10 Filmes tão fortes que foram banidos

10 Filmes tão fortes que foram banidos


Até que ponto um filme pode ser perturbador?

Alguns filmes são feitos para chocar, aterrorizar e perturbar. No entanto, às vezes algumas produções podem passar do limite e acabar sendo banidas, apesar da censura máxima. Conheça na lista abaixo, produções que são tão fortes que foram proibidas:

Salò ou os 120 Dias de Sodoma

Concebido para ser uma trilogia, mas sem as duas outras partes, pois o diretor Pier Paolo Pasolini foi assassinado alguns meses depois que terminou o filme. A obra é considerada umas das mais perturbadoras do cinema, e mesmo quarenta anos depois de seu lançamento, o longa continua a ser banido em vários países.



Lançado em 1975, ‘Salò ou os 120 Dias de Sodoma’ nos apresenta uma trama onde quatro fascistas sequestram dezesseis jovens, meninos e meninas, submetendo-os a 120 dias de tortura física, sexual e mental.

Nekromantik

Longa que marcou a estreia do alemão Jörg Buttgereit como diretor. Lançado em 1987, o filme do gênero terror foi banido em vários países, incluindo a própria Alemanha, e com o tempo pelo seu impacto e transgressão ganhou o status de cult.

Considerado repulsivo e perturbador, ‘Necromantik’ mostra a história Rob (Daktari Lorenz), um faxineiro especializado em remover cadáveres das ruas. Após um terrível acidente, o rapaz decide levar para sua casa um cadáver, assim, ele e a esposa poderiam praticar necrofilia. Mas, o faxineiro começa a perceber que sua esposa prefere o cadáver a ele.

Holocausto Canibal

Filme polêmico e de grande notoriedade. Ruggero Deodato chocou o mundo ao apresentar cenas explicitas de mutilação, estupro e também sequências reais de animais sendo mortos. Sucesso de bilheteria no Japão, o filme italiano foi banido de diversos países, como na própria Itália, Austrália, Finlândia, entre outros.

Holocausto Canibal’ (1981), conta a história de quatro documentaristas desaparecidos que haviam ido à Amazônia para filmar tribos indígenas. Meses mais tarde, um famoso antropólogo Harold Monroe (Robert Kerman) viaja com a missão de encontra-los.  Chegando lá, ele descobre que os cineastas foram mortos, mas ele consegue recuperar os rolos de filmagens perdidos pela equipe, onde está gravado todo o terror que viveram.

A Serbian Film: Terror Sem Limites

Filme banido na Noruega, devido sua extrema violência e representação de sexo com crianças. No Brasil, o longa foi proibido, quando seria exibido no RioFan - Festival Fantástico do Rio 2011, retirado da programação por exigência da Caixa Econômica Federal, patrocinadora do evento.

Primeiro filme do diretor Srdjan Spasojevic, ‘A Serbian Film - Terror sem Limites’ mostra um ator pornô que está no fim da carreira e que concorda em participar de um filme com muita "arte", mas é levado a fazer cenas exploratórias como abuso infantil e necrofilia.

O Antropófago

Longa italiano e polêmico, Joe D'Amato, diretor do filme, chegou a ser acusado de usar um feto real em uma das cenas, mas na verdade era um coelho sem pele. Com cenas explícitas, a produção foi banida em alguns países, por conter sequências de autofagia.

O Antropófago’, de 1980, apresenta uma história ambientada em uma pequena e isolada ilha, onde jovens turistas chegam e são obrigados a passar a noite. Mas eles acabam tornando-se vítimas de um terrível morador, um assassino canibal que devorou todos os habitantes locais.

Centopeia Humana 2

Considerado um risco para os espectadores, a continuação de ‘Centopeia Humana’ foi banida do Reino Unido. O diretor Tom Six prometeu um segundo filme mais forte que o primeiro e a produção acabou não sendo aprovada pelo Conselho Britânico de Classificação de Filmes.

O polêmico ‘Centopeia Humana 2’ (2011) nos apresenta Martin (Laurence R. Harvey), um homem solitário com problemas mentais, que vive com a mãe. Ele que é um grande fã do primeiro filme, decide recriar o experimento fictício visto do primeiro longa.

Visitor Q

Um longa japonês que mostra sexo, drogas, incesto e necrofilia.  E esses podem ser alguns dos motivos para o filme ter sido banido do Singapore Film Festival e também ser proibido em vários países.

Dirigido por Takashi Miike (13 Assassinos), a produção retrata, de forma bizarra, a crise da família burguesa no Japão, contanto a história de Kiyoshi Yamazaki (Kenichi Endo). Um jornalista quer fazer uma reportagem sobre violência e sexo no seu país, mas para realizar sua matéria ele aproveita da sua própria família.

Retrato de um Assassino

Um filme baseado em uma história real, que mostrou de forma realista os crimes do serial killer americano Henry Lee Lucas. Finalizado em 1986, o longa foi banido e só foi relançado três anos depois. Mesmo assim, em uma das exibições na Nova Zelândia, em 1991, a produção foi censurada e sofreu cortes.

Premiado, o filme dirigido por John McNaughton (Garotas Selvagens) acompanha a rotina de Henry (Michael Rooker), um rapaz que vive com seu ex-colega de prisão e sofre de distúrbio que o leva a matar pessoas de formas brutais.

Subconscious Cruelty

Um filme independente, lançado em 1999, com direção e roteiro de Karim Hussaim. Produção cinematográfica considerada uma das mais bizarras, grotescas e polêmicas de todos os tempos. Sendo exibido em diversos Festivais, o longa foi banido por cerca de cinco anos, em grande parte dos países que conseguiram exibi-lo.

Subconscious Cruelty’ é divido em quatro segmentos e tem a capacidade de revelar o lado mais cruel do ser humano. Apresentando cenas nítidas de assassinatos de bebês, sacrifícios cristãos, órgãos devorados, perversão sexual explícita.

Mikey

Um filme que choca por trazer uma criança como o seu grande vilão. Sendo um terror psicológico, com muitas cenas explícitas de tortura e assassinatos, a produção foi banida em muitos países e ainda hoje sua exibição é proibida em alguns lugares da Europa.

Lançado em 1994, ‘Mickey’ narra a história do personagem título: um menino de nove anos que é sociopata e cujas famílias com quem viveu sofreram diversos "acidentes" inexplicáveis.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c