Heath Ledger fez Christian Bale bater nele de verdade em ‘Batman: O Cavaleiro das Trevas’

Heath Ledger fez Christian Bale bater nele de verdade em ‘Batman: O Cavaleiro das Trevas’

COMPARTILHE!

Todo mundo lembra do Coringa de Heath Ledger. Realmente se tornou uma lenda do cinema e não só por ser o Coringa, mas por toda a dedicação e garra que o ator pôs em jogo para ser o personagem.

E nessa de entrar no personagem, Ledger realmente foi “socado” por Batman.

Christian Bale contou, há um tempo atrás, alguns momentos nos bastidores da trilogia de Christopher Nolan, no livro ‘100 Things Batman Fans Should Know & Do Before They Die“, ou ‘100 Coisas que os Fãs de Batman Devem Saber e Fazer Antes de Morrer’.

O autor do livro, Joseph McCabe, entrevistou Bale e Nolan – em 2008 – e teve a change de falar com Ledger em 2007.

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

Um dos melhores momentos dos bastidores é a cena do interrogatório em que Ledger realmente fez com que Bale batesse nele.

Christian conta:

“Como se vê no filme, Batman começa a bater no Coringa e percebe que ele não é um inimigo comum. Porquê quanto mais eu bato nele, mais ele gosta, mais eu estou dando satisfação a ele. Heath estava se comportando de uma maneira muito semelhante. Ele estava realmente me irritando. Eu estava dizendo ‘quer saber? Eu não preciso realmente bater em você. Vai parecer tão bom quanto se eu não fizer isso’. Mas ele veio com ‘continue, continue, continue…’. Ele estava se derrubando, havia paredes de azulejos dentro daquele set que quebraram e se despedaçaram com ele se jogando. Seu compromisso era completo.”

A cena do interrogatório foi a primeira entre Bale e Ledger, então a loucura dessa cena deu o tom do filme.

“Eu vi que ele era um ator completamente comprometido e ele super entendia o tom que Chris [Nolan] estava tentando criar. Nós não procuramos atores que ficam brincando de fazer caricaturas malucas dos personagens. Nós tratamos isso como um drama sério.”

O método de Ledger foi o que manteve ele em toda a produção. Mas, Christian também se lembra da pessoa por trás da máscara:

“Você entra no personagem e fica no personagem. Eu adoro isso. Eu achei tão absurdo que eu amei. Quando ele estava com a maquiagem e a roupa, ele era o personagem. E quando ele tirava, era uma companhia fantástica para se ter por perto.”

 

 

 

 


Crítica Liga da Justiça


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.