‘Tango e Cash’, o encontro explosivo de Sylvester Stallone e Kurt Russell

Quando há a ação sem pretensões mas com um importante refletir. Indicado ao Framboesa de Ouro em três categorias, de forma injusta, o longa-metragem de ação Tango & Cash – Os Vingadores reuniu no final da década de 80 dois dos maiores astros desse gênero pulsante nas bilheterias, Sylvester Stallone e Kurt Russell, para mostrar uma história, que mesmo de forma atabalhoada, bate na tecla da corrupção em alta escala e só por isso (e não só isso) já é um caminho interessante para gerar reflexão em uma sociedade em projeção planetária que sofre com esse mal.

De forma honesta e longe da pretensão de outros filmes de ação da época, Tango & Cash – Os Vingadores é dirigido pela dupla Andrey Konchalovskiy e Albert Magnoli com roteiro assinado por Randy Feldman.

Na trama, conhecemos Tango (Sylvester Stallone) e Cash (Kurt Russell) dois brilhantes policiais porém completamente diferentes em seus métodos profissionais e bem longe de serem amigos.

Ambos se tornam estrelas do departamento policial da cidade onde moram, ocupando quase sempre as capas dos jornais com grandes prisões e apreensões.

Quando um grupo de poderosos do crime resolvem criar uma cilada para eles, a dupla de protagonistas precisará salvar a própria pele e provar inocência.

Com um orçamento de 55 milhões de dólares e lançado poucos dias antes do natal de 1989 nos cinemas de todo o mundo, Tango & Cash – Os Vingadores é um projeto puro suco de entretenimento que desliza na sua simplicidade mas sem deixar de abrir o campo da reflexão quando pensamos em corrupção.

Definindo de forma simples em sua explosiva narrativa os heróis e os vilões, mesmo abarrotado de clichês, o longa-metragem agrada principalmente aos amantes do gênero ação. Exibido muitas vezes na Tv aberta brasileira anos atrás, o longa-metragem logo se tornou um projeto conhecido por aqui mesmo em uma época onde nem existia internet.

Não deixe de assistir:

Duas curiosidades interessantes: o filme foi um dos primeiros blockbusters hollywoodianos a chegar com força (mesmo que de forma pirata) aos países que faziam parte da União Soviética e logo após a queda do Muro de Berlim.

A segunda curiosidade é que esse projeto marca o primeiro de três trabalhos onde um personagem interpretado por Sylvester Stallone é um policial acusado de um crime que não cometeu. Na década de 90, o eterno Rocky Balboa estrelou os outros dois: O Demolidor e O Juiz.

Anos atrás rolou alguns rumores de uma possível continuação mas que só será possível se os dois protagonistas retornarem aos seus papeis. Será que ainda vai acontecer?

Lembrando que muitos filmes de ação vem ganhando continuações para os próximos anos, inclusive Risco Total, protagonizado por Sylvester Stallone. Saiba mais sobre alguns desses filmes nessa matéria aqui. Se você se interessou pelo filme você pode encontrá-lo no catálogo da HBO Max.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS