Após Globo de Ouro, ‘Bohemian Rhapsody’ vai ganhar versão sing-a-long nos cinemas

Após Globo de Ouro, ‘Bohemian Rhapsody’ vai ganhar versão sing-a-long nos cinemas



A trajetória de sucesso da cinebiografia ‘Bohemian Rhapsody‘ continua seguindo firme e forte e após sua vitória em duas das principais categorias do Globo de Ouro (Melhor Filme de Drama e Melhor Ator em Filme de Drama), a produção voltará aos cinemas, em uma versão especial.

A Fox e a New Regency anunciaram que o longa será relançado nos cinemas em formato sing-a-long, trazendo todas as letras das canções cantadas ao longo da trama. Essa nova versão permite ao espectador cantar junto (conforme o próprio significado da expressão), podendo acompanhar a música que aparecerá na tela.

O lançamento será  feito de forma limitada, em apenas 750 cinemas, distribuídos entre os Estados Unidos e o Canadá. A versão estará disponível a partir desta sexta-feira (11).

Em um comunicado oficial, o presidente de Distribuição Doméstica da Fox, Chris Aronson, falou sobre a nova experiência que os fãs poderão ter:

“Estamos empolgados por poder dar às audiências a oportunidade de ver esse grande filme vencedor do Globo de Ouro, que conta com a espetacular atuação – vencedora do Globo de Ouro – de Rami Malek, nos cinemas ao redor dos Estados Unidos e Canadá, tanto em sua forma original, como em uma experiência inédita na versão sing-a-long”.

 

Aproveite para assistir:


A Fox Home Entertainment Digital lança nas plataformas digitais – locação e compra – o icônico e premiado Bohemian Rhapsody (Bohemian Rhapsody, 2018), a partir do dia 07 de fevereiro. A versão disponível para compra traz uma nova experiência aos fãs, com especiais sobre a história da banda, os bastidores do filme e entrevistas, além da versão completa do histórico show “Live Aid”, realizado em Londres no ano de 1985, com o objetivo de arrecadar fundos para a população da Etiópia.

Bohemian Rhapsody‘ é uma celebração exuberante do Queen, sua música e seu extraordinário cantor principal Freddie Mercury, que desafiou estereótipos e quebrou convenções para se tornar um dos artistas mais amados do planeta. O filme mostra o sucesso meteórico da banda através de suas canções icônicas e som revolucionário, a quase implosão quando o estilo de vida de Mercury sai do controle e o reencontro triunfal na véspera do Live Aid, onde Mercury, agora enfrentando uma doença fatal, comanda a banda em uma das maiores apresentações da história do rock. Durante esse processo, foi consolidado o legado da banda que sempre foi mais como uma família, e que continua a inspirar desajustados, sonhadores e amantes de música até os dias de hoje.



COMENTÁRIOS