sábado, maio 25, 2024

10 curiosidades de ‘Shazam!’, um dos melhores filmes do DCEU

Lançado em 2019, Shazam! veio em uma época de redefinições e incertezas na DC. Vindo quase como uma última chance de fazer o Universo Estendido DC encaixar, o longa apostou numa pegada mais leve e divertida para contar a história do menino abandonado pela mãe que acaba recebendo os poderes dos deuses gregos e se transforma em um super-herói adulto quando repete a palavra “Shazam”.

O filme foi um sucesso de crítica e é considerado um dos melhores projetos do falecido DCEU até os dias de hoje, mesmo rendendo uma sequência bem abaixo das expectativas. Então, o CinePOP escolheu dez curiosidades que você talvez não conheça sobre o filme. Confira!

Duelo de titãs

A ideia original para o filme era trazer um embate entre o Shazam e o Adão Negro, funcionando como um tipo de introdução para o herói e o anti-herói. No entanto, a Warner aprovou o longa do focado no antagonista, que seria produzido e estrelado por Dwayne Johnson. Então, eles decidiram fazer os dois filmes, deixando a origem do Adão Negro para o filme solo dele. Ainda assim, introduziram um pouco de sua história ao mencionar um antigo campeão no Egito.

Diga o nome!

Nas histórias em quadrinhos, o herói foi originalmente chamado de Capitão Marvel e assim foi conhecido por décadas. No entanto, com o passar dos anos e a criação de personagens com nomes similares por parte da Marvel, a DC, anos depois de ter comprado o acervo da Fawcett Comics, decidiu renomear o herói para Shazam. A mudança aconteceu em 2011. No filme, eles brincam o tempo inteiro com Billy Batson tentando escolher um nome de super, mas ele jamais se denomina como Shazam ou Capitão Marvel.

Adaptação

Nos quadrinhos, o Shazam é o herói protetor da cidade de Fawcett, uma homenagem à editora original na qual o Capitão Marvel foi criado. Entretanto, o filme é todo ambientado na Filadélfia, incluindo algumas brincadeiras com Rocky, Um Lutador. Ainda assim, eles decidiram manter a homenagem a Fawcett Comics chamando o colégio em que Billy estuda de Fawcett Central.

Pioneiro

Não deixe de assistir:

Se o primeiro herói das histórias em quadrinhos é o Fantasma, o pioneiro a ser adaptado para Hollywood foi o Shazam. Ele foi o grande astro de As Aventuras do Capitão Marvel, lançado em 1941. Um grande sucesso da época.

Vilão

O principal vilão do filme é o Doutor Silvana. Ele é interpretado por Mark Strong, que definiu o personagem como um “bastardo maligno”. Ao longo da trama, ele é associado ao número “8”, portando até mesmo uma “bola 8” de brinquedo. Isso é uma menção aos pecados do cristianismo ortodoxo. Nele, o oitavo pecado capital é o “desespero”. Como ele se associa aos 7 Pecados Capitais, o Silvana seria essa representação do oitavo.

Direto dos anos 80

Falando nos 7 Pecados Capitais, o diretor do filme, David F. Sandberg afirmou que se inspirou no visual dos cães do inferno de Os Caça-Fantasmas (1984) para compor a aparência e o comportamento dos vilões secundários.

Annabelle

Na cena em que Billy Batson (Asher Angel) prende os policiais na loja, é possível ver a boneca Annabelle em uma prateleira. Esse acabou virando um easter egg interessante do extinto Universo Estendido DC. Ela também aparece brevemente em Aquaman (2018) e Shazam! Fúria dos Deuses (2023). Ela foi inserida porque David F. Sandberg dirigiu Annabelle 2: A Criação do Mal (2017), enquanto James Wan, de Aquaman, é a grande mente por trás do universo Invocação do Mal.

Segunda chance

Quando recebeu o convite para fazer os testes, Zachary Levi não pensou duas vezes em aceitar. Ele havia passado por uma experiência meio ruim no MCU, onde interpretou o Fandral, um dos amigos do Thor a partir do segundo capítulo da quadrilogia, que acabaria sendo morto sem qualquer tipo de destaque, diferentemente do que havia sido prometido a ele por Kevin Feige. Para viver o herói, ele ganhou cerca de 9kg de pura massa muscular, ficando com aproximadamente 100kg, o mesmo peso do Superman de Christopher Reeve.

Polêmico

A maior polêmica do filme foi o traje do herói. As primeiras imagens de Levi vestido como o Shazam vazaram na internet, fazendo com que os fãs reclamassem do visual do uniforme, que parecia ter enchimentos. Apesar de ser nítido que há uma parte considerável de enchimento, a direção garantiu que era bem pouco, sendo a maior parte do ‘inchaço’ muscular vindo da malhação de Zachary Levi. Já o time de produção disse que a maior dificuldade da roupa foi criar um raio que ficasse bem no peitoral do herói.

Logística

Mesmo sendo um dos filmes de menor orçamento do Universo Estendido DC, que custou entre 90 e 100 milhões de dólares, Shazam! não chegou perto de fazer a bilheteria esperada. O longa arrecadou mais de 367 milhões de dólares, dando lucro para o estúdio, mas longe de se tornar o fenômeno esperado. Parte disso foi culpa da logística de lançamento nos cinemas. O filme estreou algumas semanas antes de Vingadores: Ultimato, que viria a ser a maior bilheteria de 2019, chegando a superar o recorde de Avatar (2009).

Shazam! está disponível no Max.

Mais notícias...

Pedro Sobreirohttp://cinepop.com.br/
Jornalista apaixonado por entretenimento, com passagens por sites, revistas e emissoras como repórter, crítico e produtor.

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS