quinta-feira, abril 18, 2024

10 Filmes dos Últimos CINCO Anos, que você nem sabia que tinham sido Lançados!

Todos nós amamos filmes, mas é simplesmente impossível acompanhar tudo o que é lançado atualmente. A oferta é muito grande. Desta forma, todo cinéfilo sempre acaba deixando passar alguma produção, que escapa ao radar. Seja por falta de distribuição nos cinemas, ou em plataformas de streaming, alguns longas parecem simplesmente sumir da face da Terra após seu lançamento, não sendo sequer mencionado nunca mais.

Nosso papel aqui no CinePOP é, em grande parte, este também: ajudar você a conhecer, lembrar ou redescobrir filmes que parecem ter caído no anonimato mais rápido do que conseguimos acessar nossa plataforma de streaming favorita. E pior ainda é quando tais filmes são recentes, tendo estreado há menos de cinco anos, mas passando totalmente em branco sem que quase ninguém tome conhecimento de que foi lançado. Confira abaixo os filmes com artistas famosos, lançados nos últimos cinco anos, que você nem sabia que tinham estreado.

Ferida (2020)

Halle Berry é uma atriz vencedora do Oscar. Mas não foi uma vencedora qualquer. Berry se tornou a primeira atriz negra a vencer na categoria de protagonista (pelo filme ‘A Última Ceia’). E infelizmente, também a única até o momento. Aqui, em uma parceria com a Netflix, Halle Berry estreia atrás das câmeras como diretora, e também protagoniza nesse drama, no qual interpreta Jackie Justice, uma lutadora de MMA em fim de carreira, que ensaia um retorno triunfal aos ringues. Você já tinha ouvido falar?

Ninguém Brinca com Jesus Quintana (2019)

Quem já via filmes na década de 90, certamente conhece o cult máximo ‘O Grande Lebowski’ (1998), comédia dos irmãos Coen. Ainda muito presente na cultura pop, o filme traz Jeff Bridges como o sujeito “mais preguiçoso de Los Angeles”, que se mete em uma trama de sequestro. Dentre tantos personagens icônicos do filme, um dos que se destaca é Jesus, o jogador de boliche latino do time rival, interpretado por John Turturro. Pois bem, você sabia que sabia que o próprio Turturro tirou um derivado só com Jesus e o lançou na Itália em 2019 e nos EUA em 2020? No elenco, Susan Sarandon, Audrey Tautou, Jon Hamm, Bobby Cannavale, Christopher Walken e Pete Davidson.

Um Fim de Semana com Holly (2020)

O sonho erótico de muitos homens se concretiza na forma deste filme, que aposta na beleza e sex appeal da britânica Nathalie Emmanuel. Mais conhecida como a Missandei de ‘Game of Thrones’ e como a Ramsey da franquia ‘Velozes e Furiosos’ no cinema, Emmanuel é o nome mais chamativo do elenco de ‘Um Fim de Semana com Holly’.

Ela interpreta a personagem título, que chega para passar um fim de semana na casa de uma antiga colega de faculdade, papel de Britt Lower, da série ‘Ruptura’, e do marido dela. O casal está passando por uma crise no casamento, mas o sujeito (papel de Josh Lawson) descobre que sua esposa teve um caso com a amiga na época em que eram estudantes. Agora vê a oportunidade de sexo a três, que o enlouquece.

Não deixe de assistir:

The Very Excellent Mr. Dundee (2020)

Só aqueles que cresceram nos anos 80 e 90 conseguem mensurar o sucesso que foi a comédia ‘Crocodilo Dundee’ (1986), uma fórmula inocente e agradável de “peixe fora d’água”, trazendo um caipira do interior da Austrália para as ruas perigosas de Nova York nos anos 80. O longa se tornou um fenômeno, gerou duas continuações, e transformou o protagonista Paul Hogan e símbolo do turismo da Austrália até hoje. É justamente essa fama que Hogan aproveita para mais um filme que brinca com toda a mitologia de seu personagem mais famoso.

The Banana Splits Movie (2019)

Antes de ‘Ursinho Pooh – Sangue e Mel’ e antes de ‘Five Nights at Freddy’s’, outro filme já transformava personagens animatrônicos fofos da cultura pop em maníacos homicidas, em um longa que mistura terror e comédia. É claro que passou fora de todos os radares – apesar de ter sido exibido na San Diego Comic Com em 2019. Antes de o Ursinho Pooh, de o Grinch e agora de o Mickey caírem em domínio público, quem caiu foi a banda formada por quatro animais de pelúcia chamada The Banana Splits. Esse era um programa de TV antigo que estreou ainda no fim dos anos 60 e rolou até 1980. No filme, os animatrônicos se tornam assassinos.

A Gente se Vê Ontem (2019)

Produzido por Spike Lee, essa é uma ficção científica de aventura juvenil. O filme fez sua estreia no Festival de Tribeca antes de ser lançado na Netflix. Na trama, dois adolescentes negros, a menina C.J. (Eden Duncan-Smith) e o menino Sebastian (Dante Crichlow) constroem uma máquina no tempo. Com o artefato, resolvem salvar a vida do irmão mais velho de C.J., assassinado pela polícia, voltando no tempo e impedindo a tragédia. Como podemos ver, o filme usa de uma situação muito real como pano de fundo para sua aventura de ficção.

Seguindo em Frente (2022)

Agora temos uma comédia que estreou no prestigiado Festival de Toronto, escrita e dirigida por Paul Weitz, de ‘Um Grande Garoto’ (2002). O longa é estrelado por duas das maiores veteranas ainda em atividade em Hollywood. A musa Jane Fonda e a comediante Lily Tomlin se encontraram nas telas pela primeira vez há mais de 40 anos, no icônico ‘Como Eliminar seu Chefe’ (1980), um filme ainda hoje muito atual e à frente de seu tempo. Depois disso, a dupla refez a parceria na série de sucesso ‘Grace and Frankie’ (2015-2022) e mais recentemente em ’80 For Brady’. Aqui, elas estão mais uma vez juntas, planejando o assassinato do marido horrível de uma ex-colega falecida.

Flag Day – Dias Perdidos (2021)

Exibido no prestigiadíssimo Festival de Cannes, no qual fez sua estreia, aqui temos um thriller dramático dirigido e estrelado por Sean Penn, ator duas vezes vencedor do Oscar. Um dos atrativos do longa é o fato de que pela primeira vez, Penn atua e dirige a própria filha, Dylan Penn (que é a cara da mãe Robin Wright), em seu primeiro papel de destaque no cinema. No filme, Sean e Dylan vivem pai e filha, mas o sujeito não tem sido inteiramente sincero com a jovem. A fim de sustenta-la, seu trabalho consiste em falsificações, golpes e assaltos a banco, sem que ela saiba.

Carmen (2022)

Esse aqui, embora tenha sido lançado na surdina, já está no acervo da HBO Max para todos aqueles que quiserem conferi-lo. Trata-se da adaptação da ópera clássica ‘Carmen’, criada ainda em 1875 pelo compositor francês Georges Bizet. Aqui, em versão moderna, na forma de um musical com muita dança, a história de amor e tragédia é impulsionada pela presença da mexicana Melissa Barrera, de ‘Em um Bairro de Nova York’ (2021) e os novos filmes ‘Pânico’, no papel título. Uma jovem cigana dividida entre dois amores. Fazendo par com ela, o indicado ao Oscar Paul Mescal (‘Aftersun’). O filme conta ainda com a presença de Rossy de Palma, musa dos filmes de Pedro Almodóvar.

Um Paraíso Perigoso (2022)

Terminando a lista, temos um filme para os fãs do estilo “tiro, porrada e bomba”, que reúne em cena dois dos maiores astros a já terem passado por Hollywood. John Travolta e Bruce Willis trabalharam juntos em um filme pela primeira vez em ‘Olha Quem Está Falando’ (1989), comédia clássica dos anos 80, na qual Travolta protagoniza e Willis cede a voz para o bebê Mikey. Os dois voltaram para a continuação em 1990.

Mas o que com certeza todos lembram e comentam até hoje é ‘Pulp Fiction’ (1994), de Quentin Tarantino, onde Travolta dança e mata na pele do mafioso Vincent Vega, e Willis interpreta o boxeador Butch Coolidge, o herói do filme. Em um dos últimos trabalhos de Willis, que infelizmente teve que se aposentar por motivos de uma grave doença, ele interpreta um policial veterano, ajudando uma equipe de agentes a derrubar um poderoso narcotraficante que domina o Havaí, papel de Travolta. A direção é de Chuck Russell, o mesmo de ‘O Máskara’ (1994).

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS