Mesmo passados cinco anos do final da série ‘Dexter‘, um dos grandes sucessos da Showtime, o polêmico final sempre rende discussões entre os fãs fiéis.

Reconhecendo as opiniões divididas, o ator protagonista Michael C. Hall defendeu o final da série:

“Ele parece estar em um exílio auto-imposto, ele certamente não foi em direção ao pôr-do-sol. Sua irmã morreu. Isso deixou um nó na garganta de alguns espectadores. Eu defendo a forma como a 8ª temporada acabou. Se ele tivesse continuado matando pessoas, ele estaria bem, mas ele se casa, ele abre sua imaginação e seu coração. Ele tem uma conexão real com pessoas e todas elas são comprometidas ou destruídas de alguma forma. Para tudo ficar arrumado depois disso não teria sido honesto. Ele simular sua própria morte e se isolar dele mesmo e do contexto de sua vida fez sentido pra mim”.

Recentemente, o ator também comentou a possibilidade de um revival da série:


“Toda vez que me perguntam disso, eu digo ‘nunca diga nunca’. A única coisa que sei é que há um anúncio na internet avisando ‘que ele fará de novo’. A maneira que o show acabou não deu sentimento real de conclusão para as pessoas e deixou muitas perguntas sem resposta. Esse exílio do personagem não é nada parecido com um final feliz.”.

“Há diferentes possibilidades a surgir. Mas ainda não sentiram que vale a pena fazer. Mas ainda há potencial, embora não aja nenhum plano imediato para realizá-las.”.

Dexter‘ foi um dos maiores sucessos do Showtime, conquistando uma legião de fãs ao longo de oito temporadas.

Facebook Comments

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE