quarta-feira, abril 24, 2024

‘The Crown’: Última temporada é acusada FALSIFICAR história sobre Diana

De acordo com o Deadline, a nova temporada de ‘The Crown’ já está disponível na Netflix. Em seu último ano, a série, dividida em duas partes, narra os últimos dias da Princesa Diana. No entanto, o drama da Netflix está sendo acusado de distorcer os fatos ao retratar Mohamed Al-Fayed como uma espécie de cupido entre Diana e Dodi Fayed.

Nos primeiros episódios deste último ano, acompanhamos o início do romance entre Diana e Dodi nos ensolarados arredores do Mediterrâneo. Contudo, o drama real de Peter Morgan sugere que o relacionamento foi arquitetado por Al-Fayed, o falecido magnata egípcio, como parte de sua busca pela cidadania britânica.

Entretanto, essa alegação foi refutada em 1997, e Michael Cole, ex-porta-voz de Al-Fayed, reafirmou que seu ex-chefe não teve participação no romance de Diana e Dodi.

Cole enfatizou que nunca presenciou ou teve conhecimento de Al-Fayed planejando o relacionamento ou tentando tornar o caso conhecido mundialmente, incluindo a encomenda de fotos do casal.

“A Netflix e a empresa de produção descrevem The Crown como ‘ficção dramatizada’ e eu não vou discordar dessa caracterização. Isso significa que é inventado”, disse ele.

No primeiro episódio da última temporada, intitulado ‘Persona non Grata’, o drama nos transporta para o Mediterrâneo, onde Al-Fayed (Salim Dau) reintroduz Diana (Elizabeth Debicki) e Dodi (Khalid Abdalla) em seu iate, Jonikal.

Al-Fayed realmente convidou Diana e seus filhos, príncipes William e Harry, para sua vila em St. Tropez no verão de 1997. Na época, foi noticiado que Dodi se juntou a eles no Jonikal.

No entanto, o enredo permite ao escritor de ‘The Crown’, Morgan, criar várias histórias que divergem da realidade, de acordo com Cole, ex-secretário de imprensa de Al-Fayed.

No decorrer do episódio, Al-Fayed instrui Dodi a conquistar Diana, afirmando que ele a colocou “à disposição” e que um relacionamento entre os dois “finalmente o faria se orgulhar de você.”

Não deixe de assistir:

No Episódio 2, intitulado “Duas Fotos”, Al-Fayed ordena a uma empregada em seu iate que informe se Dodi e Diana estão “íntimos”. Após ser informado que estão compartilhando uma cama, o drama da Netflix sugere que Al-Fayed contratou o fotógrafo italiano Mario Brenna para capturar as famosas fotos de Diana e Dodi em um abraço privado no Jonikal.

“Como encontro um bom fotógrafo paparazzi?”, pergunta o Al-Fayed a seu assistente. “Não apenas qualquer idiota com uma lente longa. Eu quero o melhor fotógrafo do Mediterrâneo.”

Cole disse que a sugestão do envolvimento de Al-Fayed no relacionamento é “totalmente sem sentido”. Ele acrescentou: “Mohamed era um homem notável de muitas maneiras. Ele estava encantado que seu filho mais velho e a querida amiga de sua família, Diana, estivessem juntos. Mas fazer duas pessoas se apaixonarem uma pela outra? Isso estava além até de seus grandes talentos.”

Al-Fayed faleceu em agosto, aos 94 anos. Cole disse que suspeita que seu ex-chefe, conhecido por falar o que pensava, teria “muito a dizer” sobre a versão de eventos de ‘The Crown’.

A Netflix não fez comentários.

A primeira parte da última temporada já está disponível na Netflix, a segunda parte chega  em 14 de dezembro.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS