Walton Goggins é confirmado como vilão no reboot de ‘Tomb Raider’

Walton Goggins é confirmado como vilão no reboot de ‘Tomb Raider’




Walton Goggins (‘Os Oito Odiados‘) confirmou no Instagram sua participação no filme e o início das gravações do reboot de ‘Tomb Raider‘. Goggins vai interpretar o vilão da trama.

O ator publicou uma foto na rede social em que mostra um chapéu em cima do roteiro do filme. E na legenda diz que está prestes visitar uma tumba.

Veja:

Uma foto publicada por Walton Goggins (@waltongogginsbonafide) em

Aproveite para assistir:


O reboot de ‘Tomb Raider‘, que trará Alicia Vikander na difícil missão de substituir Angelina Jolie como ‘Lara Croft‘, já começou as suas filmagens, que passarão por locações na África do Sul e na Inglaterra. A estreia acontece em 16 de março de 2018, com distribuição da Warner Bros.

Em entrevista ao HeyUGuys, o produtor Graham King revelou detalhes sobre a trama.

“Queremos voltar ao início de tudo. Nesse filme, Lara Croft será uma jovem em busca de seu pai. Ela não sabe se ele está vivo ou morto, e existe uma carga emocional muito grande em torno disso tudo. Foi esse dilema que atraiu Alicia ao papel. O roteiro é incrível e temos um ótimo diretor. Vai ser divertido.

Em recente entrevista, Vikander confirmou que o reinício da franquia nos cinemas será baseado no game desenvolvido pela Crystal Dynamics em 2013, recebido com louvor universal pelos críticos e s.

“Eles me disseram que o filme será baseado na reinicialização do jogo, lançado em 2013. Então será mais uma história de origem. Vamos entrar em um aspecto emocional ao conhecer Lara, e eu espero que seja de uma forma aprofundada. Por isso, espero fazer com que esse novo filme traga algo novo e fresco, que se manterá como uma nova franquia”, afirmou.

Vale lembrar que Vikander concorreu ao papel com a britânica Daisy Ridley, que roubou a cena em ‘Star Wars: O Despertar da Força‘, mas as negociações não prosperaram.

O norueguês Roar Uthaug (‘Presos no Gelo’) dirige. Geneva Robertson-Dworet roteiriza.

Os filmes estrelados por Angelina Jolie, em 2001 e 2003, foram produzidos pela Paramount. Juntos, arrecadaram cerca de 400 milhões de dólares mundialmente, o que animou a MGM em tentar mais uma vez colocar a heroína patrimônio da Internet no cinema.

tombraider_1



COMENTÁRIOS