As 10 mortes mais marcantes de Game of Thrones

As 10 mortes mais marcantes de Game of Thrones



Se tem uma coisa que não falta em Game of Thrones são mortes memoráveis. Temos de todos os tipos e gostos, de figurantes e de protagonistas, de homens, mulheres e animais. Aproveitando que a série está chegando para sua oitava e última temporada, o CinePOP decidiu relembrar as 10 mortes mais marcantes da série até aqui.

Sentiu falta de alguma? Teve alguma morte que lhe chocou mais? Quem você acha que vai morrer na última temporada? Não deixe de participar através dos nossos comentários.

GOT retorna no próximo dia 15 de abril, na HBO.

10) Ygritte

Quando: Quarta temporada, episódio nove


Aproveite para assistir:


Após uma história de idas e vindas com Jon Snow, Ygritte acaba morrendo em uma batalha na qual enfrentava o exército do amado. Na Batalha de Castle Black, Ygritte recebe uma flechada de Olly e não resiste. Ela trocava olhares com Jon no momento do disparo, o que só aumenta o impacto da cena. Jon Snow viria a sofrer com Olly pouco depois, mas logo voltaria para se vingar do garoto.

9) Lady Olenna Tyrell

Quando: Sétima temporada, episódio sete

Ninguém soube morrer tão bem em Game of Thrones quanto Lady Olenna Tyrell. Fria e calculista, ela tem o reino invadido por Jaime Lannister e seu exército. Batida na guerra, Olenna manteve a pose e não perdeu a compostura. Ao beber o vinho envenenado oferecido por Jaime, ela conversa com o sujeito e, ao fim, revela que foi a responsável pelo assassinato de Joffrey, filho “não oficial” de Jaime com a irmã Cersei. Um trabalho memorável da atriz Diana Rigg.

8) Hodor

Quando: Sexta temporada, episódio cinco

Simples cuidador dos estábulos de Winterfell, Hodor ajuda Bran Stark a escapar de Theon Greyjoy e praticamente carrega o garoto por toda a série. E morre justamente tentando proteger Bran (e Meera). A parte mais triste em sua morte é que ela vem acompanhada de sua história de origem. Descobrimos a origem de seu nome e que seu distúrbio mental está diretamente ligado a Bran e seus poderes.

7) Viserion

Quando: Sétima temporada, episódio seis

Achou que não teria morte de animal na lista? Achou errado! A morte do dragão Viserion foi dos momentos mais chocantes da sétima temporada de Game of Thrones. Ele foi atingido por uma lança do Rei da Noite, em uma de suas primeiras demonstrações de poder na série. É bem verdade que os fãs ficaram um pouco incomodados com a reação Daenerys para a perda do filho, mas o público sim ficou bem triste. O plot twist é que Viserion é ressuscitado pelo exército do Rei da Noite, que passa a montar o animal. Mas aquela dragão que a gente amava, infelizmente, morreu.

6) Ramsay Bolton

Quando: Sexta temporada, episódio nove

Uma das mortes mais aguardadas de Game of Thrones. Filho bastardo de Roose Bolton, Ramsay foi das criaturas mais cruéis a aparecer na série. Ele estuprou e aprisionou Sansa, e matou Rickon Stark, e muitas outras pessoas. Acabou superado por Jon Snow na Batalha dos Bastardos. Mas foi Sansa que deu o golpe fatal, ao servi-lo a um de seus temidos e selvagens cães. Além de chocante, a cena tem aquele gostinho de vingança que agrada a todos os fãs de GOT. Não tinha como ficar fora da lista.

5) Rei Joffrey Baratheon

Quando: Quarta temporada, episódio dois

Mais um tirano odiado pelo público que fez a Sansa sofrer e que acabou tendo uma morte marcante na série. Joffrey é envenenado durante seu casamento com Margery Tyrell. Sansa e Tyrion são os primeiros suspeitos do crime, mas com o tempo descobrimos os verdadeiros responsáveis: Petyr Baelish e Olenna Tyrell. A morte repercutiu bastante na série, principalmente em Cersei, que passou a se isolar mais de todos e a tomar decisões cada vez mais radicais.

4) Oberyn Martell

Quando: Quarta temporada, episódio oito

Aquela que talvez seja a morte mais grotesca de toda série. Personagem querido pelos fãs, Oberyn assume o lugar de Tyrion em um julgamento por combate como forma de se vingar do Montanha. Ele domina a luta, mas acaba dando bobeira, sendo batido pelo gigante numa cena realmente chocante, em que Oberyn tem os olhos esmagados. A morte do personagem gera consequências importantes para o Porto Real, desde a condenação de Tyrion ao assassinato de Myrcella Baratheon.

3) Shireen Baratheon

Quando: Quinta temporada, episódio nove

Aquela cena que mostra que Game of Thrones realmente não possui limites. Filha de Stannis Baratheon, Shireen é queimada viva em uma fogueira sob as ordens do pai, que era influenciado por Melissandre. Uma das cenas mais difíceis de assistir de toda a série, afinal estávamos diante de uma criança. E uma criança esperta e boazinha, não um Joffrey da vida.

2) Catelyn Stark, Robb Stark, Talisa e Vento Cinzento

Quando: Terceira temporada, episódio nove

A medalha de prata da nossa lista não fica apenas com uma morte, mas sim com o combo chamado Casamento Vermelho. À época um dos mais queridos personagens da série, Robb Stark foi morto junto com a esposa (que estava grávida), a mãe e - não podemos esquecer - o lobo. Até hoje, um dos momentos mais chocantes de toda produção. Quem não conhecia os livros, aqui pôde experimentar bastante do sadismo de George R. R. Martin e dos criadores da série.

1) Ned Stark

Quando: Primeira temporada, episódio nove

O episódio que mudou tudo. A morte de Ned Stark pode não ter sido a mais grotesca ou mais violenta da série, mas foi aquela que serviu para mostrar aos fãs que ninguém estaria seguro. Após sete temporadas, isso já está muito claro na cabeça do espectador, mas é preciso lembrar que Ned era o protagonista da série e foi morto ainda no primeiro ano da produção, algo nunca visto antes. A morte de Ned, que foi decapitado sob as ordens do Rei Joffrey, moldou Game of Thrones e seus fãs. Impossível esquecer.


COMENTÁRIOS