‘Bohemian Rhapsody’: Freddie Mercury não é bissexual na versão lançada na China

‘Bohemian Rhapsody’: Freddie Mercury não é bissexual na versão lançada na China



Após arrecadar US$ 880 milhões mundialmente, ‘Bohemian Rhapsody‘ finalmente estreou na China na sexta-feira, 22 de março.

Porém, a versão censurada não mostra Freddie Mercury como um bissexual.

Segundo o The New York Times, foram cortados mais de 10 minutos do filme, que incluem cenas de cunho homossexual, o momento em que o vocalista e os outros membros dos Queen se vestem de mulheres, além da cena em que Mercury fala com franqueza sobre a sua sexualidade com a noiva.

Jim Hutton, que se tornou marido do cantor, também foi cortado do filme.

O momento em que Mercury conta para os membros do Queen que está com HIV foram colocados no mudo, e não possuem legenda em Chinês.

A o 20th Century Fox não comentou sobre a censura do filme.

Aproveite para assistir:


A China é conhecida por sua alta censura com todo e qualquer conteúdo violento e político, e os filmes norte-americanos passam por uma alta avaliação para estrear por lá. Apenas 10% das produções norte-americanas são lançadas na China, após passar pelos censores extremamente rígidos. Apesar de ser o segundo maior mercado cinematográfico do mundo, atrás apenas dos EUA, o governo chinês mantém um bloqueio sobre o número de filmes estrangeiros que são exibidos por lá.

Além de arrecadar US$ 880 milhões mundialmente, a biografia conquistou 5 indicações ao Oscar, entre elas a de Melhor Filme e Melhor Ator para Rami Malek

Bohemian Rhapsody‘ é uma celebração exuberante do Queen, sua música e seu extraordinário cantor principal Freddie Mercury, que desafiou estereótipos e quebrou convenções para se tornar um dos artistas mais amados do planeta. O filme mostra o sucesso meteórico da banda através de suas canções icônicas e som revolucionário, a quase implosão quando o estilo de vida de Mercury sai do controle e o reencontro triunfal na véspera do Live Aid, onde Mercury, agora enfrentando uma doença fatal, comanda a banda em uma das maiores apresentações da história do rock. Durante esse processo, foi consolidado o legado da banda que sempre foi mais como uma família, e que continua a inspirar desajustados, sonhadores e amantes de música até os dias de hoje.



COMENTÁRIOS