‘Bohemian Rhapsody’: Rami Malek comemora sua 1ª indicação ao Oscar

‘Bohemian Rhapsody’: Rami Malek comemora sua 1ª indicação ao Oscar



DON’T STOP ME NOW! A biografia ‘Bohemian Rhapsody‘ conquistou 5 indicações ao Oscar, entre elas a de Melhor Ator para Rami Malek. Essa é a primeira indicação da vida do ator.

Em entrevista à EW, ele comentou sobre essa sensação inesquecível:

“O telefone começa a tocar e é um lindo dia de neve, então há alguma mágica no que está acontecendo. É algo que você nunca espera que aconteça. É como um sonho distante que os atores tem e desejam em algum grau. Mas, que nunca parecia ser possível – é um momento maravilhoso, para dizer o mínimo. Talvez em algum ponto, você considera. Eu sou muito grato por poder trabalhar como ator. A porcentagem de pessoas que chegam a esse ponto é tão pequena que você sempre vê uma distância, mesmo que tenha recebido prêmio ou não no passado.”

O filme foi indicado para Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Montagem e Melhor Edição/Mixagem de Som. Toda a sorte para Rami Malek conquistar seu 1º Oscar!

Apesar do sucesso nas premiações, a produção foi bastante conturbada. Bryan Singer deixou a cadeira de diretor no meio das filmagens. Alguns boatos revelam que o diretor teve uma briga feia com o astro Rami Malek, que pediu à Fox que o demitisse. Outros boatos afirmam que Singer faltou em diversos dias de filmagem, causando problemas para o andamento do longa.

Durante o Globo de Ouro, Bryan Singer ficou de fora das homenagens ao filme. “Demitido” da produção duas semanas antes do fim das filmagens, sua repentina saída teria sido por problemas dentro do set de filmagens. Isso teria levado a uma espécie de climão durante o evento, com o nome do cineasta sendo completamente ignorado tanto pelos produtores, bem como por Malek.

Aproveite para assistir:


Confira a lista dos indicados.

Porque Bryan Singer deixou a direção de ‘Bohemian Rhapsody’?

Bohemian Rhapsody‘ é uma celebração exuberante do Queen, sua música e seu extraordinário cantor principal Freddie Mercury, que desafiou estereótipos e quebrou convenções para se tornar um dos artistas mais amados do planeta. O filme mostra o sucesso meteórico da banda através de suas canções icônicas e som revolucionário, a quase implosão quando o estilo de vida de Mercury sai do controle e o reencontro triunfal na véspera do Live Aid, onde Mercury, agora enfrentando uma doença fatal, comanda a banda em uma das maiores apresentações da história do rock. Durante esse processo, foi consolidado o legado da banda que sempre foi mais como uma família, e que continua a inspirar desajustados, sonhadores e amantes de música até os dias de hoje.



COMENTÁRIOS