Ações da Netflix caem com os novos anúncios do streaming Disney+

Ações da Netflix caem com os novos anúncios do streaming Disney+



A Disney roubou as atenções do mundo ao longo desta semana, ao anunciar vários detalhes de seu novo serviço de streaming, intitulado Disney+.

Durante a Investor Day, a empresa compartilhou informações relacionadas às suas novas produções originais, além de compartilhar a primeira imagem oficial do menu da plataforma, pontuando que o serviço chega em 12 de novembro de 2019.

Este anúncio impactou diretamente a Netflix, que mediante às revelações de valores, grade de programação e planejamento de expansão global da nova plataforma, teve uma queda em suas ações.

Segundo a CNBC, as ações caíram 4%, em virtude do avanços da Disney+. Essa queda significa uma perda de US$ 7 bilhões do valor de mercado da Netflix. Embora a quantia seja generosa, é importante lembrar também que o streaming sofreu um aumento de 14% nos últimos 12 meses em sua quota de mercado.

O valor da mensalidade do Disney+ será de US$ 6,99, renovado mês a mês.

Caso o usuário queria ser um assinante a longo prazo, ele poderá fechar um pacote anual equivalente a US$ 69,99. Esse valor total traz um desconto significativo de quase US$ 14 em relação ao valor da assinatura renovada mensalmente.

Aproveite para assistir:


Como a plataforma estará inicialmente disponível apenas nos EUA, a empresa ainda não estipulou sua faixa de preços para os mercados internacionais, como o Brasil. Convertendo seguindo o câmbio da última sexta-feira (12), o valor em reais seria de cerca de R$ 27 por mês – competindo facilmente com os novos valores da Netflix. Já o pacote anual custaria aproximadamente R$ 220.

É claro que a precificação do serviço no Brasil vai considerar algumas variáveis, como inflação do momento e outros impostos e taxas, o que pode impactar diretamente no valor final do serviço. Vamos torcer para que o custo seja viável!

 

 



COMENTÁRIOS