7 Histórias de Stephen King Que Poderiam Ganhar Adaptação

7 Histórias de Stephen King Que Poderiam Ganhar Adaptação



Sabemos que o escritor Stephen King nunca saiu de moda, mas é também verdade que ele nunca antes esteve tão em alta. É filme, série, bonequinhos, novas edições… Enfim, o nome do mestre do terror é sinônimo de retorno garantido, por isso listamos aqui alguns de seus trabalhos que poderiam facilmente ganhar uma adaptação para as telonas. Será que vocês concordam?

7 – ‘A Autoestrada (Roadwork)’

Um dos primeiros trabalhos de Stephen King, ainda em início de carreira, assinando com o pseudônimo Richard Bachman. Publicado em 1981, conta a história de Barton George Dawes, que fica sabendo que uma autoestrada será construída e, por conta disso, seu local de trabalho e sua casa serão demolidos. Depois de ter perdido quase tudo na vida, Barton irá se agarrar à causa de impedir a realização dessa obra, pois nestes locais estão todas as memórias de sua vida. Ou seja, é um filme que, de tão dramático, poderia até levar um ou dois Oscars, né? Porém, há rumores de que uma adaptação possa estar a caminho.

Aproveite para assistir:


6 – ‘The Mangler’

Publicado primeiramente no formato de conto na revista Cavalier, em 1972, ‘The Magler’ (em tradução livre, ‘A Máquina Mortífera’) já foi adaptado anteriormente, no ano de 1995, porém, passados quase trinta anos, poderia muito bem ganhar nova roupagem, afinal, os efeitos especiais evoluíram muito nas últimas décadas e poderia dar nova vida à terrível máquina de prensar que acaba engolindo as pessoas e espirrando sangue para todos os lados. Alô James Wan, fica a dica aqui!

5 – ‘A Metade Negra’

Em 1989, Stephen King escreveu um terror psicológico que foi adaptado quatro anos depois pelas mãos do diretor George Romero. No relançamento do livro, a editora Suma acertadamente trocou a tradução do título para ‘A Metade Sombria’. Na trama, o escritor Thad Beaumont tenta se livrar de seu pseudônimo, George Stark (mais um Stark para ser eliminado do mapa, rs). Só que depois de tanto tempo trabalhando juntos, o pseudônimo já virou uma entidade real, que passa a aterrorizar a família e os amigos do escritor. Nem um pouco a ver com a realidade, viu gente?

4 – ‘Rose Madder’

Esta é uma história que, mesmo vinte e cinco anos depois, permanece tão atual quanto na época de seu lançamento, em 1995. Rose McClendon não tinha ideia de que, ao se casar com o policial Norman Daniels, sua vida se transformaria – e para pior. Logo nos primeiros dias de casada seu marido já se mostra um homem abusivo, e, quatorze anos depois, ela dá um basta e consegue fugir dele. Só que Norman é um policial experiente, e fará de tudo para reencontrar sua mulher.

3 – ‘Duma Key

Um terrível acidente num estaleiro faz com que Edgar Freemantle perca o braço direito, o que o deixa instável psicologicamente. Quando toda a sua vida cai em ruínas, Edgar resolve se mudar para uma casinha em Duma Key, onde faz novas amizades, cujo passado começa a atormentá-lo. O livro é de 2008 e, dada a possibilidade de continuação, poderia ganhar o formato de uma série, estilo ‘True Detective’ hein.

2 – ‘From a Buick 8’

Para os fãs de ‘Christine’, uma nova história de terror com carros viria bem a calhar, né? Essa história, de 2002, leva o mestre Stephen King de volta ao universo dos automóveis aterrorizantes. Isso porque na Pensilvânia, no Departamento de Polícia, há um carro modelo Buick 8 que ninguém utiliza há anos porque ele possui poderes que ninguém consegue frear. Talvez a história não seja tão agradável para a geração millenial, mas para a galera dos anos 80 isso aqui é prato cheio. Podia muito bem ganhar uma versão tosca-cult para passar nas sessões de meia-noite nos festivais de cinema.

1 – ‘Stephen King, A Biografia’

A bem da verdade, todas as histórias escritas por Stephen King poderiam ganhar adaptações em qualquer formato, mas o que realmente seria interessante tanto para os fãs do escritor quanto para os cinéfilos seria uma biografia adaptada (não um documentário com entrevistas, mas um filme mesmo), que é pra inspirar a gente a criar nossos próprios monstros. A história da vida dele nós já temos no mercado, escrita pelo próprio mestre, então, o que está faltando para dar andamento a esse projeto?



COMENTÁRIOS