'Black Mirror: Bandersnatch': Netflix é processada por violação de direitos autorais

'Black Mirror: Bandersnatch': Netflix é processada por violação de direitos autorais


'Black Mirror: Bandersnatch' pode ter sido um sucesso, mas agora virará uma verdadeira dor de cabeça para a Netflix.

A plataforma foi processada pela Chooseco por conta do uso da frase "Escolha sua aventura", slogan da empresa que é atuante desde 1980 no mercado de livros interativos.

A queixa afirma que a Fox possui os direitos de produzir séries interativas baseadas nos livros da editora. Além disso, a informação de que a Netflix tentou comprar, sem sucesso, os direitos da editora em 2016, pesa negativamente para as chances da Netflix ser inocentada.

A Chooseco está pedindo 25 milhões de dólares em reparações judiciais. A Netflix não comentou o caso.


►» CONFIRA OS FILMES QUE ESTREIAM NOS CINEMAS EM 2019 «◄

Recentemente, a Netflix divulgou dois novos vídeos dos bastidores de 'Black Mirror: Bandersnatch'.

Confira:

Dirigido por David Slade, a média de duração do filme é de 90 minutos, sendo a versão mais curta contando apenas com 40 minutos. Ao todo, a produção tem mais de 5 horas de cenas inéditas.

Na trama, enquanto adapta um romance de fantasia para videogame em 1984, um jovem programador começa a questionar o próprio conceito de realidade e acaba enfrentando um desafio alucinante. Bem-vindo de volta.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c