dos Tigres estreou bem no começo da pandemia, no dia 20 de março de 2020 e foi visto por 64 milhões de contas. O que garantiu uma segunda temporada para novembro de 2021.

07 | La Casa de Papel

Em sétimo lugar temos a série espanhola de maior sucesso da Netflix. E aqui temos novamente um caso curioso. Acontece que La Casa de Papel, que narra um assalto magistralmente planejado à casa da moeda da Espanha, estreou na plataforma no dia 25 de dezembro de 2017 e foi gerando seu hype aos poucos, assim com o tempo conquistando uma legião de seguidores. Logo, as máscaras de Salvador Dalí usadas pelos criminosos, entre homens e mulheres, todos com nomes de cidades pelo mundo, começou a aparecer em todo tipo de lugar, como blusas e pinturas. Ah sim, isso sem falar na música Bella Ciao, que virou hino. O auge do programa, porém, que consta aqui na lista, ocorreu com a quarta temporada, de 3 de abril de 2020, assistida por 65 milhões de contas. A quinta já estreou em 3 de setembro de 2021 e quem sabe possa entrar no ranking quando a lista for atualizada.

06 | Stranger Things

Aqui temos a série mais antiga da lista, que mostra sua força ao ainda permanecer entre as mais vistas. Trata-se do xodozinho da Netflix Stranger Things, seu primeiro grande fenômeno, gerando inclusive um programa inteiro sobre ela exibido pelo SBT. O clima dos anos 80 era resgatado com gosto pela série que mistura o coming of age juvenil cômico, com elementos sobrenaturais de terror e ficção. A receita perfeita para agradar gregos e troianos. A série estreou em 15 de julho de 2016, e em 27 de outubro de 2017 chegava a segunda temporada. Com sua popularidade apenas aumentando, nada mais justo do que a terceira temporada, lançada em 4 de julho de 2019, seja a mais assistida, vista por 67 milhões de contas. Lembrando que a quarta tem estreia programada para 2022.

05 | Sex/Life

Produção de drama e romance, com fortes doses de erotismo, o programa é um dos mais recentes da lista, tendo estreado no dia 25 de junho de 2021. Protagonizado pela bela descendente de iranianos Sarah Shahi, que em 2012 interpretou a filha de Sylvester Stallone no filme de ação Alvo Duplo – presente no acervo da Netflix. A série usa a seu favor a beleza e sensualidade da morena no papel de Billie, mulher casada e mãe de dois filhos numa vida monótona, que irá fazer colidir sua realidade atual com seu passado selvagem. A série capricha nas cenas de sexo e na nudez da atriz, sendo sucesso em especial para as mulheres em busca de tempero em seus casamentos, assim como na franquia Cinquenta Tons de Cinza. O programa foi assistido por 67 milhões de contas, empatando com Stranger Things.



04 | The Witcher

Voltamos para o terreno da fantasia, aqui, porém, banhado no gênero medieval que fez tanto sucesso em O Senhor dos Anéis e afins. Muitos podem acreditar que The Witcher é baseado no famoso game de muito sucesso, que possui uma legião de fãs, por ter sido onde a história se popularizou. Porém, antes de ir para as telas na forma de gráficos avançados, a trama nasceu em 1986 na forma de livros poloneses. Apreciador inveterado da franquia, o astro Henry Cavill, o mais recente Superman do cinema, lutou para levar este universo para as telas, e encontrou na Netflix um lar para isso. Podemos dizer que a investida valeu a pena pois a mística The Witcher é a quarta série mais vista da Netflix, assistida por 76 milhões de contas. A estreia foi em 20 de dezembro de 2019, a segunda estreia em 17 de dezembro de 2021 e uma terceira já está confirmada.

03 | Lupin

A terceira série mais vista na Netflix é uma produção francesa, estrelada pelo carismático Omar Sy – que já fez carreira em Hollywood igualmente. O personagem Arsène Lupin foi criado em 1905 como um ladrão cavalheiro e mestre dos disfarces, pelo autor Maurice Leblanc. E aqui temos a modernização atual destas histórias, protagonizada por Sy. A série é recomendada para os que curtem planos mirabolantes de roubos – no esquema de La Casa de Papel. Lupin estreou no dia 8 de janeiro de 2021, com a segunda chegando em 11 de junho do mesmo ano, e uma terceira prometida. O programa igualmente teve 76 milhões de visualizações em contas de assinantes.

02 | Bridgerton


É curioso não ver a queridíssima The Crown entre as mais assistidas da plataforma – e acreditamos que ela estaria entre os vinte mais assistidos. Os aficionados por dramas e romances de época não precisam reclamar, pois aqui temos um substituto à altura. Bridgerton aborda a riqueza, luxúria e traição na corte britânica, vista através dos olhos da poderosa família do título. Fenômeno absoluto, que não por menos tem o dedo de Shonda Rhimes (responsável por sucessos como Grey’s Anatomy e Scandal) na produção. A série estreou em 25 dezembro de 2020 e obteve 82 milhões de visualizações em contas de assinantes. Sendo assim, uma segunda temporada já está confirmada para 2022.

01 | Round 6

Também conhecido pelo título Squid Game, a série mais assistida da Netflix veio lá da Coreia do Sul, demonstrando a força que o país tem no atual mercado do audiovisual. Recentemente, o fantástico Parasita (2019) quebrou barreiras ao ser eleito o melhor filme do ano no Oscar, e Round 6 chega para confirmar este “favoritismo” mundial. Acessado por 111 milhões de contas pelo mundo, Round 6 foi a única série da casa a ultrapassar a barreira dos 100 milhões de visualizações e em sua trama mistura elementos de Battle Royale (2000) e do próprio Parasita. Na história, pessoas pobres e endividadas, recebem uma proposta fora do comum: participar de jogos infantis por dinheiro. Ao chegaram num misterioso local, descobrem que existe muito mais em risco, como suas próprias vidas. A segunda temporada é só questão de tempo.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: