Após Luc Besson, Chris Columbus também critica os filmes de super-heróis

Após Luc Besson, Chris Columbus também critica os filmes de super-heróis


O roteirista e diretor Chris Columbus ('Harry Potter', 'Gremlins') assistiu a entrevista do CinePOP com o diretor francês Luc Besson e se juntou a ele para criticar os filmes de super-heróis.

"Quando eu era criança, sempre fui fã dos quadrinhos. Ironicamente, foram os quadrinhos da Marvel, Homem-Aranha, Nick Fury e Demolidor, que me fizerem querer ser um diretor de cinema. Porém, não tenho vontade de fazer esses filmes de super-heróis atuais. Antes, as histórias eram reais: os super-heróis tinham falhas e eram humanos", afirmou.

Segundo ele, a proposta dos filmes atuais de super-heróis foge totalmente dos quadrinhos.

"Hoje em dia, Hollywood coloca um ponto de vista cínico sobre esses heróis e fazem os filmes apenas para arrecadar dinheiro", concluiu.




Columbus dirigiu os dois primeiros 'Harry Potter' e 'Percy Jackson'.

Na última semana, o editor-chefe Renato Marafon teve a oportunidade de entrevistar Besson.

Sem papas na língua, ele criticou os filmes de super-heróis hollywoodianos:

"Que país no mundo teria a coragem de chamar um filme de 'Capitão Brasil'? Ou 'Capitão França'?
Ninguém, nós ficaríamos super envergonhados", afirmou.

Assista a entrevista e nossa crítica:

 





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c